31 de maio de 2010

O Corcovado antes do Cristo

Um pouco de história: você sabe como era o Corcovado antes do Cristo Redentor, no Rio de Janeiro?



















Estas são fotos raras do Corcovado antes do Cristo Redentor, foram enviadas pela internet e achei interessante. Chamava-se Mirante Chapéu do Sol e foi  construído, inicialmente, em madeira, no ano 1885.

_______________________________________________

Bistrot funcional e premiado

Arquiteto André Largura e designer de interiores Giovana Kimak recebem prêmio na Categoria Melhor Solução de Funcionalidade pelo Bistrot da Casa Cor Paraná.

O arquiteto André Largura recebeu das mãos de Marina Nessi, diretora da Casa Cor Paraná, no sábado, 23, o prêmio Casa Cor Paraná na categoria Melhor Solução de Funcionalidade” pelo ambiente Bistrot.

O corpo de jurados foi composto por Zilda Fraletti (presidente do Núcleo Paranaense de Decoração), Gustavo Pinto (Presidente da AsBEA), Marco Antonio Gomes (presidente da Ponto de Apoio), Nereide Michel (jornalista e coordenadora do Paraná Business Collection), Cintia Peixoto (Publisher da revista Top View), Rosicler Campos (editora da revista Casa Sul), Marina Cotovicz (jornalista) e Marina Nessi (diretora da Casa Cor Paraná).


Sobre o ambiente Bistrot


Os profissionais André Largura e Giovana Kimak assinam o ambiente Bistrot, com aproximadamente 112 metros quadrados. É um dos principais espaços destinado às festas que acontecerão ao longo de todo o período da mostra. O projeto de interiores foi elaborado no sentido de atender as necessidades do segmento enogastronomico, para restaurantes, pousadas, hotéis e clubes.

Para conhecer mais sobre os projetos da dupla visitem o site http://www.ambienta.arq.br/ ou por telefone (41)3222-7407.
Foto : Rubens Nemitz
_______________________________________________

Suíte África em homenagem ao país da Copa 2010

As arquitetas Daniela Nunes, Pauline Kubiak e  a designer de interiores Mônica Sanches fazem homenagem à Copa do Mundo com a Suíte África, na Casa Cor Paraná.





Luminária, em madeira com recorte a laser que integra o quarto e o banheiro (foto abaixo).



A motivação das três profissionais para desenvolverem o projeto para o ambiente Suíte África foi uma Hospedaria Conceito para a Copa do Mundo.
Daniela Nunes, Pauline Kubiak, arquitetas, e Mônica Sanches, designer de interiores desenvolveram o projeto a partir de um tecido de algodão, em tons ocres e preto. É o tecido bogolan, de Mali, que foi a fonte de inspiração. Pintado à mão, estampado com formas geométricas tradicionais de tribos africanas. O padrão é destaque na grande luminária de madeira, de corte a laser:
“Uma das referências é a luminária no teto, que reproduz o desenho do tecido" e que integra de maneira harmoniosa, o banheiro e o quarto. Os três espaços, estar, descanso e banho dividem a area de aproximadamente 25 m² quadrados.
Outro, diferencial, é a total ausência de armários. Para substituir, foram fixados ganchos nos espelhos e colocados gavetões, além de uma prancha no chão para descanso das malas.

O porcelanato em tom negro dá um toque elegante e a madeira de demolição dá conforto e bem estar, de maneira aconchegante, ainda mais com a colocação de uma lareira a gás, e o sistema de automação que permite até oito cenas distintas, dependendo do momento.  Para ler, assistir a TV, filmes ou apenas descansar.

Como informa a arquiteta Daniela Nunes, “O conforto e comodidade são alcançados com auxílio da automação nas luminárias e da lareira a gás.

Fotografias de Daniel Sorrentino.
Serviço:
17ª Casa Cor Paraná
Data: 21 de Maio a 29 de Junho

Local: Casa de Retiros Mossunguê – Ecoville

Rua Francisco Juglair, 171 - Curitiba - PR

Horários

Terça a Sábado, das 13 às 21 horas

Domingo e Feriados, das 11 às 19 horas
_________________________________________________________

Certificação AQUA para economia de água e energia elétrica

Fundação Vanzolini lança certificação AQUA para Arenas e Complexos Esportivos Multiuso. É a 1a. certificação brasileira para o setor.



A Fundação Vanzolini está lançando a certificação AQUA para Arenas e Complexos Esportivos Multiuso, concebida a partir do Processo AQUA para edifícios do setor de serviços.
Com isso, as obras de construção e reformas de estádios e complexos multiuso no Brasil, com vistas à Copa do Mundo de 2014 e às Olimpíadas de 2016, podem ser adequadas aos critérios de desempenho da Alta Qualidade Ambiental. “Além da redução do impacto ambiental durante a fase de obras, será possível economizar até 50% no consumo de energia elétrica e de água”, explica Luiz Henrique Ferreira, diretor da Inovatech, primeira consultoria AQUA no Brasil.
As arenas de futebol, por exemplo, com grandes áreas de cobertura de arquibancadas ou mesmo dos campos, servem como uma imensa área de captação de chuva. “Além da utilização da água de chuva em vasos sanitários, essa água poderá servir para irrigação de gramados, no caso dos estádios, e para lavagem de áreas comuns e quadras no caso de complexos esportivos”, destaca Ferreira.
“A certificação aborda as mesmas 14 categorias de desempenho do processo, distribuídas em quatro grupos: eco-construção, eco-gestão, conforto e saúde”, explica o professor Manuel Carlos Reis Martins, coordenador executivo do Processo AQUA na Fundação Vanzolini.
Na prática, os objetivos de desempenho requerem desses projetos a redução nos impactos ambientais, considerando os materiais utilizados nas obras, o projeto, o processo construtivo, os equipamentos e sistemas, e a fase de uso do empreendimento, com ênfase em economia de água, energia, gestão de resíduos e facilidade de manutenção. Além disso, em todas essas etapas, estes objetivos também requerem o desenvolvimento de condições ideais de conforto e saúde dos usuários, sejam eles atletas, público, dirigentes, jornalistas, administradores, funcionários e todos os demais usuários.
Por suas características, as arenas e complexos esportivos multiuso necessitam de atenção especial à acessibilidade e segurança, condições apropriadas de deslocamento do público, qualidade dos espaços externos, conforto e condições sanitárias adequadas para os usuários, durabilidade dos materiais e sistemas construtivos, facilidade de manutenção, planejamento da gestão de resíduos, condições de iluminação diurna e noturna adequadas, entre outros requisitos.
____________________________________________________________

Ainda dá tempo de concorrer!


Prorrogadas as inscrições para o XI Prêmio House & Gift de Design: as inscrições para a premiação referência em design de artigos para casa poderão ser feitas até 10 de junho.








Com o intuito de ampliar a oportunidade de estudantes e profissionais da área do design de artigos para casa participarem do XI Prêmio House & Gift de Design, a organização decidiu estender por mais alguns dias as inscrições de peças para o concurso que levará o grande vencedor à Alemanha, em 2011.


“A intenção é descobrir e reconhecer talentos, além de estimular a criação de novos produtos de artigos para casa, com consequente fomento da indústria nacional e da economia, ao oferecer produtos a serem fabricados e inseridos em prateleiras de todo o país. E, para isso, é necessário que se ofereça a oportunidade para mais e mais profissionais e estudantes desenvolverem sua criatividade e colocarem suas criações ao julgamento dos mais renomados profissionais brasileiros da área”, explica o diretor executivo da Grafite Feiras e Promoções, Frederico Cury.

Frederico Cury ressalta ainda a qualidade das criações, “o nível de planejamento e desenvolvimento das peças, em termos de funcionalidade, praticidade e design, esta muito alto. É impressionante ver a criatividade e a atenção que os profissionais e estudantes têm para estruturar e imaginar uma criação. Este ano, a competição será ainda mais acirrada do que nos anos anteriores”, enaltece o diretor.

Consolidado em suas onze edições, o prêmio propicia ao vencedor uma série de benefícios: reconhecimento, visibilidade, ascensão profissional e a oportunidade de inserir no mercado suas criações. Além disso, o grande vencedor ainda ganha uma viagem para visitar a Feira Ambiente, na Alemanha, uma das mais importantes do mundo no segmento de artigos para casa.

Como participar


Para participar da premiação, destinada a indústrias, designers, estudantes e arquitetos, basta se inscrever pelo site da Grafite (http://www.grafitefeiras.com.br/ ) até 10 de junho, nas categorias Decoração, Eletrodomésticos, Iluminação, Movelaria, Têxtil e Utilidades Domésticas. Os vencedores serão conhecidos dia 9 de agosto, na solenidade de entrega da premiação, que acontecerá no Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM), onde as peças vencedoras estarão expostas, assim como na 41ª House & Gift Fair, a maior feira de artigos para casa da América Latina, de 14 a 17 de agosto, no Expo Center Norte.
http://www.grafitefeiras.com.br/
_________________________________________________

Artigo: barreiras acústicas e poluição sonora

Barulho proveniente da circulação de veículos pode ser amenizado com a instalação de barreiras acústicas em vias de trânsito, sistema que só agora começa a ser disseminado no Brasil.

Marco Juliani*


A intensificação do tráfego – de automóveis, trens, aeronaves – em todo o mundo tem agravado o problema da poluição sonora. A questão é preocupante, uma vez que a exposição contínua a níveis de ruídos acima do considerado tolerável pode causar desde irritação e insônia a distúrbios auditivos, doenças cardiovasculares e mentais, entre outras, como aponta a OMS – Organização Mundial da Saúde. Na impossibilidade de diminuir ou eliminar o tráfego, soluções que atenuem o barulho tornam-se essenciais para garantir a qualidade de vida das pessoas, em especial daquelas que habitam áreas vizinhas a vias de trânsito pesado.

Uma dessas soluções é a instalação de barreiras acústicas, que funcionam como obstáculos entre as fontes geradoras de ruídos e os receptores. Bastante utilizado no Japão, nos Estados Unidos e em países da Europa, o recurso começa a ser disseminado no Brasil, como resultado de uma maior preocupação com o conforto ambiental. Está presente, por exemplo, no Rodoanel, em São Paulo, nas Linhas Amarela e Vermelha, no Rio de Janeiro, e em breve poderá ser visto em trechos elevados das novas linhas do Metrô de São Paulo. O projeto do TAV, trem-bala que ligará as capitais fluminense e paulista, prevê o emprego do sistema em áreas residenciais, de forma a minimizar possíveis incômodos decorrentes da movimentação do trem.

Existem diversos tipos de barreiras acústicas: há os obstáculos naturais, como os formados por árvores e arbustos (as populares cercas-vivas), e os artificiais, constituídos por distintos materiais e geometrias. A escolha do sistema mais adequado passa por fatores técnicos e de ordem econômica.

Barreiras acústicas de blocos de concreto, além serem mais baratas, têm a vantagem de requererem menor manutenção. Contudo, o impacto visual pode ser desagradável, prejudicando a integração do sistema com o entorno. Os painéis metálicos apresentam baixo custo e facilidade de montagem. Já as placas de aglomerado de madeira podem ser aplicadas sobre muro já existente e, em função da melhor resistência e maior qualidade acústica, são mais onerosas. As barreiras de acrílico garantem transparência, tendo transmissão luminosa elevada. De maneira geral, os custos com manutenção crescem com a evolução da tecnologia empregada.

A necessidade da construção de anteparos para coibir a poluição sonora ocorre tanto em zonas urbanas como em zona rurais, entretanto, os limites aceitáveis de ruído e solução de atenuação podem ser distintas. A definição está relacionada com o nível do ruído ambiente. Na zona rural, como ruído ambiente é baixo, a inclusão de uma fonte de ruído adicional afeta mais o conforto de um determinado receptor do que se essa fonte fosse inserida no meio urbano, onde o ruído ambiente é, em geral, mais intenso


A ABNTAssociação Brasileira de Normas Técnicas, por meio do seu documento NBR 14313:1999, estabelece as especificações para definição do material da barreira e de sua instalação em vias de tráfego. Já os níveis de ruído máximos permitidos em um determinado ambiente são prescritos na NBR 10152:1992. Com base nesses documentos, alguns órgãos públicos elaboraram resoluções sobre o conforto acústico, como as resoluções da Conama – Conselho Nacional do Meio Ambiente e da Cetesb – Companhia Ambiental do Estado de São Paulo. Atualmente existe grande discussão sobre os valores adotados por estes documentos, principalmente em relação à validade atual dos limites.

A despeito das controvérsias, o fato é que as barreiras acústicas são um recurso importante na manutenção da qualidade do ambiente no entorno de rodovias e ferrovias e, portanto, da saúde da população que vive nessas áreas. Com as atuais exigências sobre conforto ambiental e a comprovação dos benefícios desses sistemas – fora sua implantação em um projeto emblemático como o do TAV – é bastante provável que eles passem a ser encarados como uma solução efetiva para atenuar a poluição sonora nas vias de tráfego brasileiras.


* Marco Juliani, engenheiro e diretor da IEME Brasil Engenharia Consultiva.
___________________________________________________________

30 de maio de 2010

'Av. Paulista' de Carla Caffé é o melhor projeto editorial


Coeditado por Edições SESC SP e Cosac Naify, venceu o Prêmio da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil (FNLIJ).

 
Livro-imagem Av. Paulista, de Carla Caffé, lançado em 2009, percorre de ponta a ponta a principal avenida de São Paulo.
A autora observou prédios e construções célebres, lembrando a evolução da via que tem mais de cem anos. Desenhando nas calçadas, no metrô e nas galerias, Carla Caffé retrata o esqueleto do local com seus helipontos e edificações, como o Masp, o parque Trianon, o Sesc, a Casa das Rosas e o Conjunto Nacional, resgatando a dimensão cultural e a vivacidade da avenida. Ao final, a autora fala sobre o seu trabalho e lança propostas sobre um novo olhar urbano num emocionante depoimento.
O livro é acompanhado por um libreto, um mini-guia de informações variadas, curiosidades saborosas e dicas úteis para curtir o espaço urbano. Resgata questões como é morar na avenida, o grafite e a arte de rua, suas galerias subterrânea, além de compará-la a outras grandes avenidas em todo o mundo. Traz, ainda, entrevistas com personagens que frequentam o espaço e depoimentos de Lina Chamie, Leon Cakoff, Pedro Herz, Alexandre Martins Fontes e Claudia Andujar.

Av. Paulista integra a coleção Ópera Urbana, concebida especialmente para os adolescentes que vivem nas grandes metrópoles, com uma proposta inovadora e provocativa: traçar um novo perfil dos espaços urbanos, com cor, ritmo e pulsação.

 Sobre a autora
Carla Caffé é arquiteta, mas também se dedica ao desenho, ao teatro e ao cinema. Por quatro anos, editou no jornal Folha de S. Paulo a coluna semanal "Cidade nua". Seu trabalho Passagens, conjunto de desenhos de São Paulo, Nova York e Paris, foi exposto na IV Bienal Internacional de Arquitetura de São Paulo. A série sobre São Paulo também ficou em cartaz na Pinacoteca do estado de São Paulo. No cinema, trabalhou como diretora de arte nos longas-metragens Central do Brasil (Walter Salles, 1998), Bossa Nova (Bruno Barreto, 2000), ambos em parceria com Cássio Amarante, além do premiado Narradores de Javé, de Eliane Caffé (2003). Também assinou materiais gráficos para os filmes Kenoma (Eliane Caffé, 1998), A Via Láctea (Lina Chamie, 2007) e Bodas de papel (André Sturm, 2006). No teatro, trabalhou com Antunes Filho, Companhia de Ópera Seca e Teatro Oficina. É autora dos livros Av. Paulista (Coleção Ópera Urbana, Edições SESC SP e Cosac Naify, 2009) e São Paulo na linha (editora DBA, 2000).

Serviço
Título: Av. Paulista

Autora: Carla Caffé (texto e ilustração)

Número de páginas: 56

Formato: 24,5 x 32,5 cm

Preço: R$ 49,00

ISBN: 978-85-98112-69-5

Edições SESC SP
Braço editorial do Serviço Social do Comércio de São Paulo, as Edições SESC SP têm em seu catálogo mais de 70 publicações que abrangem as áreas de cultura, artes, esportes, ciências sociais, educação, filosofia, terceira idade e história. Seus livros são fruto do desdobramento de ações e projetos desenvolvidos pelo SESC, como é o caso dos originados de espetáculos artísticos e seminários nacionais e internacionais.
As publicações das Edições SESC SP podem ser adquiridas em todas as unidades SESC SP (capital e interior) e também pelo portal www.sescsp.org.br/loja
______________________________________________

Curso de Iluminação e Design de Interiores

O curso será realizado em Foz do Iguaçu, Paraná, e é destinado a profissionais e alunos com nível superior.




O IPOG – Instituto de Pós-Graduação está com inscrições abertas para o curso de Iluminação e Design de Interiores. O primeiro módulo inicia no dia 18 de junho, em Foz de Iguaçu. O curso é destinado aos profissionais e alunos com nível superior, principalmente os graduados em arquitetura, engenharia e design de interiores, ou aqueles que atuam como iluminadores fotógrafos e cenógrafos.

Entre as disciplinas estão enfocadas: design de interiores de residência e comercial, design de luminárias, metodologia do trabalho científico, iluminação de interiores residencial, iluminação de interiores comercial, corporativa, e Iluminação de exteriores.


Sobre o IPOG

O IPOG é referência em especializações em 18 estados brasileiros desde 2001 e já especializou mais de 5.000 alunos em todo o país. A instituição também possui uma parceira com o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), tornando-se uma empresa solidária as crianças.

Mais informações podem ser obtidas pelo site http://www.ipog.edu.br/  ou pelos telefones (41) 3203-2899/3203-2884. O curso será realizando no Hotel Bella Itália, na Avenida Republica Argentina, 1700 – Centro - Foz do Iguaçu. _____________________________________________________

Para talentosos de plantão: Prêmio Sesc de Literatura 2010

O prêmio pretende identificar escritores inéditos, cujas obras possuam qualidade literária para edição e circulação nacional.



Revelar novos talentos e promover a literatura nacional. Estes são os propósitos do Prêmio Sesc de Literatura, que pretende identificar escritores inéditos, cujas obras possuam qualidade literária para edição e circulação nacional.


Além da divulgação das obras, o Prêmio Sesc também abre uma porta do mercado editorial aos estreantes: os livros vencedores são publicados pela editora Record e distribuídos para toda a rede de bibliotecas e salas de leitura do Sesc e Senac em todo o país.


As inscrições para o Prêmio Sesc de Literatura são gratuitas e aceitas em todo o Brasil, até o dia 30 de setembro, nas categorias. Para realizar a inscrição basta procurar a unidade mais próxima do Sesc na sua cidade e cada concorrente pode participar com uma obra, nas categorias conto e romance. O vencedor terá seu livro publicado e distribuído pela editora Record.


O regulamento do prêmio está disponível no site http://www.sesc.com.br/premiosesc/premio.html
___________________________________________________________

"Entre a luz e a linha"

Exposição do artista carioca Bruno Jacomino no CCBNB-Cariri articula relações entre corpo e máquina.




O Centro Cultural Banco do Nordeste-Cariri (rua São Pedro, 337 – Centro – fone: (88) 3512.2855) – localizado em Juazeiro do Norte, região sul do Ceará – abriu a exposição individual “Entre a luz e a linha”, do artista visual carioca Bruno Jacomino, com curadoria da também carioca Beatriz Lemos, no sábado, 29.


Para realizar a exposição, Bruno Jacomino residiu nos últimos 15 dias em Juazeiro do Norte, com o objetivo de pesquisar e interagir com a cultura e a cena artística local. Por sua vez, a curadora Beatriz Lemos, antes mesmo de Jacomino chegar ao Cariri, articulou uma rede de contatos entre os artistas, teóricos e gestores artísticos locais, para que estes participassem ativamente de residência do artista carioca. Além disso, ela acompanhou os últimos dez dias da residência artística e a montagem da exposição de Bruno Jacomino. Este período de vivência no Cariri cearense foi a base conceitual dessa exposição.

Articulando relações entre corpo e máquina

Utilizando uma tecnologia improvisada, Bruno Jacomino articula relações entre corpo e máquina, para mencionar as práticas afetivas da sociedade atual. Atentando para a plasticidade de objetos eletrônicos comuns, o artista foca sua reflexão e poética na possibilidade de uma interação orgânica, onde o sujeito possa se tornar um indivíduo livre e ativo.

Suas instalações sonoras, que muitas vezes são compostas por vídeos e performances, são espaços carregados de metáforas relacionais que estimulam os demais sentidos do corpo e instigam a participação do público. Neste sentido, apresentar o trabalho de Jacomino, em uma região de tamanha singularidade como o Cariri, é uma proposta ao mesmo tempo desafiante e animadora.
A exposição é uma oportunidade de ativar pontes entre a produção já existente do artista e as influências proporcionadas por pesquisas anteriores e posteriores ao período da residência no Cariri. O intercâmbio entre artistas de diferentes contextos e realidades culturais também se torna um fator fundamental para a realização deste projeto, haja vista que Bruno Jacomino se alojou na casa de artistas da região previamente acordados com a curadora Beatriz Lemos. 


Serviço
Centro Cultural Banco do Nordeste-Cariri - Rua São Pedro, 337 – Centro
Fone: (88) 3512.2855) – localizado em Juazeiro do Norte, região sul do Ceará
Com entrada gratuita, a exposição fica em cartaz até o próximo dia 10 de julho
Horários de visitação: terça-feira a sexta-feira e domingo, de 13h às 21h; Sábado, de 14h às 22h
________________________________________________

29 de maio de 2010

Craques do humor gráfico entram em campo

Time de cartunistas vai mostrar, em exposições no Rio e em São Paulo, todo o encanto que o humor gráfico empresta ao tema Copa do Mundo.

                                          Bussunda, no traço de JAL



Craques do Cartum na Copa é dedicada a um cara que não era nenhum craque, apesar de ser apaixonado por futebol, e que também não desenhava nada, apesar de saber tudo de humor: Bussunda, que há quatro anos saiu de campo. Justamente durante o último Mundial, evento sempre ansiosamente aguardado por ele".  


Helio de la Peña
Integrante da equipe Casseta & Planeta e torcedor de carteirinha do Tabajara Futebol Clube


O Centro Cultural Banco do Brasil apresenta as exposições CRAQUES DO CARTUM NA COPA – que serão abertas ao público a partir de 2 de junho de 2010 (até 18 de julho) em São Paulo e a partir de 8 de junho (até 11 de julho) no Rio de Janeiro. Trata-se de duas exposições, com entrada franca, de artes gráficas - cartum, charge e caricatura - sobre o futebol e sua influência na cultura brasileira. Para tanto, foram selecionados onze artistas renomados da área, que cederão obras originais para a exposição.


          
  Autor: Fernandes



Dieguito, por Maurício de Souza(abaixo)

As duas exposições buscam resgatar, divulgar e promover a influência do futebol na cultura brasileira e envolverão verdadeiros mestres do traço nacional e que fizeram história junto ao futebol retratando esportistas, situações da seleção e a explosão popular nas copas do mundo. Cada um apresentará, em cada exposição, cinco trabalhos originais, já consagrados e/ou inéditos, cujo foco central será o futebol e a Copa do Mundo.

Entre eles, nada menos que Cárcamo, Chico Caruso, Dálcio Machado, Fernandes, Gustavo Duarte, Henfil, Mauricio de Sousa, Miécio Caffé, Otávio, Paulo Caruso e Ziraldo. São onze feras que fizeram e fazem a história da Copa ficar mais alegre e criativa. Os originais trarão caricaturas de jogadores antigos, charges de momentos históricos e até originais inéditos, como o personagem Dieguito que Mauricio de Sousa desenvolveu para Maradona e nunca foi publicado.

O técnico da equipe (curador) é o cartunista e jornalista JAL – José Alberto Lovetro - presidente da Associação dos Cartunistas do Brasil com mais de 30 anos de carreira. “São onze super cartunistas que formam um timaço”, observa JAL. integrante. A exposição terá um catálogo completo com as imagens e trará um texto de apresentação do Hélio de la Peña - integrante da equipe Casseta & Planeta - que fala sobre o Bussunda, junto com uma ilustração do JAL feita na cobertura da Copa 2006 ao vivo pelo blog jalcartoon.nafoto.net 

Torcedor fanático do bom futebol e do humor de qualidade, figura física que chegava a se assemelhar a uma caricatura ambulante, Bussunda arrancava gargalhadas mesmo parado numa fila de banco”, nas palavras de Helio de la Peña.
A cenografia é de Jefferson Candotti. Os desenhos da torcida são do cartunista Carvall. A cenografia vai simular um campo de futebol com gramado e torcida. Os convocados pelo Dunga para a seleção principal também estarão em caricaturas (feitas por JAL) de corpo inteiro e tamanho natural para que os visitantes possam fotografar ao lado deles.

Esta exposição visa reconhecer e valorizar o talento e a criatividade de nossos artistas gráficos que, assim como o nosso futebol, são respeitados em todo o mundo.”, observa Marcelo Mendonça, diretor do CCBB São Paulo.

Para o diretor do CCBB Rio de Janeiro, Marcos Mantoan, “durante os próximos meses, o País fica voltado para a Copa do Mundo de Futebol. O CCBB, como espaço de reflexão e debate, neste momento de grande envolvimento com o esporte, oferece ao público a oportunidade de apreciar também o futebol fora do que acontece entre as quatro linhas, apresentando criações artísticas e discutindo a cultura do jogo e suas implicações".



SERVIÇO

Centro Cultural Banco do Brasil – SÃO PAULO - 01 de junho a 18 de julhoRua Álvares Penteado, 112 - Centro - São Paulo


Informações: (11) 3113-3651 / 3113-3652
www.bb.com.br/cultura e www.twitter.com/ccbb_sp
Centro Cultural Banco do Brasil – RIO DE JANEIRO -  07de junho a 11 de julho
Rua Primeiro de Março, 66 – Centro – Rio de Janeiro

Informações: (21) 3808-2020
www.bb.com.br/cultura  e www.twitter.com/ccbb_rj
Entrada gratuita
_________________________________________________________

28 de maio de 2010

124 anos do primeiro anúncio da Coca-Cola




                                           


No dia 29 de maio de 1886 foi publicado o primeiro anúncio da Coca-Cola por John Penberton, no The Atlanta Journal, Estados Unidos. O material é de Phil Mooney, arquivista e historiador oficial da Coca-Cola em Atlanta.


Abaixo, outros anúncios ao longo da história da Coca-Cola:

                                          
              
  1890 


Publicado em 1892

                                                                      1896                                                                     

       Segundo o anúncio de 1896 curava dor de cabeça e aliviava a exaustão

_____________________________________________

Copa do mundo inspira lançamentos

Artista plástico lança coleção para a copa do mundo by Tecdec  e a Futton & Home, almofadas com a bandeira brasileira.





A Futon & Home lançou almofadas com a bandeira do Brasil e a Tecdec lançou uma coleção de tecidos que brincam com as cores da seleção brasileira e dos times estaduais do Brasil.

 A parceria do artista plástico Marco Mariutti com a grife de tecidos Tecdec traz para a coleção de 2010 uma linha inspirada na Copa do Mundo e nos principais times brasileiros. “Para agradarmos gregos e troianos decidimos lançar tecidos com estampas alegres, com desenhos de bola de futebol, mas com as cores não só do verde e amarelo e sim, dos times nacionais como o Flamengo, o Palmeiras e o São Paulo”, explica o empresário da Tecdec, Gilberto Ferreira.
As oito opções de estampas são em algodão, que podem até ser coordenadas, dependendo da predileção pelos times de coração.





TECDEC

http://www.tecdec.com.br/
Tel.: 0800 770 07 48
__________________________________________________________

Casa Cor Minas Gerais

O endereço definido é o edifício Arcellormittal, na Avenida João Pinheiro, Belo Horizonte.


A 16ª edição da Casa Cor Minas Gerais, o mais importante evento de decoração do Estado, já possui local definido: será no Edifício ArcellorMittal, na Avenida João Pinheiro, 580. A mostra, que ocorrerá entre os dias 24 de agosto e 05 de outubro, traz a Belo Horizonte o tema "Sua casa, sua vida, mais sustentável e feliz". Segundo os organizadores, João Grillo e Ernesto Lolato, este ano o evento terá a felicidade e o bem-estar como diretrizes.

A localização em si já é um grande diferencial. O desafio é mostrar a capacidade dos profissionais de transformar um prédio comercial em um projeto audacioso, belo e inovador. “Com uma combinação de criatividade e ousadia, vamos provar que é possível criar ambientes originais, confortáveis, funcionais e de bom gosto”, destaca Lolato.

O prédio tem uma área estruturada de 3.200 metros quadrados e é de fácil acesso para os visitantes. É uma verdadeira vitrine, visto que se encontra próximo à Praça da Liberdade, cartão postal da capital mineira. “Nossa cidade é berço de grandes nomes do design nacional, nossa média de qualidade é muito alta e historicamente ganhamos muitos prêmios e concursos”, afirma João.

A diversidade de temas reunidos num só lugar, as últimas tendências e lançamentos pensados pelos arquitetos, designers, decoradores e paisagistas do Estado, além de espaços que priorizem a qualidade de vida, vão transformar o evento num ótimo programa para toda família e, consequentemente, gerar negócios. “A Casa Cor já faz parte do calendário do mineiro, por isso, queremos que ele se sinta em casa e se identifique com o que encontrar por lá”, acrescenta Grilo.
SERVIÇO:
CASA COR MINAS GERAIS
Local: Avenida João Pinheiro, 580 - antiga sede da ArcellorMittal.
Período: 24 de agosto a 05 de outubro
____________________________________________________________


27 de maio de 2010

Diferentes e portáteis para aquecer no inverno

 Os lançamentos em lareiras da "ObraVip.com" tem design diferenciado e são fáceis de montar.
 

A ObraVip.com tem uma saída elegante e sofisticada para afastar o frio durante este inverno. As lareiras da Planika Fire são portáteis, fáceis de montar e trazem um ar moderno para qualquer ambiente. Com esses produtos da boutique virtual ObraVip.com será possível aquecer a residência com apenas um pouco de álcool. 


 Lareira L-Shape


A Lareira L-Shape é concebida em madeira Carvalho, com vidro duplo temperado. O recipiente tem capacidade para 2 litros de álcool 99,5% ou 92,8%, podendo assim funcionar por até 8 horas, dependendo do ambiente. O produto não produz fumaça, fuligem, cinzas e não precisa de chaminé.





 
Lareira Bubble


A Lareira Bubble é feita em resina poliéster, fibra de vidro e poliuretano com uma pintura vermelho laranja. O recipiente tem capacidade para 1 litro, podendo assim funcionar por até 3 horas. O espaço mínimo recomendado é de 13m², com pé direito de 2,6m.






 Lareira e Mesa de Centro Hot Chocolate



A Lareira e Mesa de Centro Hot Chocolate é feita em madeira veener natural . O recipiente têm capacidade para 1 litro, podendo assim funcionar por até 3,5 horas. O espaço mínimo recomendado é de 14m², com pé direito de 2,6m.





 Lareira Single



A Lareira Single é concebida em resina poliéster, fibra de vidro e com acabamento em laca de cor branco ou vermelho. O recipiente tem capacidade para 1 litro, podendo assim funcionar por até 4 horas. O espaço mínimo recomendado é de 23m² com pé direito de 2,6m.

Sobre ObraVip.com
ObraVip.com é a primeira loja virtual especializada em acabamentos para construção e  decoração do Brasil. A empresa tem por objetivo apresentar uma nova maneira de escolher produtos para interiores, de forma fácil, ágil, baseada em comodidade, atendimento personalizado e confiabilidade de entrega. O Obravip.com concentra, em um único lugar, a melhor e maior variedade de produtos para construir e decorar ambientes requintados, organizando-os de maneira objetiva, por meio de departamentos, categorias e marcas. O ObraVip.com leva a todo Brasil a oportunidade de adquirir produtos de alto padrão por meio de um simples click. SAC: (11) 4063.1226.
_________________________________________________

Peças exclusivas da Mantuanni na Casa Cor



Espaço Lista de Noivas, da arquiteta Ângela Chinasso, traz peças exclusivas da loja para a Casa Cor Paraná.






A Mantuanni Casa está presente na Casa Cor Paraná 2010 no espaço Lista de Noivas, decorado pela arquiteta Ângela Chinasso, com peças especiais da loja. “É uma parceria que reforça a importância do setor de decoração no estado”, explica a empresária Eliana Veiga, proprietária da Mantuanni Casa.
 No ambiente, serão comercializados os objetos em exposição e consultoras farão o atendimento aos casais interessados em montar a sua lista de presentes.
A proposta é clássica e contemporânea, marcada pela simetria que emoldura o mobiliário e pela base neutra que deixa o olhar livre para explorar a decoração. Uma das paredes do espaço recebeu a aplicação de uma foto da cúpula da Catedral Metropolitana de Curitiba, representando simbolicamente o cenário de um casamento. “A amplitude vem com o reflexo da luz e dos espelhos rebatidos. O revestimento das demais paredes com tecido dá o tom necessário de aconchego e requinte, reforçados pelo contraste das cores”, explica a arquiteta Ângela Chinasso.

Além deste espaço exclusivo, a Mantuanni Casa também marca presença em outros ambientes com peças de decoração. Entre eles o Escritório-Biblioteca de um Empresário, do arquiteto Ivan Wodzinsky.
(FotosNaideron Jr.)

SERVIÇO:
Espaço Lista de Noivas da Casa Cor Paraná 2010

Endereço: Rua Francisco Juglair, nº 171 – Ecoville (Casa de Retiros Mossunguê)

Data: Até 27 de junho

Horários: terça-feira a sábado: das 13h às 21h; domingos e feriados: das 11h às 19h

Ingressos: R$25,00 e promocionais a R$20,00


SERVIÇO:

Mantuanni Casa

Endereço: Al. Dr. Carlos de Carvalho, 1941, Batel

Telefone: (41) 3242-6350

Horário: De segunda a sexta-feira, das 10h às 19h e aos sábados, das 10h às 15h
__________________________________________________________

Prorrogada expo de Albano Afonso


A Casa Triângulo, em São Paulo, prorrogou até o dia 05 de junho de 2010 a exposição
de Albano Alfonso 



Serviço

Casa Triângulo - Rua Paes de Araújo, 77 - São Paulo  
_______________________________________________

Vanguardista Holly Hunt chega ao Brasil


Suriana traz ao Brasil a conceituada marca Holly Hunt, grife de móveis e objetos de design conhecida pelo olhar vanguardista e pela a qualidade e luxo do mobiliário que produz. 





As fotos que ilustram a matéria são do
showroom
 da marca nos Estados Unidos.


A Suriana, empresa que promove as relações externas para fomentar os negócios entre o Brasil e o mundo, traz ao Brasil com exclusividade a grife de móveis e objetos de design Holly Hunt, conhecida pelo olhar vanguardista e pela a qualidade e luxo dos mobiliários domésticos.

Móveis, luminárias e tapeçarias da marca na Casa Cor São Paulo

Para marcar sua entrada no mercado brasileiro, as criações da Holly Hunt  estão na Casa do Mirante, espaço criado por Débora Aguiar para a edição 2010 da Casa Cor São Paulo, a mais importante mostra de decoração e design da América Latina. 
"Trabalhar com a Débora Aguiar durante a Casa Cor São Paulo será um
termômetro importante para medirmos o interesse do consumidor brasileiro nos produtos da marca", explica Rodrigo Scaff, fundador da Suriana.


Sobre a Holly Hunt

Criada em 1983, a Holly Hunt http://www.hollyhunt.com/ projeta, produz e comercializa sob encomenda produtos que incluem móveis para interiores e exteriores, iluminação, tapeçaria, têxteis e couros.Atualmente, o showroom é composto por talentosos designers como Christian Astuguevieille, Alison Berger, Solis Betancourt, Christian Liaigre e Kevin Reilly. A Holly Hunt possui showrooms em todo os Estados Unidos, Canadá e Rússia.

 Sobre a Suriana
A análise completa do mercado e dos produtos que serão comercializados faz parte do escopo de trabalho da Suriana, empresa facilitadora que promove os negócios de empresas de diversos segmentos a fim de viabilizar as transações comerciais e a estruturação dos relacionamentos entre parceiros no Brasil e em diversos países.
A atuação da Suriana inicia com a estratégia a ser adotada para geração de
 novos negócios até a elaboração do plano de expansão internacional. Paraisso, a empresa se estruturou não só como assessoria em comércio exterior,

mas como responsável por fomentar os negócios entre o Brasil e o mundo.

Para mais informações sobre a Suriana acesse: http://www.suriana.com.br/
_______________________________________________

RESTAURANTE BADEBEC NA CASA COR 2010

Com ambiente montado por Jayme Bernardo, a casa ganha destaque pelo espaço e por seu conceito voltado para as culturas do Brasil em um dos maiores espaços da Casa Cor SP.








À esquerda, valioso lustre Baccarat



Pelo nono ano consecutivo, o restaurante Badebec estará presente na Casa Cor São Paulo. Em 2010, a casa ganha seu destaque e será um dos maiores espaços do evento com 530m² incluindo área interna e externa. Todo o conceito foi criado pelo arquiteto Jayme Bernardo, que trouxe como intuito mostrar o Brasil e seus contrastes, do simples ao luxo.

No ambiente, as cores e os materiais usados demonstram a simplicidade e o alto luxo, com detalhes em folhas de ouro, madeira rústica e palha trançada artesanalmente, tudo para mostrar que essa mistura destaca o trabalho manual e elementos da cultura brasileira. Na decoração, um par de lustres Baccarat (por Began Antiguidades), um mosaico de pastilhas de vidro Bizassa (vindo diretamente da Itália) e a escultura do artista brasileiro Leopoldo Martins. O paisagismo é uma parceria com a arquiteta e paisagista Beatriz Quinelato.


Pratos temáticos
E se o assunto é gastronomia, a chef Lourdes Bottura preparou um buffet especial para o evento, onde convidados e visitantes podem apreciar a diversidade das saladas – com muitas folhas, vegetais, frutas, grãos, queijos,chutneys, molhos com ingredientes sempre frescos e da época, além de pratos quentes – peixes, quiches, risotos, massas recheadas, aves e carne vermelha.


Neste ano, aproveitando o tema da Copa do Mundo, Lourdes ainda vai apresentar pratos temáticos, com comida típica de alguns países participantes do torneio. Como novidade também, o Badebec abre suas portas no fim da tarde, para um happy hour agradável, com pastéizinhos e mesa farta de aperitivos.

Serviço:

Badebec Casa Cor São Paulo 2010

Praça Brasil, lj.32 - Av. Lineu de Paula Machado, 1.075, Cidade Jardim

Reservas: (11) 7850-7603 ou por email: alvaro@badebec.com.brPreço Buffet: R$ 46
____________________________________________

26 de maio de 2010

Passeio em 3D pelas pirâmides do Egito

Dassault Systèmes e Museu de Belas Artes de Boston reconstroem pirâmides virtualmente.
Iniciativa leva conteúdo arqueológico ao público geral e à comunidade científica por meio de simulações e visualizações 3D.











Para quem gosta de egiptologia e arqueologia uma notícia interessante:


A Dassault Systèmes (DS), líder mundial em 3D, e o Museu de Belas Artes de Boston, um dos museus de arte mais importantes do mundo localizado nos Estados Unidos, anunciam parceria para levar o poder do 3D, já bastante presente no setor industrial, para a arqueologia. A iniciativa digital, chamada projeto Arquivos de Giza, tem como objetivo reunir e compartilhar informações arqueológicas sobre as pirâmides no planalto de Giza, no Egito, com o público geral e estudiosos da área.Pena que o blog ainda não seja em 3D!






Apoiado pela Fundação Andrew W. Mello, supervisionada pelo egiptólogo Peter Der Manuelino, diretor de Arquivos do Museu, e por Philip J. King, professor de Egiptologia na Universidade de Harvard, o projeto reuniu, na última década, fotografias digitalizadas de expedições históricas, diários de escavações e mapas, plantas e croquis dos antigos túmulos e pirâmides da região. O resultado é o maior banco de dados e site já montado relacionado ao planalto de Giza (http://www.mfa.org/Giza)

 A maioria dos documentos arqueológicos e das imagens é resultado de mais de 40 anos de escavação do egiptólogo George Reisner (1867-1942), um dos fundadores da arqueologia científica moderna, que liderou a expedição da Universidade de Harvard e do Museu de Belas Artes de Boston ao Egito. Em uma colaboração internacional única, o projeto Arquivos de Giza também é parceiro de todas as instituições do mundo que hospedam as coleções mais importantes relacionadas a Giza.


Para a DS, o desafio do projeto é direcionar o conhecimento e as tecnologias para experiências realísticas em 3D para o centro da educação e pesquisa. A empresa leva ao Projeto Giza a expertise em 3D em tempo real e uma completa gama de soluções para simulação e visualização de dados arqueológicos, criando experiências interativas e de imersão para especialistas e para o público em geral. A DS e o museu criarão novas formas de experiências em multiplataformas, individuais ou coletivas, por meio de aplicativos na Internet ou por sistemas virtuais mais complexos e de realidade aumentada, usando jogos, telas 3D e até mesmo cinemas com objetivo de proporcionar novos tipos de sensações que proporcionem uma imersão arqueológica.




A parceria permitirá a reconstrução em tempo real do planalto de Giza baseada em dados arqueológicos atuais, além da colaboração entre tecnologia e arqueologia, que resultará em novos questionamentos científicos e comunicação. A arqueologia virtual, usando o poder de ferramentas para simulação e experiências 3D, apresenta novas hipóteses. “Tais ferramentas e abordagens oferecem uma nova dimensão à pesquisa da egiptologia, permitindo compartilhamento de inovação e conhecimento”, diz Peter Der Manuelian. “Na DS, encontramos um parceiro comprometido com a precisão científica e criatividade tecnológica.”


Sobre a Dassault Systèmes

Como líder mundial em soluções 3D e soluções PLM, a Dassault Systèmes oferece qualidade para mais de 100.000 clientes em 80 países. Pioneira no mercado de software 3D desde 1981, a Dassault Systèmes desenvolve e comercializa software e serviços de aplicação PLM, que oferecem suporte a processos industriais, proporcionando uma visão 3D completa do ciclo de vida dos produtos, desde a sua concepção até a sua manutenção e reciclagem.
_______________________________________________