31 de maio de 2010

Certificação AQUA para economia de água e energia elétrica

Fundação Vanzolini lança certificação AQUA para Arenas e Complexos Esportivos Multiuso. É a 1a. certificação brasileira para o setor.



A Fundação Vanzolini está lançando a certificação AQUA para Arenas e Complexos Esportivos Multiuso, concebida a partir do Processo AQUA para edifícios do setor de serviços.
Com isso, as obras de construção e reformas de estádios e complexos multiuso no Brasil, com vistas à Copa do Mundo de 2014 e às Olimpíadas de 2016, podem ser adequadas aos critérios de desempenho da Alta Qualidade Ambiental. “Além da redução do impacto ambiental durante a fase de obras, será possível economizar até 50% no consumo de energia elétrica e de água”, explica Luiz Henrique Ferreira, diretor da Inovatech, primeira consultoria AQUA no Brasil.
As arenas de futebol, por exemplo, com grandes áreas de cobertura de arquibancadas ou mesmo dos campos, servem como uma imensa área de captação de chuva. “Além da utilização da água de chuva em vasos sanitários, essa água poderá servir para irrigação de gramados, no caso dos estádios, e para lavagem de áreas comuns e quadras no caso de complexos esportivos”, destaca Ferreira.
“A certificação aborda as mesmas 14 categorias de desempenho do processo, distribuídas em quatro grupos: eco-construção, eco-gestão, conforto e saúde”, explica o professor Manuel Carlos Reis Martins, coordenador executivo do Processo AQUA na Fundação Vanzolini.
Na prática, os objetivos de desempenho requerem desses projetos a redução nos impactos ambientais, considerando os materiais utilizados nas obras, o projeto, o processo construtivo, os equipamentos e sistemas, e a fase de uso do empreendimento, com ênfase em economia de água, energia, gestão de resíduos e facilidade de manutenção. Além disso, em todas essas etapas, estes objetivos também requerem o desenvolvimento de condições ideais de conforto e saúde dos usuários, sejam eles atletas, público, dirigentes, jornalistas, administradores, funcionários e todos os demais usuários.
Por suas características, as arenas e complexos esportivos multiuso necessitam de atenção especial à acessibilidade e segurança, condições apropriadas de deslocamento do público, qualidade dos espaços externos, conforto e condições sanitárias adequadas para os usuários, durabilidade dos materiais e sistemas construtivos, facilidade de manutenção, planejamento da gestão de resíduos, condições de iluminação diurna e noturna adequadas, entre outros requisitos.
____________________________________________________________

Nenhum comentário:

Postar um comentário