4 de agosto de 2010

PROGRAMAÇÃO MUSEU DA CASA BRASILEIRA


“Pedro Assad e Meretrio” fazem show  para lançar CD “Na Cozinha”. E ainda, a "Arquitetura de Lelé: fábrica e invenção”, em São Paulo. 

Para lançar o CD "Na Cozinha", o pianista e compositor Pedro Assad e o Meretrio fazem um show no domingo, 8 de agosto, 11h, no Museu da Casa Brasileira, instituição vinculada à Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo. O trabalho surgiu com a proposta de tocar composições de Pedro Assad, que têm um caráter instrumental forte e diversificado, passando por diferentes estilos, com referências da música instrumental brasileira sem deixar de lado influências do pop e do rock. 
O Meretrio é formado por Emiliano Sampaio (guitarra), Gustavo Boni (baixo) e Luís André “Gigante” (bateria). No repertório apresentado estarão Fantasia do Caos, Anel de Zebu, Mereless, Piquenique, Esquisofrenética, Os Sobrinhos Habbabs, entre outras musicas.
Consolidado na agenda de São Paulo como uma alternativa de lazer que reúne música de qualidade em um cenário agradável, o terraço do museu, em frente ao seu jardim de 6.600 metros quadrados, o Música no Museu acontece todos os domingos, às 11h. É sempre gratuito.

Serviço
Música no Museu – “Pedro Assad e Meretrio lançam CD Na Cozinha
Data: domingo, 8 de agosto, às 11h.  Entrada franca
Duração: 60 min
Capacidade: 230 lugares
Local: Museu da Casa Brasileira – Terraço
Av. Brig. Faria Lima, 2705  Tel. 3032-3727   Jardim Paulistano
Estacionamento: R$ 12,00
Visitação: de terça a domingo, das 10h às 18h
Ingresso: R$ 4,00 e estudantes R$ 2,00. Gratuito aos domingos e feriados.
Acesso para pessoas com deficiência.
Visitas orientadas: 3032-2564
Estacionamento: de terça a sábado até 30 min. grátis, até 2 horas R$ 8,00, demais horas R$ 2,00. Domingo: preço único de R$ 12,00.

 A arquitetura de Lelé: fábrica e invenção 
A mostra “A arquitetura de Lelé: fábrica e invenção” estará em exposição no Museu da Casa Brasileira (MCB), até dia 19 de setembro. A mostra revela o arquiteto chefe de obra e suas técnicas inovadoras para a industrialização da arquitetura brasileira. 
Maquetes, fotografias, desenhos, filmes e animações em vídeo revelam a obra deste arquiteto comprometido com uma visão integral da arquitetura, diretamente ligada ao canteiro de obras e resultante da atuação interdisciplinar entre as equipes técnicas envolvidas nas etapas de construção. 
A exposição inicia com um painel cronológico de centenas de obras feitas por Lelé. Em destaque os sistemas e tecnologias desenvolvidos para a construção de passarelas que marcam a paisagem da cidade de Salvador; hospitais e centros de reabilitação do aparelho locomotor; e a sede em vários cidades do Tribunal de Contas da União, construídas entre 1992 e 2009.

João Filgueiras Lima, Lelé, é um arquiteto brasileiro cuja obra é reconhecida especialmente pelo conjunto de projetos que desenvolveu junto à Rede Sarah de hospitais. A obra arquitetônica de Lelé caracteriza-se especialmente pela busca da racionalização e da industrialização da arquitetura. Durante sua trajetória chegou a propor métodos e processos de pré-fabricação de elementos construtivos inéditos no país. Atualmente Lelé atua como diretor do Centro de Tecnologia da Rede Sarah (CTRS), onde desenvolve os projetos e a execução dos novos hospitais da rede. 
Serviço
Exposição: “A arquitetura de Lelé: fábrica e invenção”
Visitação: até 19 de setembro, de terça a domingo, das 10h às 18h
Local: Museu da Casa Brasileira
Endereço: Av. Faria Lima, 2705 - Jardim Paulistano Tel. 3032-3727
Ingresso: R$ 4,00 - Estudantes: R$ 2,00 – Gratuito domingos e feriados
Acesso a portadores de deficiência física.
Visitas orientadas: 3032-2564  agendamento@mcb.org.br
Estacionamento: de terça a sábado até 30 min. grátis, até 2 horas R$ 8,00, demais horas R$ 2,00. Domingo: preço único de R$ 12,00.
_________________________________________________

Nenhum comentário:

Postar um comentário