7 de novembro de 2011

Alta taxa de ocupação dos shoppings representa cuidados para novos lojistas, afirma especialista


Lojistas estão fazendo fila para conseguir abrir um negócio em shopping center no Brasil. A taxa de ocupação dos shoppings no Brasil atingiu recentemente o recorde histórico de 98,4%, segundo a Associação Brasileira de Shopping Centers (Abrasce).

 Para 2012, segundo a Associação, já está prevista a construção de ao menos 42 novos centros comerciais, que devem consumir R$ 10,5 bilhões. Para o especialista em Direito Imobiliário Empresarial, Daniel Cerveira, sócio do escritório Cerveira Advogados Associados, os empresários devem tomar alguns cuidados com os altos valores para locação de espaços em shoppings.

“Sem dúvida os shopping centers são ótimos canais de venda de produtos e serviços e parceiros fundamentais para os lojistas. No entanto, em que pese esta realidade, importante destacar que os custos de ocupação inerentes, ou seja, aluguel, condomínio, fundo de promoção, são relativamente altos e devem ser minuciosamente estudar antes do ingresso dos centros de compras", alerta.

Daniel Cerveira também alerta para as questões contratuais do negócio. “É imprescindível que os lojistas tomem alguns cuidados com os contratos de locação para evitar situações inesperadas. Dentre as disposições importantes a serem observadas, destacam-se as restrições das atividades a serem exploradas na loja, autorização transferência da locação para terceiros, multa rescisória e cláusulas de exclusividade territoriais", informa o advogado.

_______________________________________


Nenhum comentário:

Postar um comentário