2 de agosto de 2011

Lopes compra Imobiliária Pronto Condessa de SP


Com valor estimado em R$ 4,9 milhões, operação expande liderança da Pronto e da Lopes na Zona Norte da capital paulista.
Detentora das marcas Lopes, Pronto, Habiticasa e Patrimóvel, a LPS Brasil, maior empresa de intermediação e consultoria de lançamentos imobiliários, adquire o controle acionário da Pronto Condessa, imobiliária com sede no bairro paulistano de Santana, na Zona Norte, por R$ 4,9 milhões.
 Ainda dentro do acordo de aquisição, a nova empresa passa a oferecer os serviços da CrediProntojoint venture do Itaú e Lopes especializada em financiamentos imobiliários. Com a operação, a CrediPronto passa também a ser a detentora exclusiva dos financiamentos da Pronto Condessa, ampliando sua plataforma de atuação no mercado.
A aquisição faz parte da estratégia da LPS Brasil para consolidar a marca Pronto como líder absoluta no Brasil na comercialização de imóveis prontos e de terceiros. “Com essa aquisição, fortalecemos a rede Pronto e também consolidamos nossa bandeira em um mercado com bastante especificidade e previsão de crescimento”, afirma Marcello Leone, diretor de Relações com Investidores do Grupo LPS. 
Com uma grande demanda no segmento imobiliário, a Zona Norte da capital, apesar do grande número de lançamentos nos últimos três anos, tem poucas unidades em estoque, menos de 4%.
 
Aquisições
Com uma estratégia agressiva para conquistar mercado, tanto por crescimento natural, quanto por aquisições, a LPS Brasil já coleciona há alguns anos algumas compras tanto no mercado primário quanto no secundário desde seu IPO em 2006. 
No mercado primário: no Sudeste adquiriu em São Paulo a Cappucci & Bauer, em 2007 em Campinas, a Patrimóvel no Rio de Janeiro em 2010 e a Actual, no Espírito Santo em 2007. Na região Sul, adquiriu a Dirani, em 2007. No Distrito Federal, fez a aquisição da Royal em 2007. Na região Nordeste, no Pernambuco adquiriu a Sergio Miranda, em 2007 e, ainda a Immobilis, em 2008, no Ceará e Rio Grande do Norte. 
No mercado secundário: em 2010 a LPS Brasil adquiriu a VNC, a Maber, a Plus e a Local, todas em São Paulo. No Rio de Janeiro adquiriu a Self Imóveis, também em 2010. E agora, na região Sul, acaba de adquirir a Ducati e a paranaense Thá Pronto. Em 2011, além da Thá em Curitiba, soma a compra da Erwin Maack, em São Paulo, e AçãoDall’Oca, em Brasília.
_________________________________________
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário