13 de fevereiro de 2012

Inovação: “A escola das coisas que não se aprendem na escola”


Como pedir alguém em namoro; como preparar drinks para os amigos; lidar com a morte ou fazer uma festa inesquecível. Pois é, em Curitiba vai ter uma escola para ensinar coisas assim, e até, se você quiser o passo "moonwalk".

Foto Gutolavigne

Os curitibanos, ao lado, lançam "A Grande Escola" que será inaugurada em março, mas a grade de cursos já foi lançada.


 Já imaginou uma escola em que você descobre coisas que poderia levar uma vida inteira para saber ou, simplesmente, “quebrar a cara” até aprender? Por exemplo: cursos que te ensinassem a como pedir alguém em namoro; como preparar drinks para os amigos; lidar com a morte ou fazer uma festa inesquecível. Que tal aprender o moonwalk sem precisar voltar várias vezes o DVD do Michael Jackson ou como fazer uma decoração bacana para a sua casa?
Essa é a proposta da A Grande Escola – a escola das coisas que não se aprendem na escola, iniciativa dos publicitários Guilherme Krauss e Ricardo Dória,que começaram a pensar no assunto há três anos. “O que nos inspirou não foi uma escola em especial, mas a falta de uma. Percebemos a lacuna de escolas para o desenvolvimento do ser como ser, aquele que vive e enfrenta as provas da vida”, aponta Guilherme Krauss.
Inédita nesses moldes no Brasil, os idealizadores garantem que é possível, sim, ter um instrutor para repassar o conhecimento referente ao tema que precisar. Para isso, não apostaram apenas nos professores nos padrões tradicionais, mas também em pessoas comuns. “A intenção é usar nossos métodos, instrutores e criatividade para ajudar nosso público. Na A Grande Escola as pessoas vão aprender e compartilhar experiências e habilidades que a escola convencional não ensina e não precisa esperar a vida toda para aprender”, pondera Ricardo Dória. “Coisas que só podíamos aprender com uma vivência, com o pai, em uma viagem, na internet ou com um amigo agora poderão ser aprendidas em uma escola”, complementa Guilherme.
Serão ministrados cursos dos temas mais comuns, como andar de bicicleta, aos mais filosóficos, como administrar o tempo para ser mais feliz. A A Grande Escola também oferecerá serviços individuais, para grupos, organizações e empresas. Quem precisar de um curso de atualização em francês de última hora, por exemplo, pode recorrer à instituição. “Queremos proporcionar desde um curso personalizado para o lançamento de um produto ao idioma que você precisa atualizar antes de uma viagem não programada”, ressalta Ricardo.
Entre os serviços da escola estão os cursos customizados, que podem ser desenvolvidos de acordo com a necessidade do cliente, e também os cursos delivery para interessados de outras regiões do país. “Quem mora em outra cidade, gostou de algum curso, mas não pode vir até Curitiba, nós podemos ir até ele. Nossos cursos são flexíveis e podem ser levados para qualquer canto do universo”, resumem os empresários. A A Grande Escola poderá ainda prestar uma consultoria criativa ou a curadoria para o desenvolvimento de cursos diversos.
Inauguração
E para sua inauguração, A Grande Escola terá outra novidade: ao invés de chegar e receber tudo pronto, quem quiser poderá participar de um curso sobre como fazer uma festa de arromba. O curso ocorrerá nos dias 6 e 8 de março, a festa de inauguração no dia 30 e será criada e executada pelos próprios alunos.
Quem são Guilherme Krauss e Ricardo Dória
Publicitário formado pela Universidade Positivo e pós-graduado em Planejamento e Gestão de Negócios pela FAE Business School, Guilherme Krauss atuou por cinco anos na área de Planejamento em agências de comunicação. Trabalhou com marcas como Gazeta do Povo, TIM, Pepsi, Volvo e Movimento "Esta vaga não é sua nem por um minuto" e foi premiado em festivais como: Yahoo Big Idea Chair, Gramado, CCPR, Colunistas Brasil e AMPRO Globes Awards. Foi professor universitário substituto na UniCuritiba e faz palestras em sua área de atuação. É um dos criadores do blog vegetariano Contrafilé e pretende ser pintor quando encontrar algum talento adormecido.
Acostumado a apostar em tendências e ter ideias inovadoras, Ricardo Luvizotto Dória é o fundador do primeiro coworking de Curitiba – a Aldeia Coworking, inaugurada em outubro de 2010. Em 2011, foi um dos responsáveis por trazer a cidade o evento internacional Pecha Kucha – ciclo de mini-palestras de temática criativa e divertida. Formado pela Universidade Positivo, é mestrando em Administração em Marketing pela Universidade Federal do Paraná. 
Serviço
A Grande Escola funciona na Aldeia Coworking, na Rua José Loureiro, 347, 1º andar, Galeria Suissa. Mais informações pelo (41) 4063-8551 ou pelo site: www.agrandeescola.de

Nenhum comentário:

Postar um comentário