19 de junho de 2012

Adoro: pesquisa revela que a pipoca pode trazer benefícios à saúde



Foto wnpipocas.com.br
A pipoca eleva a concentração de antioxidante, que auxiliam na prevenção do diabetes, câncer, controla os índices de colesterol, triglicerídeos e glicemia


O inverno chegou e com as baixas temperaturas aumenta a vontade de comer guloseimas e entre as mais consumidas, nesta estação - está a pipoca. Porém, nem sempre o alimento é visto como saudável, por conter grandes quantidades de gordura e sal adicionadas no momento do preparo. Mas, de acordo com uma pesquisa divulgada recentemente pela American Chemical Society revela que o milho estourado pode trazer benefícios à saúde.
Segundo a nutricionista do Centro de Diabetes Curitiba localizado dentro do Hospital Nossa Senhora das Graças, Heloisa de Camargo Hermann a pipoca pode ser uma alternativa saudável, quando comparada a outros aperitivos de alta densidade energética e com baixos nutrientes. Por ser um cereal integral natural, está associado ao auxílio no controle do peso corporal e na redução do risco de doenças crônicas, como diabetes e doenças cardiovasculares. “Portanto, a recomendação é que a população consuma mais cereais integrais para obter uma alimentação balanceada e rica em vitaminas e minerais”, enfatiza Heloisa.
Por conter altas doses de polifenóis, antioxidantes que protegem as células do organismo contra os danos causados pelos radicais livres, a pipoca desacelera o envelhecimento, além de prevenir doenças degenerativas, como o câncer. “Mas a pipoca não substitui a necessidade de ingestão de frutas e vegetais em uma dieta saudável e balanceada”, ressalta a especialista.
O alimento também possui grande quantidade de fibras, por isso, tende a melhorar o funcionamento intestinal tanto na regularidade quanto na consistência e na formação do bolo fecal, beneficiando também a saciedade. “Lembrando sempre da importância do consumo associado de quantidade adequada de líquidos”, enfatiza.
A outra vantagem do milho em relação aos outros cereais é que, durante a industrialização, ele não perde a casca, onde estão grande parte das fibras e dos nutrientes. “Esse cereal também contém zeaxantina e luteína, duas substâncias antioxidantes que contribuem com a saúde dos olhos, prevenindo catarata e degeneração macular, e também diminuem o risco de desenvolvimento de certos tumores”, destaca.
A pipoca também eleva a concentração de antioxidante, que auxiliam na prevenção do diabetes, câncer, controle dos índices de colesterol, triglicerídeos e da glicemia, retardando o processo de esvaziamento gástrico.
Malefícios da pipoca
Embora seja um alimento saudável, por possuir nutrientes importantes para a saúde do organismo humano, a pipoca deve ser consumida com moderação. “A margarina e a manteiga não são indicadas no preparo do alimento, pois saturam mais rápido que o óleo. Quanto mais saturada, pior para nossa saúde, pois provocam aumento do colesterol “ruim”, o LDL, e a redução do colesterol “bom”, HDL", além de aumentar a quantidade de calorias”, destaca a nutricionista.
Segundo Heloisa as pipocas de micro-ondas também devem ser evitadas, pois possuem excesso de conservantes e sódio, e por serem extremamente calóricas. “Por isso o modo de preparo é a chave para ter acesso aos benefícios da pipoca para a nossa saúde”, orienta.
Já a quantidade de sal e temperos prontos devem ser controlados. Pois a concentração de sódio, em excesso, aumenta os riscos de hipertensão arterial. “Além de desencadear outras disfunções como retenção líquida e sobrecarga renal”, explica Heloisa.
Como fazer uma pipoca saudável?
De acordo com a nutricionista para preparar a pipoca não é necessário a utilização de muito óleo. “Deve-se aquecer primeiro o óleo na panela e em seguida colocar o milho, pois assim o milho estoura mais rápido”, explica.
Existem ainda as máquinas de ar quente, que não utilizam óleo, o que as torna mais saudáveis e práticas. Também já são fabricados acessórios para fazer a pipoca no microondas. “Pode-se utilizar sacos de pão, com o mesmo princípio dos sacos convencionais de pipoca de microondas.
Segundo a Heloisa deve-se colocar os grãos de pipoca dentro do saquinho, retirando-se o ar e fazendo duas dobras para fechar o saquinho de papel. Quando estourar a pipoca, assim que os estouros diminuírem, abrir com cuidado por causa do vapor. “Lembre-se de de utilizar sal refinado bem fininho para temperar as pipocas, que adere melhor e dá mais sabor”, destaca a nutricionista.

Nenhum comentário:

Postar um comentário