28 de setembro de 2011

Contrastes e diferenças inspiram trabalhos de Sila Lima

A exposição "Zona D: Contrastes",  reúne obras da artista no Salão Brasil do Memorial de Curitiba.   Sila Lima apresenta fotografias e instalações que sintetizam intervenções e estudos imagéticos realizados em ferros velhos e demolidoras da região metropolitana de Curitiba.
A reflexão sobre a importância das diferenças, em todas as suas possibilidades, permeia a exposição "Zona D: Contrastes", que reúne obras de Sila Lima, no Salão Brasil do Memorial de Curitiba.  Artista de múltiplas linguagens, nessa mostra Sila Lima apresenta ao público fotografias e instalações que sintetizam intervenções e estudos imagéticos realizados em ferros velhos e demolidoras da região metropolitana de Curitiba.
A artista revela em suas criações a preocupação com o consumo desenfreado das últimas décadas e a busca pela sustentabilidade, reinvenção e reciclagem, paralelamente à preservação dos valores do indivíduo. Sila enfatiza o respeito à diversidade nas tomadas de decisões e posicionamentos diante da realidade. Nesta atmosfera de conexões, Sila convidou a artista argentina Gabriela Jardi para participar da mostra, já que seus trabalhos revelam a mesma inspiração e se complementam.
Para Sila, as diferenças também são fundamentais na criação artística e, para evidenciar os contrastes, utiliza texturas que transmitem sensações diversas, como a superfície da ferrugem, a tinta descascada, os cacos de tijolos, as lúdicas bolinhas de gude. Suas obras falam do respeito à diversidade e à ação do tempo, que representam amadurecimento.
Um velho barril colocado ao lado de uma minúscula garrafa de vidro, calçados feitos por antigos sapateiros, que dividem espaço com um par de sandálias havaianas, e um caminho de pedras que foge do chão e aparece parafusado na parede estão entre as instalações que podem ser conferidas no Memorial de Curitiba, num convite ao questionamento sobre a fabricação em série, o descarte automático e a produção de lixo.
Vivendo em Curitiba há 17 anos, Sila estuda arte desde os cinco anos de idade. Formada em Publicidade e Propaganda e pós-graduada com MBA em Marketing pelo ISAE-FGV, atua de forma multidisciplinar, desenvolvendo projetos que oferecem arte em suas mais diversas possibilidades.

Serviço:

Exposição "Zona D: Contrastes", com obras de Sila Lima
Local: Salão Brasil do Memorial de Curitiba (Rua Claudino dos Santos, 79 - Centro Histórico)
Data: de 28 de setembro a 30 de outubro de 2011.
Horário de visitas: de terça a sexta-feira, das 9h às 12h e das 13h às 18h; sábados e domingos, das 9h às 14h.
Entrada franca
Agendamento de visitas monitoradas: (41) 3321-3328

______________________________________________________________ 

Nenhum comentário:

Postar um comentário