21 de junho de 2010

Vitória da Conquista ganha Centro Cultural

Projeto do BNB e da prefeitura do município baiano, o Centro Cultural Banco do Nordeste deverá contribuir para o desenvolvimento cultural da região.

FORTALEZA, 22.06.2010 – O presidente do Banco do Nordeste do Brasil (BNB), Roberto Smith, e o prefeito municipal de Vitória da Conquista (BA), Guilherme Menezes, lançarão, juntos, o projeto de instalação do Centro Cultural Banco do Nordeste naquele município baiano.

A solenidade de lançamento acontecerá na quarta-feira, 23, às 17 horas, na Praça Joaquim Correia, 55, no centro da cidade. Depois, haverá apresentações culturais de quadrilhas juninas, da Filarmônica Municipal e a participação de artistas locais, culminando com as participações especiais do forrozeiro repentista Onildo Barbosa e do menestrel, cantador, concertista, cantor e compositor Elomar Figueira Mello – ambos naturais de Vitória da Conquista. A inauguração do CCBNB-Vitória da Conquista está prevista para o primeiro semestre de 2012, disse o gerente de Gestão da Cultura do Banco do Nordeste, Tibico Brasil.



Equipamentos

A estrutura física do CCBNB-Vitória da Conquista contará com teatro multifuncional, sala de ensaios para teatro, auditório, salas para oficinas, sala para administração, biblioteca com acervo físico e acesso virtual, salão de dança e salão de exposições, além do pavimento para uma unidade de microcrédito.

Formação de plateias e pertencimento do lugar

Este será o primeiro Centro Cultural BNB construído pelo próprio Banco – além de ser o primeiro no Estado da Bahia. “Todos os outros equipamentos de que o BNB já dispõe foram feitos a partir de reformas em prédios já existentes", disse Tibico Brasil.


O CCBNB-Vitória da Conquista oferecerá programação cultural de qualidade – diária, gratuita e selecionada por editais anuais – para uma população de baixa renda. “Esperamos contribuir para o desenvolvimento cultural da região e fazer com que os seus artistas sejam valorizados, principalmente na questão da cultura popular”, explicita o gerente de Gestão da Cultura do BNB.


“A ação do CCBNB-Vitória da Conquista continuará mantendo o foco de formação de plateias, que o caracteriza e diferencia os nossos centros culturais”, enfatiza Tibico.
_________________________________________________

Nenhum comentário:

Postar um comentário