6 de junho de 2010

Festival de Teatro de Colombo

A prefeitura do município, através do Departamento de Cultura,  anuncia o 5o Feteco - Festival de Teatro de Colombo - que abre com o espetáculo "Humordaçados". Na quinta-feira, adaptação de conto da escritora Malka Lorber Rolnik.


A partir da próxima quarta-feira (09/06), Colombo (Região Metropolitana de Curitiba) estará a pleno vapor em suas atividades culturais.  O auditório da Prefeitura Municipal, localizado no Colombo Park Shopping (Estrada da Ribeira - Alto Maracanã),  será palco para 42 espetáculos de teatro de diversos gêneros e de acesso gratuito.
Na abertura do evento, às 20h, haverá apresentação do espetáculo convidado " Humordaçados" patrocinado pelo SESC Paraná.

Programação


DIA 09 ( QUARTA-FEIRA )

20h:00 -  Abertura Oficial


Espetáculo Convidado: Humordaçados, de Curitiba.
Indicação: Livre
Gênero: Stand Up


Sinopse: Imagine um carcereiro, fã de teatro, que se vê fazendo a vigilia (e a tortura) de dois atores. A condenação? Os atores tem que atuar, atuar e atuar até que ele se sinta plenamente satisfeito. Este é o enredo, base da peça Humordaçados. Assim, alternando cenas de estrutura fixa e de improvisos, a peça se desenrola. A intervenção do carrasco é pontual, ele é o único que tem a liberdade de romper a Quarta Parede e colher da platéia as sugestões de lugares, personagens, palavras e frases que possibilitam o já conhecido jogo do improviso. Os dois atores-atores, Prisioneiro 5002 (Marcão Freire) e  Prisioneiro 5003 (Diego Duda), sempre em cena, sofrem com as torturas, e as diferenças de interpretação (um é herdeiro de Shakespeare e Stanislavski, outro de Zé Celso e Didi Mocó) e com a crueldade do carrasco que não abre mão de escolher as mais desafiadoras sugestões vindas do público.


DIA 10 (QUINTA- FEIRA)


19h30: A Boneca
Indicação: Livre
Gênero: Drama, baseado em fatos reais
Grupo: AMISRAEL PR, de Colombo


Sinopse: A história é a adaptação de um conto do livro Os Abismos, da autora Malka Lorber Rolnik.  Uma mulher sobrevivente do Holocausto, vive com seu esposo e filha,  que ganha de presente uma boneca. A mãe ainda traz viva na lembrança as torturas sofridas no campo de concentração de Auschwitz. Ao pegar a boneca ela lembra de sua pequena irmã, que teve a cabeça raspada antes de ser morta numa câmara de gás. A mulher começa a surtar e perde totalmente a razão.
_________________________________________________

Nenhum comentário:

Postar um comentário