2 de agosto de 2010

Tristão e Isolda por Helena Gomes

Clássico da literatura, a lenda de origem celta ganha edição que agrega linguagem simples e inteligente com muita aventura do início ao fim.

A clássica história presente na literatura, na dramaturgia e no cinema ganha nova edição para os jovens apreciadores da leitura. Mais um grande ícone das letras da coleção Os Meus Clássicos, a lenda de origem celta data de antes do século XII, quando foi escrita pela primeira vez. A nova edição agrega uma linguagem simples, mas inteligente, recheada de muita aventura e romance, o que faz com que o jovem se apaixone pelas peripécias de Tristão e da princesa Isolda, do começo ao fim.

Para recontar a história do amor impossível, a autora Helena Gomes – já conhecida do público juvenil, é jornalista e professora universitária – realizou uma longa pesquisa e, para cativar os leitores, dedicou grande atenção à composição dos personagens:
Não adianta a Isolda e Tristão serem lindos e encantadores. Na minha versão eles têm que ‘suar a camisa’ para serem heróis. Nas versões comuns, Tristão mata rapidamente o dragão e pronto; no nosso texto, ele briga bastante e o dragão ataca o castelo, fazendo uma enorme bagunça. Explorei Isolda como uma descendente de fadas e ressaltei o mistério e o dom da magia. Além de ela ser uma princesa linda e encantadora, e onde chegasse todos paravam olhar, provocando aquela emoção que o leitor jovial tanto procura”.
A leitora Carla Yanagiura, 14 anos, é privilegiada. Filha da autora, tem acesso ao texto original antes mesmo de ir para a gráfica e, quando perguntada sobre a qualidade do livro, não tem dúvidas: “Claro que eu gostei. A história é boa, a narrativa é envolvente, e os personagens são ótimos. Você dá risada em algumas partes e quase chora no final", afirma a adolescente.
A coleção Os Meus Clássicos oferece aos jovens leitores adaptações e traduções criteriosas de grandes livros da literatura universal. Parte-se sempre de bons originais, apoiados por comentários críticos, para recolher toda informação que possa cativar o leitor e explicar-lhe o contexto das obras: a autoria, o momento histórico, as realidades sociais. Como conta Bruno Berlendis, editor da coleção:
“No caso de Tristão e Isolda – a grande história de amor da Idade Média –, o interessante é que não há um autor, mas diversos, cada um com seu tratamento para a lenda celta: Gottfried de Estrasburgo, Marie de France, Béroul e outros mais. Helena Gomes soube recolher elementos para compor uma narrativa ágil, quase cinematográfica, que prende a atenção do jovem, ao mesmo tempo em que recupera as características dos relatos originais".
Ficha técnica:
Editora Berlendis & Vertecchia
Páginas: 232
ISBN: 978-85-7723-027-3
Valor: R$ 39
Autora: Helena Gomes
Ilustração:Renato Alarcão
Editora Berlendis & Vertecchia
Tel: 11 3085-9583
Sobre Helena Gomes
É jornalista desde 1988. Atuou como repórter, diagramadora e editora no jornal A Tribuna, nas áreas de Local, Cidades, Artes, Internacional, Educação e Saúde. Foi responsável pelo suplemento infantil A Tribuninha. Atualmente, trabalha para a Z Consultoria e é professora universitária, com especialização em Educação e Educação a Distância. Também ministra cursos, palestras e oficinas sobre o processo de criação de histórias.
Autora dos livros de ficção Assassinato na Biblioteca (Rocco, 2008), Lobo Alpha (Rocco, 2006), Kimaera (Jambô, 2009), O Arqueiro e a Feiticeira (Devir, 2003), Aliança dos Povos (Idea, 2007) e Despertar do Dragão (Idea, 2008) - estes três da saga A Caverna de Cristais. Escreveu ainda Código Criatura (seqüência de Lobo Alpha, Rocco, 2009) e o infantil Nanquim (Paulinas, 2008), entre outros.
_________________________________________________

Nenhum comentário:

Postar um comentário