27 de julho de 2010

William Boyd chega ao Brasil para a FLIP


Um dos expoentes da literatura em língua inglesa de sua geração, o escritor lança pela Rocco "Tempestades comuns" e "Fascinação".


Nascido em Gana em 1952, radicado em Londres e apontado como um dos expoentes da literatura em língua inglesa de sua geração, o escritor e roteirista *William Boyd chega ao Brasil este fim de semana para lançar o romance Tempestades comuns, além da coletânea de contos Fascinação, ambos pela Rocco. Contumaz ganhador de prêmios e laureado pela crítica nos EUA, na Inglaterra e na França, Boyd é um dos convidados da FLIP (Festa Literária Internacional de Paraty), onde participa da mesa “Chá pós-colonial”, ao lado de Pauline Melville, no próximo dia 6 de agosto, sexta-feira, às 15h. 
Décimo romance da carreira de William Boyd, Tempestades comuns é um thriller literário de ritmo hitchcockiano que trata da fragilidade dos alicerces que dão sentido à vida de um indivíduo e constituem a sua própria identidade, numa metrópole como Londres. Com ritmo ágil e trama surpreendente, o leitor é envolvido pela história de Adam Kindred, um homem comum que vê sua existência ser virada de pernas para o ar após um encontro fortuito com um desconhecido. Já em Fascinação o autor demonstra domínio da ficção curta por meio de um leque impressionante de estilos e técnicas narrativas em contos que questionam a condição humana. Dele, a Rocco já lançou também os romances Fuga e As aventuras de um coração humano, entre outros títulos.
*Foto www.smh.com.au/ffximage/
___________________________________________

Nenhum comentário:

Postar um comentário