15 de junho de 2010

Novas normas técnicas para blocos de concreto


Revisão e atualização de normas favorecerá projeto, execução e controle de obras com blocos de concreto e texto deverá ser publicado até dezembro de 2010.



As normas de cálculo (projeto), execução e controle de obras em alvenaria estrutural de blocos vazados de concreto estão passando por uma revisão e serão aglutinadas em uma única norma, facilitando o cumprimento de suas exigências e favorecendo a todos os técnicos e profissionais da cadeia produtiva da construção que trabalham com blocos de concreto.
Isto porque, a partir da publicação da nova norma, que substituirá as NBRs 10.837/89 e 8.598/85, será muito mais simples encontrar os textos que projetistas, pesquisadores, executores de ensaios em laboratórios e responsáveis pela execução de obras com blocos de concreto necessitam para o desenvolvimento dos serviços de acordo com as normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT).


Estamos desenvolvendo a revisão das normas de projeto e execução e, também, vamos incorporar a norma de ensaio: serão quatro anexos, cada um com um procedimento de ensaio, simplificando a consulta aos textos”, avalia o engenheiro e pesquisador da Universidade Federal de São Carlos/SP e coordenador da comissão do CB-2/ABNT que está discutindo a revisão e aglutinação dessas normas, Guilherme Parsekian.

Avanços
Devem constar da nova norma, como no ensaio de prisma, cujo texto propiciava confusões e dúvidas sobre questões como, por exemplo, área bruta e área líquida do prisma, gerando problemas no procedimento de controle do ensaio e até resultados inadequados. Agora, explica ele, a aglutinação das normas em um único texto e a sua revisão facilitam aos profissionais encontrar o texto do qual necessitam, que estará redigido com maior clareza e mais detalhado.
Participam dessa comissão também o engenheiro e calculista estrutural, Márcio Ramalho, o arquiteto Carlos Alberto Tauil, pela Associação Brasileira de Fabricantes de Blocos de Concreto (BlocoBrasil), representantes de fabricantes, laboratórios e outros integrantes da cadeia produtiva de blocos de concreto. A previsão dos integrantes da comissão é de que o novo texto seja publicado até dezembro deste ano.
____________________________________________________________

Nenhum comentário:

Postar um comentário