19 de janeiro de 2011

29ª Oficina de Música de Curitiba dá inicio a fase de Música Popular Brasileira.


Entre os destaques estão as apresentações de Edu Lobo com o show Tantas Marés, no dia 22 (sábado), no Teatro Positivo Grande Auditório, e a Orquestra À Base de Corda, que convida Zeca Baleiro, no dia 23 (domingo), no Guairão.


Nesta quinta-feira (20), a 29ª Oficina de Música de Curitiba dá inicio a sua segunda fase, de Música Popular Brasileira. Até o dia 29 de janeiro, a cidade receberá grandes nomes da MPB, em cerca de 30 apresentações. Entre os destaques estão as apresentações de Edu Lobo (foto) com o show Tantas Marés, no dia 22 (sábado), no Teatro Positivo Grande Auditório, e a Orquestra À Base de Corda, que convida Zeca Baleiro, no dia 23 (domingo), no Guairão. Além deles, Toninho Ferrragutti, Ricardo Takahashi, Maira Morais, Adriana Schincariol, Raiff Dantas Barreto, Zé Alexandre Carvalho, Paquito de Rivera e Leny Andrade também marcam presença em Curitiba.
Além de diversos cursos e atrações da Música Popular Brasileira, haverá um núcleo dedicado à música latino-americana, que reúne alguns dos grandes talentos da música do Peru, Bolívia, Colômbia e Venezuela. Na programação, também estão bate-papos com Roberto Muggiati, entrevistando Alice Ruiz, Raul de Souza e Sylvio Back.
Nas oficinas, os alunos terão cursos de baixo elétrico e acústico com um dos maiores baixistas do Brasil, Marcelo Mariano, violão e suas cordas soltas com Marcel Powell, além de aulas de clarinete, bandolim, cavaquinho, flauta, barbatuques, bateria, pandeirada brasileira, entre outras.
Como em anos anteriores, haverá um núcleo de música e tecnologia, com a participação desta vez de Mário Manga (oficina de trilhas) e Christian Lohr (professional situations), da Alemanha. Outro estrangeiro na MPB será Marco Fada, da Itália, responsável pelo curso “Percussão no mundo”. No núcleo de música latino-americana estarão Rafael Santa Cruz (Peru), Edmar Castañeda (Colômbia), Aquiles Baez (Venezuela) e Álvaro Montenegro (Bolívia), que farão as oficinas de instrumentos típicos, como cajon peruano. No dia 27, às 21h, esses professores se apresentam na Noite Latino-americana, no Teatro Guaíra.
Realizada pela Prefeitura Municipal de Curitiba, Fundação Cultural de Curitiba (FCC) e Instituto Curitiba de Arte e Cultura (ICAC), com patrocínio da Petrobras, a 29ª Oficina de Música de Curitiba trabalha com diferentes formações e é o maior e mais antigo evento do gênero na América Latina. A proposta do projeto é descobrir e contribuir para a formação de novos talentos. Ao todo, aproximadamente 1,5 mil alunos participam da programação. Durante vinte dias, professores, estudantes e público convivem em aulas, ensaios e apresentações diárias, que resultam em um trabalho de muita qualidade e diversidade, que pode ser conferido nas apresentações. A programação completa está no site www.oficinademusica.org.br
1ª Fase da Oficina de Música de Curitiba
A primeira fase da Oficina, focada em música Erudita e Antiga, que se encerra nesta quarta-feira (19), reuniu professores e alunos diversos países diferentes e de outros estados do Brasil. Participaram das aulas e dos concertos: a Orquestra do Algarve (Portugal); Fry Street Quartet (Estados Unidos); o regente Matthew George, que dirige o Departamento de Música da Universidade de St. Thomas (Minnesota – EUA) e atuou como diretor artístico dos Jogos Olímpicos de Pequim, em 2008; o saxofonista Leo Gandelmann, um dos mais influentes músicos do Brasil; o tubista Eliezer Rodrigues, da Orquestra Sinfônica Brasileira e Petrobras Sinfônica; a harpista escocesa Jennifer Campbell, que integra a Orquestra Sinfônica Brasileira; entre outros.
Serviço
Ingresso: Os alunos inscritos nos cursos têm entrada gratuita nos concertos. Para o público em geral, os ingressos custam R$ 15 ou R$ 7,50 mais um quilo de alimento. Somente os shows de Edu Lobo (22), Zeca Baleiro (23) e “Leni Andrade (29), Paquito de Rivera e Trio Corrente” custam R$ 30 e R$15 e acontecem às 21h.
Venda: Edu Lobo – Disk Ingressos – 33150808
Zeca Baleiro e “Leni Andrade, Paquito de Rivera e Trio Corrente – Venda a partir do dia 21, a partir do meio-dia na bilheteria do Guairão.
Realização: Prefeitura Municipal de Curitiba, Fundação Cultural de Curitiba (FCC) e Instituto Curitiba de Arte e Cultura (ICAC)
Patrocínio: Petrobras
_____________________________________________________

Nenhum comentário:

Postar um comentário