16 de fevereiro de 2011

Portugal - São Paulo: Sem pé


A Casa Triângulo, em São Paulo, apresenta exposição dos artistas portugueses Mauro Cerqueira e Nuno Sousa Vieira.



De 22 de fevereiro a 12 de março de 2011, a galeria Casa Triângulo tem o prazer de apresentar a primeira mostra individual no Brasil dos artistas portugueses Mauro Cerqueira e Nuno Sousa Vieira, intitulada Sem Pé.

A exposição é a etapa final de uma residência dos jovens artistas portugueses no Ateliê Fidalga, a convite de Albano Afonso e Sandra Cinto.
Apresentados conjuntamente, os trabalhos de Mauro Cerqueira e de Nuno Sousa Vieira revelam algumas características e questões comuns, ainda que partindo de premissas e procedimentos bem distintos. Preocupações com a produção artística, fabril e arquitetônica, e particularmente com o excesso de produção, com os participantes e executantes desta produção (como o visitante da galeria, o operário ou o habitante da cidade) e especialmente com o abandono e a obsolescência a que se condenam determinadas estruturas e profissionais, os seus trabalhos revelam e exploram a tensão, fragilidade e precariedade da sociedade atual. 
Os artistas também estão em cartaz com a mostra intitulada Pé Esquerdo, na Galeria Nuno Centeno, Porto/Portugal. 
Sobre Mauro Cerqueira
Mauro Cerqueira (Guimarães/Portugal, 1982. Vive e trabalha no Porto/Portugal).
Exposições individuais: Pé Esquerdo (com Nuno Sousa Vieira), Galeria Nuno Centeno, Porto/Portugal (em 2011); Serin e as Trepadeiras, Laboratório das Artes, Guimarães/Portugal;Engoliu a Espinha e Foi Operado Para o Poderem Enforcar no Dia Seguinte, curador: Adriano Pedrosa, Solo Projects - Arco Art Fair, Madrid/Espanha e Jim, Galeria Graça Brandão, Lisboa/Portugal (em 2010); Sua Boca, Aberta Para Gritar, Estava Cheia de Terra, Kunsthalle Lissabon, Lisboa/Portugal (em 2009).
Sobre Nuno Sousa Vieira 
Nuno Sousa Vieira (Leiria/Portugal, 1971. Vive e trabalha em Leiria e Lisboa/Portugal).
Exposições individuais: Pé Esquerdo(com Mauro Cerqueira), Galeria Nuno Centeno, Porto/Portugal (em 2011); Galeria Graça Brandão, Lisboa/Portugal; Haben Gegenstände ein Gedächtnis,Deutschlandpremieren, Quadriennale de Dusseldorf 2010, Hans Mayer Gallery, Dusseldorf/Alemanha; Newlyn Art Gallery, Don't Underestimate the Impact of the Workplace, (curadoria de MA Curatorial Practice, na University College Falmouth), Newlyn, Inglaterra; Solo Project - Arco 2010, PT, Posto de transformação, (curadoria de Jacopo Crivelli Visconti), Madrid/Espanha (em 2010)Kunsthalle Lissabon, X-Office for a Sculpture (curadoria de João Mourão e Luís Silva), Lisboa/Portugal; Carpe Diem, Chão Morto, (curadoria de Paulo Reis), Lisboa/Portugal; To Draw An Escape Plan, Galeria Graça Brandão, Lisboa/Portugal (em 2009).
Casa Triângulo | Rua Paes de Araujo 77 | São Paulo | Brazil
_________________________________________________ 

Nenhum comentário:

Postar um comentário