30 de setembro de 2010

Bienal de Design =“OPEN HOUSE” DISCUTE DESIGN ESTRATÉGICO,

O evento, paralelo à Bienal Brasileira de Design, é realizado pelo Senai. Atividades acontecem de 04 a 06 de outubro, no Cietep, em Curitiba.

Será realizado na próxima semana, o “Senai + Design Open House”, evento paralelo à Bienal Brasileira de Design, em Curitiba. Realizado pelo Senai Paraná, o “Open House” é uma série de mesas-redondas, que começa segunda-feira (4) e vai até quarta-feira. O objetivo é mostrar a importância do design para a competitividade das empresas. As atividades acontecem das 19h às 20h30, no Cietep (Av. Comendador Franco, 1341). Inscrições e informações pelo site www.pr.senai.br/senaiempresas

O evento foi formatado por consultores do Senai +Design, uma das áreas de negócios do Senai Empresas (linha de atuação que oferta serviços técnicos e tecnológico às indústrias).

Na segunda-feira, será abordada a influência das tendências como ferramenta para o design estratégico e inovação, através da apresentação de cases de sucesso. Participarão do debate Roberto Galisai, mestre em Design pela Faculdade de Design do Politecnico di Milano, e Dario Caldas, sócio- proprietário do Observatório de Sinais, escritório de macro-tendências e de gestão de marca.

Na terça-feira (05), o assunto em debate será a influência das novas mídias no consumo contemporâneo e as possibilidades de interface entre marcas e o consumidor da era digital. As palestrantes serão a publicitária Silvia Rohrig Natel, responsável pela comunicação do HSBC no Brasil, e a administradora Nelise Zymberg, Sócia Diretora da Zymberg Marketing Direto, empresa de consultoria focada em Marketing de Serviços, Relacionamento (CRM), Marketing Estratégico e Treinamento.


CompetitividadeOutro assunto que será debatido é a competitividade através do design estratégico. Na quarta-feira (06), serão apresentados os cases da empresa Joyful, empresa de confecção de Curitiba que desenvolveu o conceito de moda sustentável. A proposta da Joyful é trabalhar com o conceito da sustentabilidade em todo o processo produtivo, desde o tipo de matéria-prima utilizada para a confecção das roupas até o ponto de venda. “O setor do vestuário enfrenta uma concorrência enorme, principalmente em relação aos produtos chineses. Uma das saídas foi desenvolver uma moda sustentável e, ao mesmo tempo, sofisticada”, explica Adilson Filipaki, diretor da empresa.

Também será apresentado o case da Movelaria Paranista, de Curitiba, que desenvolveu o projeto Design Seguro - linha de móveis para os setores de hotelaria, gastronomia e eventos, que contempla os conceitos de design seguro e estratégias de sustentabilidade. O projeto foi contemplado no Edital de Inovação Senai/Sesi 2009 e desenvolvido em parceria com a área de design do Senai Cietep. O case será apresentado pelo o diretor da Movelaria Paranista, Aurélio Sant’Anna.
__________________________________________

Unicasa investe R$ 12 milhões para criar o Unicasa Corporate

A Unicasa Indústria de Móveis S.A, detentora das marcas Dell Anno, Favorita e New, investiu em um conjunto de máquinas e um software de gestão da produção, inédito no setor moveleiro.

Após investimento de R$ 60 milhões em tecnologia e expansão de seu parque fabril, triplicando a capacidade de produção para 40 mil peças dia, a Unicasa Indústria de Móveis S.A, detentora das marcas Dell Anno, Favorita e New, investiu R$ 12 milhões em um conjunto de máquinas e um software de gestão da produção, inédito no setor moveleiro. A novidade faz parte do plano estratégico da empresa para lançar o Unicasa Corporate, setor que irá atuar com foco no mercado corporativo. As novas tecnologia vão aumentar a eficiência operacional - com redução de estoques, maior flexibilidade de produção e agilidade na entrega.

Desde 2006 estamos atuando no segmento corporativo no Brasil e exterior, mas vimos a oportunidade de atuar de forma mais expressiva para aproveitar o bom momento do setor da construção civil, com lançamentos de prédios comerciais e residenciais, e também do setor de turismo e hotelaria, que terá grande movimentação com a Copa do Mundo”, destaca o presidente da Unicasa, Frank Zietolie.
O desafio da empresa é oferecer soluções customizadas para cada empreendimento com a máxima agilidade. O investimento em novas tecnologias na fábrica irá reduzir em 50% o custo de estoque, ampliar o aproveitamento da matéria-prima para quase 100 e garantir a entrega do produto em 15 dias úteis. “Estamos preparados para atender a demanda e nossa meta é conquistar pelo menos R$ 30 milhões em novos contratos no segmento corporativo em 2010”, diz. Em 2009, o faturamento da Unicasa chegou a R$ 325 milhões e a expectativa para 2010 é crescer 25%.

A diretoria comercial e corporativa da empresa foi assumida por Diego Borges Santo, profissional com ampla experiência no segmento de móveis que terá como um dos seus desafios estruturar a equipe da Unicasa Corporate.

Segundo Santo, este será um projeto ambicioso que conta com equipes específicas em diversos setores da empresa. “Assim como nas demais marcas haverá uma equipe especializada voltada para as necessidades do setor, com foco no desenvolvimento de produto. Esse será um diferencial competitivo”, explica Diego.
_________________________________________________________

Em Gramado, Isabella Fiorentino apresenta nova coleção de relógios Dumont

A modelo, apresentadora e embaixadora da grife Dumont conversou com os convidados, tirou fotos e distribuiu autógrafos durante o evento.

 

Isabela e Amanda Kothe
Em passagem relâmpago pela região Sul, a modelo e apresentadora do Esquadrão da Moda, Isabella Fiorentino esteve na região especialmente para prestigiar o lançamento dos relógios da coleção 2011 da Dumont na Ajorsul, feira de joias e relógios de Gramado, RS.
Embaixadora da marca há um ano, Isabella destaca os modelos coloridos e com pulseiras de borracha como os diferenciais para compor o estilo na próxima estação. “Tem uma pegada mais jovem nos relógios, os materiais e as cores deixam as peças mais descontraídas”, afirma a fashion expert.



A outra paixão de Isabella é o modelo VIP, composto por três catracas cravejadas por cristais, e 3 pulseiras, o relógio permite criar até 9 combinações diferentes de acordo com o visual desejado. “Esta peça tem tudo para se tornar um objeto de desejo entre as mulheres pela facilidade que traz para enfrentar com estilo todos os compromissos do dia-a-dia”, explica a embaixadora.

A coleção traz ainda opções glamourosas para as mulheres, com todo o brilho e graça que os cristais podem agregar aos modelos, e todo o charme do design em estilo retrô, com pulseira esteirinha. E vai do esportivo ao sofisticado entre as peças criadas para compor o visual masculino. http://www.dumont.com.br/   SAC: 0800 – 055 4898
______________________________________

Empreendimento inédito no Brasil conquista Selo CarbonOK


Primeiro condomínio residencial com geração própria de energia eólica no Brasil, o Neo (SC) oferece aos seus futuros proprietários a certeza de que a poluição gerada pela obra foi compensada com o plantio de espécies nativas.


 O condomínio Neo Next Generation anuncia a conquista do Selo CarbonOK, que certifica a compensação de todo o gás carbônico que será emitido ao longo de toda a construção do empreendimento no Novo Campeche, Florianópolis/SC, com conclusão prevista para março de 2012.
No final do mês de setembro, o arquiteto e urbanista Jaques Suchodolski recebeu oficialmente o certificado das mãos do diretor da Ambiens Consultoria Ambiental, Emerílson Emerim.
Primeiro condomínio residencial com geração própria de energia eólica no Brasil, o Neo agora também oferece aos seus futuros proprietários a certeza de que a poluição gerada pela obra foi compensada com o plantio de espécies nativas, que podem ser visitadas no Parque do Córrego Grande na área central de Florianópolis.


www.conceitonext.com.br, www.conceitonext.blogspot.com
___________________________________________________________

28 de setembro de 2010

Evoque em Paris

Range Rover revela instalações urbanas temporárias criadas por quatro artistas parisienses para comemorar a chegada do Range Rover Evoque.


Paris, 28 de Setembro de 2010Hoje alguns dos principais cartões postais de Paris receberão obras de arte inspiradas no Evoque, o mais novo veículo da família Range Rover. A marca trabalhou com renomados artistas parisienses de arte contemporânea, que criaram peças cuja inspiração foi baseada tanto no novo veículo, quanto na capital francesa.

As obras de arte possuem foco em conceitos como luxo, design, sustentabilidade e tecnologia, os mesmos que representam os aspectos mais importantes do novo Evoque.

Criadas por referências em arte moderna na França, como André (AKA Monsieur A), JC/DC, pelo estúdio Surface To Air e por Yorgo Touplas, as peças serão reveladas durante a abertura da Semana de Moda de Paris. As criações de cada um dos artistas foram bastante influenciadas pela cidade. Esses três dias de arte de rua com o Range Rover mostrarão como é a relação de cada um deles com a capital francesa.

Minha representação do luxo se refere à graça, à intimidade e à proteção. São conceitos frequentemente associados aos prazeres de envolver-se em uma peça de vestuário e com o meu trabalho com moda e alta costura personalizada. Minha obra é bastante similar às roupas de luxo, ao transmitir graça e proteção”, explicou o artista JC/DC.

 Cada uma das peças de rua foi construída sobre estruturas de arame que representam o novo Range Rover Evoque em tamanho real. Elas serão colocadas em lugares muito emblemáticos de Paris como o Pompidou Centre e o Palais de Tokyo e ficarão expostas entre os dias 28 e 30 de Setembro, sempre abertas à disposição do público.

Para Gerry McGovern, diretor de design da Land Rover, “o Evoque foi desenhado com um apelo criativo e urbano. Como um legítimo Range Rover, o veículo possui uma impecável capacidade em todos os terrenos e condições climáticas como algumas de suas principais características”.

“A cidade de Paris é a primeira a ver o modelo e nós queremos tornar a sua chegada como um momento marcante com essa série de instalações que resumem o espírito urbano do carro”, complementa o designer.



Lançamento do Range Rover Evoque durante o Salão de Paris

O Range Rover Evoque será oficialmente apresentado durante o Salão de Paris, no próximo dia 30 de Setembro. O novíssimo cross coupe é o menor, mais leve e mais econômico Range Rover já produzido. O modelo terá alcance global, sendo comercializado em mais de 160 países a partir do segundo semestre de 2011.
_________________________________________________


3D MANGÁ PAPER 3D SCULPTURE, em São Paulo

Exposição inédita de mangás é uma das atrações da 8ª Brazil Scrapbooking Show.




Com 25 peças de até 2 m de altura, a exposição, parada obrigatória para os amantes da cultura pop japonesa, traz personagens conhecidos do público, como Naruto, e uma releitura em mangá dos personagens da Turma da Mônica Jovem. Tudo em 3D.




Setembro de 2010 – A 8ª Brazil Scrapbooking Show, que acontece de 6 a 9 de outubro, no Centro de Eventos São Luis – SP, reservou para essa edição uma exposição inédita no Brasil: a Mangá Paper 3D Art Sculpture, resultado da inspiração e criação do artista plástico Vlady, um dos nomes mais conhecidos da arte de registrar momentos e recordações em álbuns ou em qualquer outro elemento que permita o uso de papel. São 25 peças, algumas com até 2 metros de altura, todas elaboradas com papel e cola e em 3D e resultado de quase um ano de um minucioso trabalho de seleção de papeis e colagem.

Segundo Vlady, o paper sculpture, ou escultura em papel, como também é conhecido, utiliza diversos tipos de papel, uns sobre os outros, para dar a impressão de 3D. A chamada pintura seca, feita com lápis de cor e giz de cera, também foi utilizada para complementar o efeito visual. “Dedicamos muito tempo e trabalho para confeccionar essas peças com grande riqueza de detalhes”, diz Vlady. Segundo ele, cada peça da exposição recebeu uma moldura de acordo com o tema e terá iluminação especial para realçar ainda mais a técnica.

A exposição será dividida em temas: infantil, adulto, sensual e espaço Maurício de Sousa, com três obras que homenageiam os personagens do cartunista: Mônica, Magali, Cascão e Cebolinha. Todo o universo da Turma da Mônica Jovem será retratado. Entre os personagens expostos estarão também Naruto, ídolo contemporâneo de adolescentes e adultos, e para os saudositas, A Princesa e o Cavaleiro, um dos primeiros mangás que chegaram ao Brasil, na década de 70.

A exposição será aberta às 11h no dia 6 de outubro, pouco antes da abertura oficial da 8 ª Scrapbooking Show, com decoração e iluminação especiais, tudo para aproximar o público do universo oriental que a exposição retrata.

Serviço:

VIII Brazil Scrapbooking Show

Data: de 6 a 9 de outubro de 2010 (aberto ao público em geral)

Local: Centro de Eventos São Luís – São Paulo / SP

Endereço: Rua Luis Coelho, 323 – Cerqueira César (próximo ao metrô Consolação)
Horário: Das 13h às 20h

Ingresso: R$10,00

Proibida a entrada de menores de 12 anos

Organização: WR São Paulo Feiras e Congressos

Patrocínio: Scrap Sampa, Ateliê do Vlady, Craft & Scrap Brasil, Editora On line.

Mais informações: http://www.brazilscrapbookingshow.com.br/
 http://www.wrsaopaulo.com.br/
______________________________________________

Grafite anuncia lançamento da feira Têxtil House para 2011

Pavilhão do Anhembi, em São Paulo, sediará feira de artigos têxteis para casa, que acontecerá simultaneamente à 43ª House & Gift Fair.


Uma das maiores promotoras de eventos de negócios do Brasil, a Grafite Feiras e Promoções informa ao mercado a promoção e realização de sua mais nova feira, a Têxtil House South America, focada em artigos têxteis para casa, que acontece de 27 a 30 de agosto de 2011, no pavilhão de exposições do Anhembi.

Após cinco anos de constantes ampliações de área e participação de empresas nacionais e internacionais na House & Gift Fair, até então posicionada no mercado como um salão especializado, a Têxtil House ganha status de feira reunindo, em 15.000m² de área de exposição, importantes marcas de artigos têxteis para casa. “É um nicho de mercado que tem se expandido a passos largos, que ganhou força nos últimos anos”, explica o Diretor Executivo da Grafite Feiras, Frederico Cury.

A nova feira ocorrerá paralelamente à 43ª House & Gift Fair que, segundo Cury, é uma estratégia para movimentar a visitação de ambas as feiras, “teremos transporte gratuito, levando os compradores de uma feira à outra, em um trajeto que não levará muito tempo. Assim, os visitantes poderão manter relacionamento e efetivar negócios com muitas empresas de duas feiras diferentes, mas pertencentes ao mesmo segmento”, explica.

compradores e expositores de outros estados também serão beneficiados pela localização da feira, em São Paulo (SP), ideal para realização de eventos internacionais. Capital dos negócios, a cidade possui conexão aérea diária para 26 países e 117 cidades brasileiras e estrangeiras, além de ter a maior rede de hotéis da América Latina.
Assim, empresas de artigos têxteis para casa interessados em participar da Têxtil House South America devem entrar em contato com a promotora do evento, Grafite Feiras e Promoções, pelo telefone (11) 2105-7000.
________________________________________________

Com hora marcada

Timer controla o horário de abertura e fechamento das cortinas e persianas


A tecnologia já assumiu um papel importante no ramo da decoração e da arquitetura. Em ambientes comerciais ou residenciais já são inseridos recursos que trazem mais conforto e praticidade aos usuários. E aí vem os famosos home teathers, os sofás que permitem que o usuário escolha a altura do encosto para deitar, até os motores que controlam a abertura e o fechamento das cortinas e das persianas.
E de olho nesta tendência de mercado que a Emteco Motores, empresa de automatização, já disponibiliza o controle para a movimentação de persianas e cortinas automatizadas com a função timer. Este dispositivo possibilita a programação de um horário para abrir e fechar as cortinas. Além disto, o item da decoração poderá ser utilizado como despertador, pois permite o ajuste da abertura em uma determinada hora da manhã.
Com a função timer pode-se, por exemplo, determinar os horários para o fechamento no período da tarde e assim proteger os móveis e os artigos de decoração dos raios solares que, em excesso e dependendo do material, podem até estragá-los. Outra opção útil é a programação de um horário para fechamento/abertura das persianas e assim simular a presença de uma pessoa no espaço.
____________________________________________________

22 de setembro de 2010

Veículo Elétrico - projeto de professores do Senai na Mostra principal da Bienal de Design

Denominado Trívia, o veículo é um dos destaques na Mostra Design, Inovação e Sustentabilidade, que acontece até 31 de outubro, no Cietep.




O projeto Trívia - veículo elétrico de motorização híbrida, elaborado por professores do Senai Cietep, é um dos 200 projetos expostos na Mostra Design, Inovação e Sustentabilidade, principal exposição da Bienal Brasileira de Design. O projeto propõe o veículo como uma alternativa de transporte para o trânsito caótico das grandes cidades. O sistema combina propulsão humana a um motor de energia sustentável, que não polui e é extremamente econômico. Pouco maior que uma moto, o Trívia possui bagageiro, assento, iluminação, ar e abrigo contra chuva, vento e pó.
No ano passado o projeto Trivia participou do Concurso Mostra Inova-Cidades Inovadoras, realizada pelo Senai e o Sesi Paraná, e ficou em primeiro lugar da modalidade Produto Inovador.

“É uma grande conquista estar entre as referências de design do Brasil”, afirma Felipe Aranega, técnico da área de design do Senai Cietep. Para ele, a participação do projeto na Bienal reforça o diferencial e potencial inovador do Trívia. “Em 2009, garantimos também o primeiro lugar na categoria Concept no IF Design Award, maior prêmio de design no mundo”, diz.

A ideia do Trivia surgiu em 2007, como projeto de conclusão do curso de Design de Produto da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC) de Felipe Aranega e os colegas Sergio Almeida e Felipe Costacurta. O aperfeiçoamento do projeto e a busca de investidores ficou por conta do Senai Cietep.

Um dos diferenciais do Trívia é seu sistema de pedais, (como máquina de “step”) e marchas (como bicicleta), que proporciona a chance de pedalar enquanto dirige, praticando exercício e contribuindo para o rendimento do motor. O veículo alia ainda conforto e segurança, pois possui bancos ergonômicos, ar condicionado, cintos de segurança de três pontos, apoio de cabeça contra impactos traseiros e possibilidade de instalação de airbag.

A Mostra Design, Inovação e Sustentabilidade ficará em exposição até 31 de outubro, no Cietep (Av. Comendador Franco, 1341). A visitação pode ser feita de terça a domingo, das 13h às 20h30, e às quartas-feiras, das 9h às 20h30. Mais informações pelo telefone (41) 3018-7332.
___________________________________________________

"Filatelia pictorica"


______________________________________________________________

Fran´s Café Batel é palco da exposição “Lina Iara Otto”


A mostra reúne as principais obras da artista e fica aberta ao público até novembro.


A partir do dia 23 de setembro os clientes que passarem pela loja Fran´s Café, em Curitiba poderão apreciar as obras da artista plástica Lina Iara Otto. A mostra reúne cerca de doze telas e fica aberta ao público até o mês de novembro.
A curitibana Lina Iara Otto, formada pela Escola de Música e Belas Artes do Paraná, desenvolve peças a partir de desenhos, aquarela e gravura. Seu currículo contempla diversos trabalhos importantes. Entre eles: o caderno cultural Bom Domingo do jornal Correio de Notícias, o Calendário da Rede Ferroviária Federal e o Outdoor “Mais um expoente da Arte do Paraná”, do Colégio Expoente.

A abertura da exposição acontece dia 23 de setembro e os convidados serão recebidos em um coquetel a partir das 19h30, no Fran´s Café Batel, à Rua Gonçalves Dias, 151.




http://www.franscafe.com.br/
Atendimento ao consumidor

11 4196 8680

franscafe@franscafe.com.br
______________________________________________

Hoje - festa de premiação do Master Imobiliário 2010

Mais cobiçado do mercado, o Master contempla os melhores profissionais e empreendimentos dos últimos anos.
Logo mais, às 19 horas, no Clube Atlético Monte Líbano (Av. República do Líbano, 2.267 – Moema - São Paulo). Único e o mais cobiçado do mercado, o Master contempla os melhores profissionais e empreendimentos dos últimos anos. Já se impôs como a maior homenagem que a indústria imobiliária presta aos mestres do mercado brasileiro.
Com o tema "Os diamantes são eternos",  a festa de premiação promete grandes atrações e surpresas. Festa imperdível para mais de 1.500 convidados, entre autoridades, empresários e líderes de entidades ligadas ao mercado imobiliário de todo o País e do exterior. Presenças confirmadas do prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, e do prefeito de São Bernardo do Campo, Luis Marinho. A promoção do Master é da Fiabci/Brasil – o capítulo brasileiro da Federação Internacional das Profissões Imobiliárias, presidido por Ricardo Yazbek – e do Secovi-SP (Sindicato da Habitação), presidido por João Crestana. Lançado em 1994, o Prêmio Master atinge este ano sua 16ª. edição e a marca de 233 laureados, distribuídos entre as categorias Empreendimentos, Profissionais e Hors-Concours.
___________________________________________________

Museu da Casa Brasileira recebe abertura do Kleztival

Mostra de música Klezmer - musica tipicamente judaica, o Kleztival terá a sua abertura no dia 23 de setembro, às 20h, no Museu da Casa Brasileira, instituição vinculada à Secretaria de Estado da Cultura. 

O festival é realizado pelo Instituto da Música Judaica Brasil em diversos espaços culturais de São Paulo.O evento, que conta com coordenação de Frank London e curadoria de Nicole Borger, apresentará em sua noite de abertura os grupos Zamarim, Azdi, Zemer e Frank London. Especialmente para essa data, o restaurante Quinta do Museu terá um menu de comida judaica que poderá ser saboreado por quem fizer reserva prévia.

Sobre os grupos

O Grupo Zamarim atua junto à comunidade judaica desde 1993 e é formado por Renato Epstein (guitarra e voz), Roberto Schkolnick (bateria e voz), Paulo Bento (sopros e voz) e Mauricio Freire (baixo e voz). Apresenta um repertório bastante diversificado tanto nacional como internacional, trabalhando variadas expressões como o Ladino, o Árabe, o Chadíssico, Klezmer, Ídiche e Hebraico.

Grupo brasileiro que recria e toca músicas de origem judaica do Leste Europeu e da Espanha, o Azdi é formado por Tânia Grinberg (voz e kazoo), Daniel Rocha (violão, bandolim e banjo), Leonardo Padovani (violino e viola), Daniel Tauszig (acordeon e piano), Itamar Pereira (contrabaixo) e Rafael Motta (percussão). O grupo canta histórias de amor, da vida cotidiana, histórias universais por meio das músicas cantadas em diferentes idiomas, entre eles, o ídiche, russo e ladino.

O Grupo Zemer tem como eixo principal em seu repertório a música tocada pelos judeus da Europa Oriental em suas festas e comemorações, a música klezmer. Zemer ainda toca canções do repertório dos judeus sefaradim cantadas em ladino e músicas em hebraico, influenciadas pela sonoridade oriental criada em Israel, pelos imigrantes orientais. O Grupo é formado por Neti Szpilman (vocal), Daniela Spielman (flauta e saxes), Lucia Morelenbaum (clarinete), Sheila Zagury (teclados e piano), Mauro Perelmann (violão, arranjos e direção musical) e João Mário (baixo acústico) e Fabiano Salek (percussão).

Frank London, trompetista e compositor, fará uma apresentação juntamente com os grupos Zemer, Azdi e Zamarim. London é uma das figuras mais interessantes do atual renascimento da música judaica e procura expandir o conceito desse estilo de música com grupos New Wave, Big Band e Shekinah Brass Klezmer All-Stars. Com The Klezmatics, ganhou um prêmio Grammy em Contemporary World Music para "Wonder Wheel (letra de Woody Guthrie)". Frank London é conhecido pela influência free jazz na musica judaica e por colocar nas composições suas impressões sobre a política. O trompetista ainda compôs numerosas obras para teatro, dança e cinema.
Serviço
Exposição: “Kleztival”
data: 23 de setembro às 20h

Local: Museu da Casa Brasileira

Endereço: Av. Faria Lima, 2705 - Jardim Paulistano Tel. 3032-3727

Ingresso: entrada livre

Duração: 120 minutos

Capacidade: 230 lugares

Reservas no restaurante Quinta do Museu: tel: 3031.0005

Acesso a portadores de deficiência física.

Visitas orientadas: 3032-2564 agendamento@mcb.org.br

Site: http://www.mcb.org.br/

twitter.com/mcb_org

Estacionamento: de terça a sábado até 30 min. grátis, até 2 horas R$ 8,00, demais horas R$ 2,00.
_________________________________________________________

Odebrecht na expansão do Aeroporto Internacional de Miami

Presente nos Estados Unidos há 20 anos, a Odebrecht acaba de concluir mais uma etapa nas obras de expansão do Terminal Norte do Aeroporto Internacional de Miami.
O Sky Train do Aeroporto Internacional de Miami, nos Estados Unidos, começa a operar nesta semana, conectando extremos de quatros áreas principais do Terminal Norte, em menos de cinco minutos. As quatro estações do trem e os 52 portões que o Sky Train conecta foram construídos pela Odebrecht, responsável por obras de expansão do aeroporto, resultado de um investimento de US$ 2,85 bilhões. Com trens, tecnologia e sistema operado pela Sumitomo Corporation of America e da Mitsubishi Heavy Industries, o Sky Train tem capacidade para transportar até 9 mil pessoas por hora e deve reduzir o tempo de caminhada em até 70% para passageiros com conexões nacionais e 34% para os viajantes internacionais.
Presente nos Estados Unidos há 20 anos, a Odebrecht acaba de concluir mais uma etapa nas obras de expansão do Terminal Norte do Aeroporto Internacional de Miami. Em agosto, foram reabertos 16 portões do antigo Concourse A. O projeto completo inclui 52 novos portões, novas instalações para o departamento de Serviços de Imigração e Cidadania dos EUA, 123 balcões, 119 quiosques de autoatendimento, 72 postos de serviços de inspeção federal, um novo sistema de bagagem capaz de lidar com 45 mil malas por dia, 3,2 quilômetros de escaladas rolantes e tapetes rolantes e uma ampla área destinada a serviços para o usuário. No total são 975 mil m2 em construção e geração de 2.500 vagas. A empresa também foi responsável pelas obras no Terminal Sul, concluídas em 2007. O Aeroporto Internacional de Miami recebe 30 milhões de pessoas por ano, o terceiro maior aeroporto dos Estados Unidos a receber passageiros estrangeiros e está entre os dez maiores do mundo em transporte de carga.
_____________________________________________________

Existem LEDs e leds. VOCÊ PERCEBE A DIFERENÇA?

Artigo - os LEDs  chamam a atenção pela economia de energia, além de não possuírem substâncias prejudiciais ao meio ambiente em sua composição.


*Marcos Santos

Desde o ano passado, quando a União Européia votou uma medida a favor da conservação do planeta, que visa banir até 2012 as lâmpadas incandescentes e promover a substituição por fluorescentes ou LEDs, a questão da diferença entre os produtos disponíveis com essa tecnologia no mercado tem ganhado força. Por lá, esse foi, inclusive, um dos primeiros passos para que os diodos emissores de luz se popularizassem ainda mais.

No Brasil, os LEDs também deixaram de serem vistos apenas como um ponto de luz em aparelhos eletrônicos e ganharam o gosto e a preferência dos lighting designers em seus projetos. Animados com a possibilidade de um fácil retrofit, procedimento de substituição de tecnologias tradicionais sem necessidade de alteração na rede elétrica ou adaptações nos pontos de luz, tanto profissionais quanto consumidores finais buscam cada vez mais pelos LEDs. Sejam em forma de lâmpada (lamp LED) ou em soluções customizáveis, como as fitas ou módulos de LED, há uma nova tendência de mercado despontando no cenário nacional.

Atraentes pela promessa de oferecer uma vida útil de até 50 mil horas (o equivalente a mais de seis anos de funcionamento contínuo), os LEDs também chamam a atenção pela economia de energia, além de não possuírem substâncias prejudiciais ao meio ambiente em sua composição. Esses e outros fatores fazem com que estes produtos gerem outros benefícios como a diminuição da produção de resíduos, fundamental para a preservação do meio ambiente.

Entretanto, enquanto essa tecnologia passa pelo processo de massificação, os consumidores que buscam apenas por preços mais baixos têm sofrido. Isso porque nem sempre economizar, num primeiro momento, é sinônimo de bom negócio, ainda mais quando se fala em tecnologia. Com o resultado final obtido após o uso de produtos de procedência duvidosa e de má qualidade cria-se uma percepção equivocada de que os LEDs não são tão bons quanto se diz. Com durabilidade e pacote de luz reduzidos, estes produtos de procedência duvidosa acabam causando uma má primeira impressão e distorcendo os reais benefícios desta tecnologia.

É necessário ter em mente que as empresas sérias e competitivas, como a OSRAM, investem constantemente no desenvolvimento de produtos cada vez melhores e que superem as expectativas do consumidor. Por isso, lembre-se que às vezes é mais sensato ter um custo inicial mais alto, para que depois não tenha que se preocupar em realizar substituições ou reparos daquilo que parecia ser a melhor opção.

Sem dúvidas, os LEDs representam o que há de mais moderno em termos de tecnologia para iluminação. Sendo assim, não se deixe frustrar por produtos que não correspondem ao que eles poderiam oferecer. Lembre-se do ditado que diz que o barato pode sair caro e valorize seus investimentos, adquirindo sempre produtos de alta qualidade.

*Marcos Santos é engenheiro eletricista, graduado pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (USP) e atua na OSRAM há 21 anos. Ao longo de sua carreira na empresa já trabalhou nas áreas de Vendas, Exportação, Processos e Marketing no Brasil, Alemanha, Equador e Colômbia. Hoje, é gerente de Marketing da OSRAM do Brasil para a linha de LEDs Profissional.
_______________________________________________

Economia de Água - Com a simples substituição do arejador da torneira, a redução do consumo de água pode chegar a 70%

O arejador tem a função de misturar ar à água, possibilitando assim a sensação de maior volume.

São Paulo, 22 de setembro de 2010 – A redução do consumo de água tem sido assunto pautado em todo o mundo. Melhores práticas, tecnologias e produtos têm sido discutidos. Para a Draco, empresa nacional especializada em automação e desenvolvimento de produtos de alto tráfego, “um acessório como arejador de torneira, fácil de instalar e que todos podem ter, é capaz de reduzir o consumo de água em até 70%”, revela Ricardo Dutra, diretor da empresa.

O arejador tem a função de misturar ar à água, possibilitando assim a sensação de maior volume. “A diferença é visível. Uma torneira aberta por 10 segundo dispensa de 1 a 2 litros de água. Já com o arejador da Draco, no mesmo tempo, são utilizados somente 300 ml, com a mesma eficiência e o mesmo conforto para lavagem das mãos”, completa Dutra.

Preocupada com o meio ambiente e também sempre em busca de melhorias para seus clientes, a Draco traz em primeira mão para o mercado brasileiro torneiras com arejadores econômicos, que liberam o jato de água em formato “chuveirinho”. O produto tem sua vazão constante, auto-ajustável, de 1,8 litro por minuto, o que está de acordo com as normas internacionais de uso racional de água.
Para finalizar, Ricardo Dutra explica que “considerando-se que as torneiras são responsáveis de 20% a 30% do consumo, essa redução representará uma economia seguramente de mais de 10% podendo chegar a 20% da conta mensal”.
Para este ano, a Draco pretende lançar mais itens da linha anti-vandálica. Como torneiras a válvulas de descarga com sensor, com características especiais para as reformas dos estádios da Copa 2014. http://www.dracoeletronica.com.br/_
____________________________________

17 de setembro de 2010

Os Modernos Brasileiros + 1 em Curitiba


Exposição inédita no país, realizada pela Planeta Brasil, reúne obras de artistas como Oscar Niemeyer, Gregori Warchavchik, Lasar Segall entre outros importantes designers e aquitetos.



CURITIBA, 17/09/2010 – Começa no dia 23 de setembro a exposição inédita no Brasil Os Modernos Brasileiros +1, no Museu Oscar Niemeyer (MON), em Curitiba. Composta por 58 obras, sendo na maioria peças originais, a mostra reúne objetos nunca expostos ao público e que serviram de base para o design contemporâneo, com conteúdo inédito de modernos designers e arquitetos, que ao longo do tempo se tornaram reconhecidos, não apenas pelo período de vivência no país, mas também por apresentarem uma arte brasileira.
Oscar Niemeyer, Gregori Warchavchik, Lasar Segall, John Graz, Flávio de Carvalho, Vilanova Artigas, Carlo Hauner, Geraldo de Barros, Giuseppe Scapinelli, Jean Gillon, Joaquim Tenreiro, Jorge Zalszupin, Lina Bo Bardi, Michel Arnoult, Sérgio Rodrigues, Zanine Caldas, Ernesto e Georgia Hauner e, Paulo Mendes da Rocha fazem parte dos “Modernos Brasileiros” que terão suas peças expostas, além de Carlos Motta que é o motivo para o título da mostra ter o acréscimo “+1”. Isso porque Motta ficou conhecido como o contemporâneo que se tornou moderno pela aplicação de madeiras recicladas, com marcenaria artesanal, assim como os modernos. Juntamente com esses trabalhos, a mostra representa a memória e história do início do design de mobiliário brasileiro.
Essa é uma antiga idealização da curadora da exposição, Consuelo Cornelsen, juntamente com o arquiteto Paulo Milani e a designer Adriana Adam. Os três criaram em 1985 a Nucleon 8, um corajoso projeto de reedição de móveis criados por artistas, designers e arquitetos como Lasar Segall, Warchavchik, John Graz, Flávio de Carvalho, Lina Bo Bardi, Villanova Artigas e Paulo Mendes da Rocha. Sofisticadas peças foram produzidas em uma coleção de 30 obras entre mobiliário e luminárias, mostrando os primeiros modernos brasileiros. A Nucleon 8 funcionou por três anos em São Paulo, inclusive com filial em Curitiba, mas o pouco entendimento do público sobre o design levou o trio a fechar as portas. “Tudo certo, antes da hora!”, diz Consuelo sobre o projeto.
A maioria desses arquitetos tinha apenas opções para fazer decoração com peças inspiradas no período de “Luízes” e passaram a desenhar seus próprios projetos de móveis para ambientar suas casas modernistas. O grupo pesquisou junto às famílias dos arquitetos e ouviu muitos depoimentos e histórias. Ao comentar isto com Maristela de Mello e Silva, diretora do MON, nasceu a ideia de reunir essas e outras peças em uma mesma exposição.
“O critério de seleção das obras foi o diferencial, não expor o que todos já conhecem”, explica Consuelo. A pesquisa total durou três meses, sendo um mês de seleção em São Paulo, onde a curadora visitou parentes dos artistas e colecionadores de arte. Um trabalho minucioso que teve a ajuda de outros nomes, como Carlos Warchavchik, que participa da curadoria parcial, já que escolheu as peças mais representativas da casa de seu avô Gregori. Esses objetos serviram para três gerações, e foram vistos somente na abertura da Casa Modernista em São Paulo. Já as peças de Michel Arnoult foram escolhidas de dentro da casa de Annick, filha do artista, como por exemplo, a Mesa Lateral, que nunca foi exposta.
Graça Bueno, formada pela Sotheby’s de Londres, diretora da galeria Passado Composto Século XX, que contem um dos maiores acervos de Jean Gillon e Joaquim Tenreiro, também é uma das colaboradoras, com seu expertise para os designers. Entre tantos móveis, Consuelo localizou peças bastante importantes dos dois artistas. E, neste caminho percorrido, a curadora encontrou um grande amigo, Sergio Campos, da Artemobília, pesquisador e colecionador de obras de arte. Com ele, Consuelo, passou dias selecionando móveis em catálogos e revistas para depois encontrar os proprietários. Por toda esta dedicação, conhecimento e entusiasmo, ela o convidou para dividir a curadoria.
A exposição é uma realização da produtora Planeta Brasil, comandada por Consuelo e seu filho, Patrik Cornelsen e, acontece paralelamente a Bienal Brasileira de Design 2010, que também ocorrerá em Curitiba.
Serviço
Quando: Do dia 23 de setembro a 28 de novembro

Onde: MON – Museu Oscar Niemeyer (Rua Marechal Hermes, 999, Centro Cívico, Curitiba)

Horário de atendimento: De terça-feira a domingo das 10h às 18h.

Ingressos: R$ 4 (inteira) e R$ 2 (estudantes identificados). Compra de ingresso até 17h30.

Informações ao público: (41)3350-4400

Realização: Planeta Brasil

________________________________________________

Exposição Os Modernos Brasileiros +1 inaugura na próxima semana

Abertura acontece com conversa informal coordenada pelo pesquisador e colecionador de obras Sergio Campos com participação de Georgia Hauner e Sergio Rodrigues sobre o mobiliário moderno brasileiro.




CURITIBA, 17/09/2010 – A exposição Os Modernos Brasileiros +1, uma idealização de Consuelo Cornelsen, da Planeta Brasil, inaugura na próxima quinta-feira, dia 23 de setembro, no Museu Oscar Niemeyer em Curitiba.

Um dos atrativos da abertura será a palestra ministrada pelo pesquisador e colecionador de arte Sergio Campos da Artemobilia, sobre o tema: “Os modernos brasileiros – história e influência agora”. A palestra é aberta ao público e acontece no pequeno auditório (MON), às 18h.

Após a abertura da mostra, será realizada, a partir das 19h, uma conversa informal, coordenada por Sergio Campos, com a participação de Georgia Hauner, Jean Gillon, Annick Arnoult (filha de Michel Arnoult), Carlos Warchavchik (neto de Gregori), Paulo Mauro, um dos grandes estudiosos sobre Flávio de Carvalho e Gregori Warchavchik, além de Paulo Segall (neto de Lasar Segall) e Graça Bueno, expert em Jean Gillon e Joaquim Tenreiro. O encontro é inédito, assim como a exposição que reúne, pela primeira vez na história, peças dos grandes designers brasileiros.
___________________________________________________


Orbitato é finalista no Prêmio Objeto Brasileiro

Instituto Orbitato participou da 2ª edição do Prêmio Objeto Brasileiro,  com trabalhos realizados pelas mulheres da comunidade da cidade de Pomerode (SC).


O Instituto Orbitato participou da 2ª edição do Prêmio Objeto Brasileiro, www.acasa.org.br, com os trabalhos realizados pelas mulheres da comunidade da cidade de Pomerode na Oficina Mãos Femininas, que faz parte das Usinas Sócio-Criativas. Dentre designers, artesãos, associações e instituições, o prêmio teve 281 inscritos e 398 objetos/projetos de 16 estados do país. O júri foi coordenado por Christian Ullmann e teve como jurados Baba Vacaro, Jum Nakao, Mara Gama e Renata Mendes.

Com descartes têxteis elas criam tanto as capas como também o recheio de almofadas e esse projeto foi um dos selecionados na primeira etapa do Prêmio Objeto Brasileiro, que há dois anos vem premiando iniciativas ligadas ao design e a produção artesanal.

Além de ter um projeto selecionado, o Orbitato comemora a seleção do trabalho de Samira Silva Costa, aluna da segunda turma de pós-graduação em Criação e Desenvolvimento de Produto para Moda e Design. Junto ao Instituto Orbitato, Samira começou a desenvolver peças com a fibra de bananeira(almofada a esquerda) de Corupá/SC, e com muita técnica e conhecimento estético tem feito produtos incríveis.
Agora vamos partir para próxima etapa do Prêmio e estamos bem confiantes no trabalho realizado até o momento, vamos torcer para vencer e continuar a criar novos produtos para as próximas edições do Objeto Brasileiro” avalia Celaine Refosco diretora do Orbitato.
Com sede na cidade de Pomerode, estrategicamente inserido no pólo da indústria têxtil de Santa Catarina, o Orbitato é um Centro de Estudos, em Arquitetura, Moda e Design, que se propõe a articular o relacionamento entre a indústria e as inúmeras forças criativas do mercado, potencializando o surgimento de cultura e inovação.
Sua programação de cursos, oficinas e eventos voltados ao complemento e à especialização dos estudos tradicionais é capaz de reunir em um mesmo espaço profissionais renomados - como Ana Lúcia Niepceron, Suzana Salquin, Ronaldo Fraga, Luis Fernando Campanella, Sandra Harabagi e Jum Nakao - com colaboradores das grandes empresas da região, além de profissionais de criação das mais diferentes áreas e procedências.
http://www.orbitato.com.br/
_________________________________________________ 

Solar do Rosario, em Curitiba, apresenta ...

"Mandalas" do artista Nelson Padrella e Obras de 47 artistas do Atelier Viriato que retrataram a "Chacara Sao Rafel das Laranjeiras".


Exposição “Mandalas” do artista Nelson Padrella




A Galeria de Arte Solar do Rosário abre no próximo domingo dia 19 de setembro a exposição “Mandalas” de Nelson Padrella.

Segundo a critica de arte Maria Cecília Araujo de Noronha Nelson Padrella surpreende pela versatilidade e pela criatividade manifestada nas diferentes formas de expressão” ele é um artista extremamente versátil como escritor, roteirista, desenhista, pintor e escultor.Universalmente a mandala é símbolo de totalidade, integração e harmonia, tudo isso associado à magia da emoção de quem a cria ou a possui.

Registradas em símbolos, formas, traços e cores, as mandalas, em especial as de Nelson Padrella, são experiências transformadas pela criatividade em círculos mágicos de mistério e beleza” afirma Maria Cecília.

Serviço:

Exposição “Mandalas” de Nelson Padrella

Galeria de Arte Solar do Rosário

Abertura dia 19 de setembro, domingo

A exposição ficará ate o dia 02 de outubro

Horário: 11h da manhã
Rua Duque de Caxias, 4 – Largo da Ordem - Curitiba – PR

Tel: (41) 3225-6232  http://www.solardorosario.com.br/

 



Exposição com obras de 47 artistas que retratam a Chácara São Rafael das Laranjeiras


O Solar do Rosário abrirá no próximo domingo dia 19 a exposição de 47 artistas do Atelier Edilson Viriato que retrataram a Chácara São Rafael das Laranjeiras.São pinturas em todas as técnicas, desenhos e fotografias que mostram a beleza natural desse lindo local próximo a Curitiba.
Serviço:


Exposição “Chácara São Rafael das Laranjeiras” com 47 artistas do Atelier Edilson Viriato

Galeria de Arte Solar do Rosário

Abertura dia 19 de setembro, domingo

A exposição ficará ate o dia 02 de outubro

Horário: 11h da manhã

Rua Duque de Caxias, 4 – Largo da Ordem

Curitiba – PR

Tel: (41) 3225-6232

www.solardorosario.com.br
____________________________________________________________
 
* Este computador, aqui na Polonia, nao tem acento.
 

16 de setembro de 2010

Cadeira Butzke na Bienal Brasileira de Design


A cadeira Milano, desenhada pela arquiteta e designer Marina Otte, foi escolhida para integrar uma das mostras da Bienal que traz o tema “Design, Inovação e Sustentabilidade”.

 Voltada para a produção de móveis para o lazer, a Butzke teve um de seus produtos selecionado para exibição na Bienal Brasileira de Design 2010 que acontece de 14 de setembro a 31 de outubro em Curitiba.

A cadeira Milano, desenhada pela arquiteta e designer Marina Otte, foi escolhida para integrar uma das mostras da Bienal que traz o tema “Design, Inovação e Sustentabilidade”, com cerca de 200 outros projetos.

“A Bienal é o evento cultural de design de maior relevância no país. Ter um produto selecionado é sinal de que ele realmente reúne com excelência os atributos desejados pela organização”, destaca Marina.

Com toda a sua produção realizada com madeira certificada de reflorestamento - selo FSC -, o mobiliário Butzke já se encaixa naturalmente dentro da premissa de sustentabilidade da mostra.

No caso específico da cadeira Milano, a peça alia a preocupação ambiental com aspectos de funcionalidade do seu design, que privilegia a menor ocupação possível do espaço e a facilidade de transporte, sem abrir mão do conforto ao usuário.

Neste contexto, o modelo da Butzke é empilhável e pesa apenas 7,5 kg, estabelecendo assim alguns diferenciais significativos em relação às cadeiras similares disponíveis no mercado, que geralmente não são empilháveis e costumam pesar entre 10 kg e 15 kg.

A designer, que procurou suavizar o uso da madeira e arredondar as bordas da cadeira, avalia que a economia no uso da matéria-prima não representa uma perda estética de um produto durável de madeira.
“Conseguimos uma solução que permitiu ao móvel manter uma aparência robusta e segura, e ainda assim ser facilmente transportado e manuseado dentro dos mais diversos ambientes”, conclui Marina.


Preço sugerido: R$ 398,00 acabamento stain e R$ 558,00 acabamento em laca.

Site oficial do evento: http://www.bienalbrasileiradedesign.com.br/bienal2010/

Fundada em 1899, a Butzke possui uma linha completa de móveis para o lazer, produzidos com madeira de reflorestamento, certificada com o selo verde FSC. Localizada em Timbó (SC), a produção da empresa é comercializada em todo o território nacional e exportada para mais de 30 países.
http://www.butzke.com.br/
______________________________________________

Visita Guiada a 29ª Bienal de São Paulo

Para entender melhor uma exposição do tamanho e importância da 29° Bienal de Arte de São Paulo a Escola São Paulo organiza uma visita guiada com o acompanhamento da artista e curadora Carla Zaccagnini.


Data: dia 21 de outubro
Horário: das 10h às 13h
1 aula - 3 horas
Preço: R$ 150
Informações e Inscrições:
Escola São Paulo, www.escolasaopaulo.org
Rua Augusta, 2239
(11) 3060.3636


Para entender melhor uma exposição do tamanho e importância da 29° Bienal de Arte de São Paulo a Escola São Paulo organiza uma visita guiada com o acompanhamento da artista e curadora Carla Zaccagnini para análise de obras e discussão sobre as estratégias adotadas para a abordagem do tema da mostra,bem como sobre a montagem e relação espaciale conceitual entre as obras. Nível: básico


Sobre a Bienal

A 29ª Bienal de São Paulo, que acontece de 25 setembro a 12 dezembro 2010, está ancorada na ideia de que é impossível separar a arte da política. Essa impossibilidade se expressa no fato de que a arte, por meios que lhes são próprios, é capaz de interromper as coordenadas sensoriais com que entendemos e habitamos o mundo, inserindo nele temas e atitudes que ali não cabiam e tornando-o, assim, diferente e mais largo.

Carla Zaccagnini

Artista plástica, crítica e curadora. Membro do corpo editorial da revista “Número” e colaboradora da “Flash Art”. Seu trabalho é representado pelas galerias Vermelho (São Paulo) e Joan Prats (Barcelona). Até março de 2009 foi diretora da Divisão de Curadoria e Programação e curadora de Artes Visuais do Centro Cultural São Paulo. Participou da 28ª Bienal de São Paulo, da Trienal Poligráfica de San Juan América Latina y el Caribe e das exposições MAM 60 anos e Cover, ambas no Museu de Arte Moderna de São Paulo. Em 2008, realizou as mostras individuais Bifurcações e Encruzilhadas (Galeria Vermelho) e No. It Is Opposition (Art Gallery of York University, Toronto)._________________________________________________


11 de setembro de 2010

Aviso aos (web) navegantes

Viagem em busca de minhas raízes. Mas o Artetecta continua!


Durante o periodo de 12 de setembro a 12 de outubro estarei em viagem pela Polônia e Alemanha, em busca de minhas raízes. As postagens serão feitas com um intervalo maior, não serão mais diárias por causa dos deslocamentos. Mas continuarei postando, portando assessorias podem continuar enviando suas pautas/matérias que, na medida do possível, irei colocando no site.
Aproveito para agradecer a tantos assessores de imprensa que fazem um trabalho tão legal e, acima de tudo profissional, e embora não conheça o pessoal de São Paulo, Rio, Fortaleza, Florianópolis, Porto Alegre, Belo Horizonte e de muitos outros lugares de onde recebo material para o site,  aprendi a gostar de vocês, sempre tão simpáticos e que sempre respondem as matérias postadas com um muito obrigado e palavras de incentivo, o que não é necessário, mas é muito bem vindo e nos faz continuar. Valeu!
__________________________________________________

MOVELARIA PARANISTA LANÇA LINHA “DESIGN SEGURO” NA EQUIPOTEL 2010


O projeto da empresa foi contemplado no Edital Inovação Senai/Sesi 2009 e desenvolvido em parceria com o Senai Paraná.

Mesa Mangue e cadeira Camaleão
 A Movelaria Paranista, de Curitiba, lança segunda-feira (13), em São Paulo, durante a Equipotel 2010 - maior feira de hotelaria e gastronomia da América Latina - sua linha de produtos do Projeto Design Seguro - linha de móveis para os setores de hotelaria, gastronomia e eventos, que contemple os conceitos de design seguro e estratégias de sustentabilidade. O projeto foi contemplado no Edital de Inovação Senai/Sesi 2009 e desenvolvido em parceria com a área de design do Senai Cietep.
“O Senai Paraná teve um papel muito importante no desenvolvimento do projeto, estando presente em todas as etapas”, afirma o diretor da Movelaria Paranista, Aurélio Sant’Anna. O projeto também teve o apoio do Senai Nacional, do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), da Universidade Federal do Paraná (UFPR) e da Polícia Militar do Paraná. Os técnicos da área de design do Senai Cietep, Marcelo Azevedo e Felipe Aranega participarão do lançamento dos produto, na Equipotel.

Anti-furto
O principal diferencial do projeto é o de produtos que contribuam para a redução de furtos e a ampliação da segurança nos espaços de gastronomia, eventos e meios de hospedagem. “Desenvolvemos móveis com um design que dificultam as ações delituosas como furtos de bolsas e objetos pessoais”, explica Sant’Anna.
Os destaques desta linha são a Cadeira Orvalho, que possui uma “gota” para pendurar e prender a bolsa na cadeira, e a mesa Vai e Vem, com ganchos para pendurar os pertences dos usuários, evitando o furto por terceiros. Há também a Mesa Mangue, com espaço para colocar carteiras e celulares entre os dois tampos de vidro.
Sustentabilidade – A Movelaria Paranista trabalha com os aspectos da sustentabilidade em todas as etapas, desde a pré-produção, fabricação, distribuição, uso e reciclagem. “Um dos resultados deste trabalho foi a redução dos impactos ambientais, uma vez que a empresa utiliza 70% de espuma reaproveitada de resíduos do fornecedor, ao invés e espuma virgem, e utiliza resíduos do próprio processo produtivo ao invés de MDF”, observa Sant’Anna.
Segundo o diretor da empresa, o mercado de hotelaria e gastronomia exige a troca de decoração, inclusive mesas e cadeiras, a cada cinco anos. “Isso gera um grande volume de lixo, pois todas as cadeiras são descartadas e é necessário mais madeira para produzir novos produtos”, diz.
A Cadeira Camaleão, carro chefe desta linha de produtos, é facilmente adaptável a novas decorações, exigências estéticas e culturais. “Nossa proposta é produzir cadeiras que duram mais e são ambientalmente corretas, uma vez que, ao invés de descartar toda a cadeira, você troca apenas o encosto. É bom para o meio ambiente e economicamente viável para o comprador”, afirma o diretor.

*Foto: Divulgação Movelaria Paranista
__________________________________________
 

FIBRA É DESTAQUE NO MOBILIÁRIO DA MOSTRA ARTEFACTO

Peças trançadas à mão conferem exclusividade aos ambientes.

               Ivan Wodzinsky utilizou poltronas e chaises brancas de malaca*
O mobiliário em fibra é uma forte tendência nos ambientes expostos na 9.ª Mostra Artefacto Curitiba / Aymoré Financiamentos. O material ganhou destaque em diversos projetos, a partir da composição e do contraste com diferentes elementos. Entre as peças da Artefacto, a malaca, a fibra natural e a sintética estão presentes em cadeiras, chaises, mesas de centro, poltronas e pufes com tramas, texturas e cores variadas.

Os arquitetos Ivan Wodzinsky, Jorge Elmor, Yara Mendes, Isabella Marinho e Siomara Setti, juntamente com a decoradora Ângela Russi, apostaram no material para os ambientes que criaram na Mostra. Ivan Wodzinsky utilizou poltronas e chaises brancas de malaca que se integraram aos revestimentos pretos presentes no jardim integrado ao loft, espaço intimista e moderno inspirado na contemporaneidade das grandes metrópoles. Na área interna do ambiente, a fibra se apresenta em tons amadeirados nas poltronas e nas mesas de centro. Jorge Elmor aproveitou o material para o loft urbano marcado pelos contrastes. A cadeira e a mesa de fibra trazem um ar despojado e aconchegante na composição, que “dialoga” com materiais nobres como a pedra limestone, a lâmina de nogueira americana e obras de arte.






Na área de estar externo de Isabella Marinho e Siomara Setti (foto acima), o mobiliário de malaca azul escuro trouxe harmonia ao ambiente onde predomina a cor branca - com destaque aos ladrilhos hidráulicos no piso – dando ao ambiente um efeito confortável e aconchegante. Yara Mendes utiliza pufes de fibra escura na vitrine interna da Mostra marcada pela a composição de preto e branco. 


O apartamento com estilo curitibano criado pela decoradora Ângela Russi, em parceria com Patricia Borba de Paula Soares e Daniele Lopes, (ao lado) também ganha um toque de aconchego com os pufes de fibra. As peças seguem o tom amadeirado predominante no mobiliário e nas paredes.


Para a gerente da Artefacto, Ingrid Moskalewski, a utilização de materiais com fibra na decoração valoriza os ambientes, pois traz um toque despojado aos projetos e até mesmo características rústicas às decorações mais sofisticadas. Outra contribuição do material para o espaço é o aconchego criado pela presença desta matéria prima que é semelhante à madeira. De acordo com ela, o processo de fabricação das peças é mais um diferencial. Cada móvel é produzido manualmente pelos artesãos da Artefacto - de acordo com uma série de especificações de tamanhos e design -, o que confere exclusividade ao material. “As peças de fibra são trançadas à mão, uma a uma, sendo assim uma peça única, uma obra de arte. O trabalho manual também remete ao sentimento de carinho”, afirma.


Mostra Artefacto
A 9.ª Mostra Artefacto Curitiba / Aymoré Financiamentos ficará aberta durante 11 meses, entre agosto de 2010 e junho de 2011. O evento apresenta os projetos de 14 ambientes fixos e duas vitrines que serão trocadas durante a exposição. Participam da Mostra 23 profissionais: Ângela Russi, Patricia Borba de Paula Soares e Daniele Lopes, Cristiane Daros, Daniela Barranco Omairi e Deisy Cruz, Eduardo Petry, Elizabeth Choueri, Ines Jeiss, Isabella Marinho e Siomara Setti, Ivan Wodzinsky, Jayme Bernardo, Jocymara Nicolau e Andréa Posonski, Jorge Elmor, Laudicéia Comelli, Mônica Belich Katz e Giuliana Soncin, Sergio Valliatti Jr. e Luciana Patrão, Rosa Dalledone, Yara Mendes.



*Fotos: Renato Elkis/ Alvaro Elkis

_____________________________________________