14 de abril de 2011

“Teus Olhos Meus” abre o 4º Los Angeles Brazilian Film Festival


Produção dirigida por Caio Sóh e com trilha sonora de Maria Gadú tem estreia mundial no LABRFF 2011 no dia 27 e foi escolhida para dar as boas-vindas aos atores, produtores, diretores e profissionais do mercado cinematográfico que estarão no Red Carpet do festival.

O 4º Los Angeles Brazilian Film Festival - LABRFF 2011 - acontece de 27 a 30 de abril, no The Landmark Theatre, Westside Pavilion, em Los Angeles (EUA). E o filme escolhido para a noite de gala de abertura do LABRFF 2011 é “Teus olhos meus”, do diretor Caio Sóh e com elenco formado por Emílio Dantas, Paloma Duarte, Remo Rocha e Roberto Bomtempo. Caio ganhou representatividade como ator ao atuar na minissérie “Maysa”, sucesso da Rede Globo em 2009.
Satisfeito com a indicação de seu longa-metragem para a abertura do festival, Caio Sóh comenta a importância da participação no evento: 

“Fico extremante acariciado em ter o filme selecionado  para abrir  o festival LABRFF,  por admirar o incentivo de todo movimento a favor de dilatar a arte e a cultura brasileira pelo mundo e, principalmente, por ter sido surpreendido com o presente da postura de instigação do festival em escolher um filme realizado completamente independente, com mínimos recursos, movido apenas pelo anseio de experimentar cinema. Espero que ‘Teus Olhos Meus’, primeiro projeto da trilogia do ‘Movimento de Cinema Bruto’, cumpra com dignidade esse gentil desafio de abrir as cortinas desse bravo serviço à arte brasileira que é o LABRFF.


Destaque também para a trilha sonora do filme, feita pela cantora e compositora Maria Gadú, que ganhou projeção nacional com o hit “Shimbalaiê”, incluída na novela Viver a Vida, exibida em 2009. Outros sucessos como “Linda Rosa” e “Ne Me Quitte Pas” (do compositor belga Jacques Brel) fazem parte do repertório de Gadú, que já dividiu o palco com Caetano Veloso, Gilberto Gil e Milton Nascimento.
Co-fundadora do LABRFF, Meire Fernandes explica a visão que tem de "Teus Olhos Meus": “O filme trata da realidade de um jovem que tem sua vida virada de cabeça para baixo ao ser posto para fora de casa pelo seu tio. A rua como uma metáfora para a vida é onde o jovem irá descobrir suas capacidades, limitações e se deparar com a chance de se envolver em um relacionamento verdadeiro, no qual existem a compreensão e o carinho que não encontrou em outros braços.
Os idealizadores do festival, Nazareno Paulo e Meire Fernandes, buscaram neste ano homenagear o futuro do cinema brasileiro através do slogan “Embracing the future of Brazilian Cinema”, que em português quer dizer “Abraçando o futuro do cinema brasileiro”. “Quisemos dar uma face nova ao momento atual que o cinema nacional está vivendo, por isso escolhemos uma personalidade do mundo artístico que expressa modernidade, inteligência e atitude”, esclarece Paulo.
“Acreditamos que a partir de 2011 um novo mercado esteja se descortinando para o cinema brasileiro e com uma série de novos desafios no futuro. Desafios que passam por questões relacionadas a tecnologias, novas plataformas e formatos de exibição, distribuição e direitos autorais. Por este motivo estamos celebrando e abraçando o futuro do cinema brasileiro, que desejamos ser o mais promissor de todos os tempos, declara Meire Fernandes.
http://youtu.be/0uJ0qRkm5UU
_______________________________________________________________

Nenhum comentário:

Postar um comentário