2 de agosto de 2010

Fotografia: o vento impresso sobre a seda...

A fotógrafa Adriana Lafer Rosset se inspira em poesia de Manoel de Barros para compor sua primeira mostra. 

Nova forma de impressão para expor o trabalho: no cetim de seda para torná-lo mais duradouro.

Ao Vento é resultado de um estudo minucioso que revela o desejo da artista em tornar a fotografia mais palpável



“Queria transformar o vento. Dar ao vento uma forma concreta e apta à foto”... Inspirada na poesia, O Vento, de Manoel de Barros, a fotógrafa paulistana Adriana Lafer Rosset apresenta sua primeira exposição individual. Trata-se da mostra Ao Vento, que será realizada em São Paulo, no Espaço de Arte Trio, no período de 10 de agosto a 19 de setembro, com curadoria de Rosely Nakagawa, maior especialista no Brasil em fotos de arte.
Ao Vento é resultado de um estudo minucioso que revela o desejo da artista em tornar a fotografia mais palpável e, para isso, ela foi buscar uma nova forma de impressão para expor o seu trabalho, e encontrou no tecido, mais especificamente no cetim de seda, uma forma de concretizar esta sua vontade, que é a de fazer com que sua obra se torne mais duradoura.
Além disso, a escolha do cetim de seda para a impressão das fotos também se deve ao fato desse material combinar com o estilo do trabalho desenvolvido por Adriana, que dá atenção aos detalhes ao registrar uma imagem, tem um olhar mais intelectual, que remete ao sonho, e por esse tecido ser fino e delicado, traz essa ideia à tona”, destaca Rosely Nakagawa.
A fotógrafa gosta muito de retratar a natureza e para essa mostra foram selecionadas belas imagens de paisagens, como árvores, folhas e plantas, quase sempre relacionadas com o vento. A exposição, que traz 14 imagens no formato 1,00  x 0,66 m, impressas em cetim de seda, desperta no espectador o encantamento e, por essa razão, as obras não serão fixadas na parede, só contarão com um pequeno suporte de acrílico para apoiá-las. Uma outra série de oito fotos, no mesmo formato, foram impressas em papel de fibra de algodão com tinta permanente e emolduradas na forma tradicional.
Para concluir esse projeto, Adriana pesquisou intensamente, voltou várias vezes ao mesmo lugar para registrar a melhor imagem, observou muito a luz para dar um sentido real ao que queria mostrar.
As fotografias serão comercializadas, com tiragens limitadas, com preços a partir de R$ 3.000, garantindo a exclusividade das obras. 
Perfil
Adriana Rosset cursou Publicidade, mas, desde criança teve contato com a fotografia. “Meu pai sempre gostou de fotografar o dia-a-dia da minha família e foi por meio dele que me encantei por essa arte”
Adriana começou a fotografar por hobby, mas hoje a fotografia se tornou uma grande paixão, presente em todos os momentos da sua vida. Para se aperfeiçoar, buscou vários cursos e workshops com o intuito de se especializar nessa área. Um dos primeiros trabalhos que desenvolveu foi o de fotografar o ambiente familiar, registrando o cotidiano de seus filhos e amigos. Esse projeto, denominado Brincadeira de Criança, chamou a atenção de Carlos Moreira, um dos fotógrafos mais respeitados do Brasil e que foi um de seus professores. “Através da orientação dele, cheguei em Rosely que foi quem me ajudou a dar uma direção ao meu trabalho quando muito sensivelmente, enxergando uma relação estreita entre minhas imagens e a poesia de Manoel de Barros, me apresentou a sua obra. Essa individual mostra um pouquinho deste encontro”, destaca Adriana.
Serviço
Ao Vento , Exposição de fotografias de Adriana Lafer Rosset
Abertura: 10 de agosto, às 19h
Exposição: De 11 de agosto a 19 de setembro
Local: Espaço de Arte Trio
Visitação: De Segunda a Sexta-feira e Domingo das 12h às 15h
Endereço: Rua Gomes de Carvalho, 1759, Vila Olímpia, SP
Tel.: (11)3757-3333
Manobristas no local
_______________________________________

Nenhum comentário:

Postar um comentário