16 de setembro de 2011

Orquestra Metropolitana é a atração do Música no Museu de 18 de setembro

Orquestra apresentará Águas Claras, novo concerto de Flávio Romano, com regência do maestro Rodrigo Vitta, no Museu da Casa Brasileira.
 
 
Sob a batuta do maestro e diretor artístico Rodrigo Vitta, os 25 músicos da Orquestra Filarmônica Metropolitana e os 16 cantores do Madrigal Voz Ativa apresentarão o novo concerto do pianista e compositor Flávio RomanoÁguas Claras, em 18 de setembro, no Museu da Casa Brasileira – instituição da Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo. O espetáculo integra a série Momentos Especiais, organizada pela produtora cultural Carmelita Moraes, dentro do projeto Música no Museu, que está em sua 11ª edição e acontece tradicionalmente aos domingos, às 11h, com entrada gratuita.
O programa, que inclui apenas músicas de Flávio Romano, mescla ritmos populares com elementos da música clássica. Sempre exaltando a natureza em suas composições, o trabalho do pianista é chamado de ‘poesia sinfônica’, pela sensibilidade transmitida em suas melodias. No Auditório Ibirapuera, como convidado especial, suas músicas foram inseridas no concerto Típico e o Atípico – uma Sinfonia Utópica, interpretado pela Orquestra Mundana, dirigida por Carlinhos Antunes, e pela Orquestra Metropolitana, dirigida pelo parceiro Rodrigo Vitta. A apresentação aconteceu no último dia 5 de agosto,
 
Diretor artístico, arranjador e regente dos concertos de Romano, Vitta teve suas peças musicais interpretadas por orquestras de renome. Entre outros trabalhos importantes, desenvolveu a direção musical e foi maestro dos espetáculos de dança Ágape (música de Tchaikovsky) e o Quarteto para o Fim dos Tempos (Olivier Messian), com a companhia Ballet Sopro, e da Série Concertante, com a participação especial de solistas convidados. Fruto desta parceria, em 2008, foi gravado o CD sinfônico O Voo da Gaivota.
 
Sobre Rodrigo Vitta
É mestre em Comunicação e Semiótica pela PUC/SP – Pontifícia Universidade Católica - e bacharel em Composição pela FAAM – Faculdade de Artes Alcântara Machado, onde ministra as disciplinas de composição, laboratório de escrita, orquestração, canto coral, história da arte e organologia. No Conservatório Heitor Villa-Lobos (SP), leciona na disciplina de regência orquestral. Vitta é maestro assistente da Orquestra Sinfônica de Santos, que tem direção artística e regência titular do maestro Gustavo Petri. É diretor artístico e regente titular da Orquestra Metropolitana e Orquestra Jovem de Repertório Manfredo de Vincenzo. Como regente convidado já dirigiu a Orquestra Filarmônica de Montevidéu, a Orquestra Brasileira de Sopros, a Banda Sinfônica de Ribeirão Pires, a Banda Sinfônica de Cubatão e a Orquestra LyricSur.
 
Repertório
1- Águas Claras
2- Chegada das Canoas
3- Voo da Gaivota
4- Manhã de Chuva
5- A Mio Figlio
6- Cântico Árabe
7- Lágrima (com participação de Flavio Romano)
8- Solo Sagrado (com participação de Flavio Romano)
9- Renascendo
10- Flora (com participação de Flavio Romano)

Na temporada de 2011, o projeto, com a coordenação de Carmelita Rodrigues de Moraes, tem como objetivo divulgar a diversidade musical nacional e internacional por meio de diversos estilos: instrumental, erudita, popular, entre outros, e, ao mesmo tempo, oferecer ao público momentos agradáveis e especiais.
Serviço: Música no Museu – Orquestra MetropolitanaDia 18 de setembro, domingo, às 11hMuseu da Casa Brasileira
Av. Faria Lima, 2705 - Jardim Paulistano Tel. 3032-3727
Grátis
Acesso a portadores de deficiência física.

Site: www.mcb.org.br

Apoio: Cerâmica Atlas, Fritz Dobbert, ADV Produções Artísticas

Nenhum comentário:

Postar um comentário