13 de agosto de 2010

Bons resultados premiam a Galvão

A empresa foi considerada a melhor da construção pelas revistas Isto É Dinheiro, Exame e O Empreiteiro.

Na quinta-feira, Dario Galvão, presidente do conselho do grupo Galvão, recebeu das mãos do ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Miguel Jorge, o troféu da revista Istoé Dinheiro como a melhor empresa do setor de engenharia e construção. Dias antes, Jean Castro, presidente da Galvão Engenharia, recebeu prêmio da revista O Empreiteiro pelo sexto lugar no ranking elaborado das 25 maiores construtoras do país. Em julho, a empresa já havia figurado no prêmio Melhores e Maiores Empresas de EXAME como melhor da indústria da construção. 
Os prêmios recebidos pela Galvão encontram respaldo no crescimento da receita operacional bruta em 106%, ultrapassando R$ 2 bilhões, e aumento dos investimentos em 59,3%. A Galvão fechou o ano com lucro líquido de R$ 281 milhões — cifra 130% superior à de 2008 Ao longo dos últimos cinco anos, a empresa registrou aumento de 685% em suas receitas. A principal responsável pelo crescimento da Galvão foi a Unidade de Negócios Óleo e Gás: em 2009, a receita da unidade cresceu em 127%. 
Com um quadro de 6.100 funcionários diretos, a Galvão tem nove unidades de negócios no Brasil, tem operações no Peru e Angola. A empresa presta serviços de engenharia e construção para setores de óleo e gás, energia elétrica, infraestrutura rodoviária, aeroviária, portuária, ferroviária e urbana, saneamento básico e construção industrial. Participa hoje de algumas das maiores obras do Brasil, entre elas, o Rodoanel de São Paulo, o Programa Onda Limpa, em Praia Grande e Santos, a duplicação da rodovia BR-104 em Pernambuco, a construção da Usina Belo Monte, entre outras.
___________________________________________________

Nenhum comentário:

Postar um comentário