27 de abril de 2011

Fábio Assunção e Theodoro Fontes comentam filmes brasileiros que buscam o topo no Festival


Brasileiros que compõem o júri oficial do 4º Los Angeles Brazilian Film Festival falam sobre a importância do evento e contam quais são as expectativas para o futuro do cinema nacional.

A tarefa de avaliar os filmes que competem pelos nove prêmios do 4º Los Angeles Brazilian Film Festival – LABRFF 2011 - está nas mãos de fortes nomes do mercado cinematográfico brasileiro e norte-americano. 
Neste ano, o júri oficial será presidido pelo produtor Theodoro Fontes, que ficará a cargo de analisar e escolher os melhores em cada categoria. Os outros profissionais que completam a banca de jurados são Fabio Assunção, renomado ator e produtor brasileiro, Brent Travers (norte-americano, produtor e gerenciador de carreira de atores, como Wagner Moura), Carl Franklin (norte-americano e diretor) e Gale Tattersall (norte-americano e diretor de fotografia).
“Recebemos com muita honra a notícia de acolhimento ao nosso convite de todos os profissionais que compõem o júri. Todos eles terão um papel crucial na avaliação dos filmes e escolhas dos premiados”, atesta Meire Fernandes, co-fundadora do festival.
Theodoro Fontes, um dos escolhidos para a tarefa de julgar as produções apresentadas no festival, demonstra entusiasmo ao falar do LABRFF. Ele afirma que “a atual produção brasileira está em um momento extraordinário” e também diz ter boas expectativas para os rumos que o cinema brasileiro deve tomar. Sobre a participação no evento, comenta: “esse festival é a abertura de uma porta importante para trabalhos feitos por cineastas brasileiros. Estamos em Los Angeles, capital mundial do cinema”.

Foto:Karina Tavares
Ator e produtor com 11 filmes e 9 peças de teatro no portfólio, Fabio Assunção (foto) também dá sua opinião sobre o LABRFF: 
“A expectativa é mais uma vez o Brasil muito bem representado nos EUA e diversão garantida ao público do festival. Fabio diz considerar a atual produção cinematográfica brasileira “tecnicamente extraordinária”, e acredita que a importância do LABRFF para o cinema nacional é “revelar novos grandes nomes, marcar território na terra do cinema e intercâmbio cultural”.
O 4º LABRFF acontece de 27 a 30 de abril, no The Landmark Theatre, em Los Angeles, e está comemorando o futuro do Cinema Brasileiro através de uma mostra-tributo inédita de filmes de novos diretores, como o promissor Caio Sóh.
_______________________________________________

Nenhum comentário:

Postar um comentário