13 de junho de 2010

Livro: Arte como experiência

Este é considerado o trabalho mais renomado de um filósofo norte-americano a respeito da estrutura formal das artes e de seu impacto sobre o espectador, leitor ou ouvinte.




Arte como Experiência foi publicado pela primeira vez em 1934, é o resultado de uma série de palestras semanais ministradas por John Dewey na Harvard University e, desde então, é considerado o trabalho mais renomado de um filósofo norte-americano a respeito da estrutura formal das artes e de seu impacto sobre o espectador, leitor ou ouvinte.

Segundo Dewey, a experiência, essa negociação consciente entre o eu e o mundo, é uma característica irredutível da vida, e não há experiência mais intensa do que a arte.

Sobre o autor

John Dewey, (Estados Unidos, 1859–1952). Psicólogo, filósofo, educador, cientista político e social, doutorou-se em filosofa pela Johns Hopkins University em 1884. Lecionou nas universidades de Michigan, Minnesota, Chicago e Columbia, onde encerrou sua carreira docente.

Ele próprio descreveria sua vida como a busca de “uma ideia razoavelmente clara e distinta dos problemas subjacentes às dificuldades e aos males que experimentamos [...] na vida prática”. Essa ideia também é a preocupação central do conceito filosófico de pragmatismo, que Dewey viria a desenvolver em diversas obras.

Coleção Todas as Artes
Das tradicionais sete artes às concepções mais contemporâneas, a arte vem ampliando seu domínio e efeito sobre o mundo. Arte como Experiência integra a coleção Todas as Artes, que pretende refletir essa diversidade de manifestações, teorizadas por críticos, filósofos, acadêmicos e profissionais que fazem da arte o seu ofício.

 
ARTE COMO EXPERÊNCIA

Autor: DEWEY, JOHN

Tradução: Vera Ribeiro

Coleção: Todas as artes

Arte, Estética relacional
1ª edição

ISBN: 978-85-61635-54-1

No de páginas: 648

Formato: 12,5 x 18,5 cm

PREÇO: R$ 49,80

Site: http://www.livrariamartinseditora.com.br/descricao.asp?cod_livro=DEA001
__________________________________________________

Nenhum comentário:

Postar um comentário