22 de junho de 2010

Como combater o descascamento das paredes

Futura Tintas dá dicas para evitar o problema que começa já no início das obras.

Os cuidados para evitar o descascamento das superfícies devem começar no início da obra já que este problema pode ocorrer por vários motivos, inclusive por equívocos cometidos no momento da primeira pintura. Falta de aderência do produto utilizado devido à presença de pó ou umidade na superfície a ser pintada e a falta de diluição da tinta são muito frequentemente causadoras de descascamentos.

De acordo com o coordenador de produtos da Futura Tintas, William Hamam, o descascamento da tinta ocorre também quando a pintura é executada sobre superfícies soltas ou com pinturas a base de cal, sem preparação prévia adequada.
A aderência da cal sobre a superfície não é boa, forma uma camada cheia de pó. Portanto, qualquer tinta aplicada sobre caiação está sujeita a descascar-se rapidamente. A tinta também não é capaz de evitar que partes soltas das superfícies se desprendam por completo, por isso, é importante removê-las totalmente antes de pintar”, explica William.
Não diluir a tinta ou diluir mais que o recomendado ou mesmo utilizar tinta de baixa qualidade, em não conformidade com os padrões da Abrafati (Associação Brasileira de Fabricantes de Tintas), também são fatores que podem provocar o descascamento, mas que nem sempre são levados em conta.


Confira as dicas da Futura Tintas:


1 - O procedimento mais adequado consiste em, primeiro lugar, raspar e lixar toda superfície a ser pintada, eliminando pontos descascados e tomando o cuidado de depois remover todo o pó resultante dessa operação.


2 - Em seguida, deve-se aplicar uma demão de fundo preparador de paredes, indicado para superfícies que apresentam baixa coesão, pois possui excelente poder de aglutinação de partículas soltas.


3 - Após a secagem do fundo preparador, aplique massa acrílica (áreas internas ou externas) ou massa corrida (somente áreas internas que não tenham contato com água e vapor) para corrigir as imperfeições.


4 - Novamente lixe e limpe o espaço com um pano úmido, eliminando totalmente pó.



“Com esses procedimentos as superfícies estarão aptas para receber a tinta, de preferência em duas a três demãos”, conclui William.

No site da empresa você encontra mais informações sobre preparação e correção de superfícies: www.futuratintas.com.br/superficies.html
______________________________________________________

Nenhum comentário:

Postar um comentário