3 de agosto de 2011

“Gravart” a arte surge sobre gravatas pelas mãos de Roberto Camasmie

Depois de foullards, lenços e echarpes, a gravata foi escolhida para ser a protagonista da vez para a exposição que Roberto Camasmie abre hoje em sua galeria, nos Jardins, em São Paulo.



Técnica mista, com pigmentos especiais para seda e voilá...
 as gravatas são obra de arte.
De gravata + arte = Gravart, a exposição reúne 50 peças em seda italiana que a Spring Cravatterie, tradicional empresa de gravatas, confeccionou à mão. Cada uma das peças foi pintada, numerada e assinada pelo artista que é conhecido por retratar celebridades.
Camasmie utilizou técnica mista, empregando pigmentos especiais para seda e transformar as gravatas em obra de arte.

Para obter um visual totalmente diferenciado em um trabalho já tão exclusivo, Roberto se inspirou em diferentes elementos que permeiam desde a escola expressionista de Henri Matisse e Van Gogh e em diferentes imagens da arte africana e indígena, como animais e flores exóticas.
Sobre Roberto Camasmie
O paulista Roberto Camasmie iniciou sua carreira eternizando as socialites paulistas da década de 60 em retratos feitos à mão. O trabalho do artista plástico brasileiro conquistou a Europa já na mesma época e sempre surpreendeu a todos pela criatividade e originalidade em produzir sua arte com ineditismo, em diversos materiais.
Jacqueline Onassis, Sophia Loren, Catherine Deneuve e Diane Von Furstenberg, além de rainhas e princesas, entre elas Diana, estão entre as personalidades retratadas por Camasmie, que já esteve entre indicados para o “Who' s Who”, um dos dicionários mais famosos do mundo onde são citadas as personalidades mais conhecidas na arte e na moda. No Brasil, a história do país também leva os traços de Roberto, que produziu inúmeros retratos de presidentes, políticos e grandes personalidades. Além dos retratos, Roberto Camasmie tem sua trajetória marcada por bonecas, flores, animais, cidades brasileiras e releituras arrojadas de obras que marcaram os séculos XVI e XVII e as telas a óleo, inspiradas nas Escolas Holandesa, Flamenga e Veneziana. “Sou um artista que está sempre buscando o novo. Utilizo com muita freqüência técnica mista, onde tenho a liberdade de usar vários materiais, desde tintas a objetos, recortes colagem etc.” diz o artista, que este ano comemora 40 anos de sucesso das suas pinceladas!


Serviço
Exposição Gravart
Espaço Roberto Camasmie
Dia: a partir de 04 de agosto de 2011
Horário: de segunda à sexta das 09h30 às 18h30 e sábados das 10h30 às 14h
Endereço: Rua Bela Cintra,
1.992 - São Paulo - SP

http://www.mdassessoriacom.com.br/blog/artigos/gravart
____________________________________________

Nenhum comentário:

Postar um comentário