22 de junho de 2010

Rota da Porcelana nos Palácios do Governo de São Paulo

A mostra reúne uma seleção de peças raras da coleção dos três Palácios do Governo paulista. Entre as peças, estão pratos, serviços de chá, serviço de mesa, porcelanas decorativas, ânforas e aquários chineses.

 







O Palácio do Horto, localizado na Zona Norte da capital, abre neste sábado, 26, a exposição "Rota da Porcelana nos Palácios do Governo de São Paulo". A mostra reúne uma seleção de peças raras da coleção de louçarias dos três Palácios do Governo paulista: Bandeirantes, Boa Vista e Horto. Entre as peças que serão exibidas estão pratos, serviços de chá, serviço de mesa, porcelanas decorativas, ânforas e aquários chineses, entre outras. Grande parte da louçaria histórica e artística foi adquirida na década de 1970, por meio da compra de peças de antiquários e leilões. A coleção é composta por louças chinesas das Companhias das Índias e peças européias dos serviços de jantar, chá e café.


Segundo a curadora do Acervo dos Palácios do Governo do Estado de São Paulo, Dra. Ana Cristina Carvalho, “as louças com brasões e monogramas foram adquiridas em 1977, por ocasião da decoração do salão de banquetes do Palácio dos Bandeirantes. Essa coleção de cerca de 200 peças compõe-se de dois núcleos: as peças de famílias ligadas à história de São Paulo e as de titulares do Império, encomendadas às fábricas de Limoges, Paris, Berlim, Londres, República Tcheca, Holanda, Áustria e Baviera”.

Ainda de acordo com a curadora, “os Palácios, ao longo do tempo, foram incorporando as chamadas louças oficiais para o uso de serviços diários e dos banquetes. Assim, estão expostas peças do serviço do governador Júlio Prestes, usadas no Palácio dos Campos Elíseos, sede do Governo de 1911 a 1965. Do mesmo modo, evidenciam-se louças dos governadores Adhemar de Barros, com brasão e inscrição Pro S. Paulo fiant eximia; Roberto de Abreu Sodré, fabricadas para uso diário e para recepções no Palácio dos Bandeirantes; e Mario Covas, brasonadas de dourado e usadas nos banquetes oficiais”.

É essa história do uso da louça no cotidiano dos Palácios e das casas nos séculos XIX e XX que a exposição conta, apresentando as peças no contexto de uma casa-museu.

SERVIÇO

Endereço: Rua do Horto, 931 – Horto - São Paulo/SP

Dias e horários: de 4ª a domingo, das 9h às 15h - de hora em hora - até 15 de novembro

Grupos a partir de 10 pessoas: agendamento prévio pelo site http://www.acervo.sp.gov.br/ - 4ª a 6ª - às 9h, 11h e 14h. r
Informações: (11) 2193-8282

E-mail: monitoria@sp.gov.br
_______________________________________________

Nenhum comentário:

Postar um comentário