19 de outubro de 2011

Escultor Erwin Hauer, o trabalho de um mestre do modernismo

Erwin Hauer - Painéis e Elementos Vazados  é o destaque da semana do Arkpad, "um gênio que desafia as leis da engenharia e a complexidade de qualquer relação da geometria".






"Esse senhor é um gênio louco, obcecado por seu trabalho, que desafia as leis da engenharia e a complexidade de qualquer relação da geometria. Como arquiteto, o considero um dos maiores mestres vivos da história. Este homem circulou entre os maiores ícones do modernismo, deveria estar no MoMA, no mínimo, mas ele é diferente”, Kiko Salomão, fundador do Arkpad. 

http://www.arkpad.com.br











Professor da Universidade de Yale por mais de três décadas, o escultor Erwin Hauer, agora com mais de 80 anos, está reeditando sua série de painéis modulares “Continua”. O trabalho é considerado uma pérola do modernismo.

O fundador do Arkpad, o arquiteto Kiko Salomão (à direita na foto) esteve no estúdio de Hauer em New Heaven, nos EUA e teve oportunidade de conhecer os métodos de produção de seus painéis. 





Segundo o arquiteto, conhecer Erwin Hauer pessoalmente foi a maior experiência de toda sua vida: “Esse senhor é um gênio louco, obcecado por seu trabalho, que desafia as leis da engenharia e a complexidade de qualquer relação da geometria. Como arquiteto, o considero um dos maiores mestres vivos da história. Este homem circulou entre os maiores ícones do modernismo, deveria estar no MoMA, no mínimo, mas ele é diferente”.



Com a colaboração da Gehry Technologies, de Frank Gehry, o estúdio utiliza meios digitais, entre eles o software CATIA para a produção dos moldes.



“Aos 85 anos de idade, ele trabalha num celeiro simples, dirige seu próprio carro, manuseia ferramentas pesadas e é atento aos mínimos detalhes… uma lição de vida! Seria um sonho e um grande desafio poder viabilizar um prédio inteiro com seus elementos… isso não vai sair da minha cabeça por um bom tempo”, atesta Kiko.
 Translucidez e geometria das peças permite filtrar a luz, como um brise-soleil ou um Cobogó Vale salientar que Cobogó foi o nome dado no Brasil para os elementos vazados na arquitetura. Do ponto de vista do conforto ambiental, essa solução é ótima para o clima tropical, por permitir iluminação e ventilação naturais sem que haja superaquecimento.


Nas referências do Arkpad o trabalho de Hauer com elementos vazados aparece na seção paredes.
http://www.arkpad.com.br 
visite o site!Visite o site

__________________________________________


Nenhum comentário:

Postar um comentário