1 de junho de 2012

Conheça quatro ambientes da Casa Cor Paraná que trazem inovações tecnológicas e muitas novidades



Casa Cor retoma conceitos e promove modernização de espaços antigos com lançamentos tecnológicos como papeis de parede em 3D, mesas que funcionam como relógio, móveis revestidos com HQs e tecidos ecologicamente corretos.
Conhecida por lançar tendências do mercado de arquitetura e design de interiores mundial, a Casa Cor Paraná lança sua 19ª edição recheada de inspirações para aqueles que desejam construir e reformar um espaço residencial ou comercial. Sediada na tradicional Casa Cultural União Juventus, no bairro Batel, em Curitiba, a mostra se baseia no Retrofit (termo que designa a modernização de algo antigo sem que sua essência seja perdida) e se sustenta nos pilares do tema nacional do selo Casa Cor 2012: Moda, Estilo e Tecnologia. Como não poderia deixar de ser, os espaços desta edição exprimem a necessidade de preservação do meio ambiente e trazem em primeira mão lançamentos nacionais e mundiais de mobiliários, acessórios e revestimentos que enchem os olhos dos visitantes.
“Hall de Entrada” 
Logo no início é possível perceber a mescla suave e interessante de épocas gloriosas da arquitetura mundial. O ambiente “Hall de Entrada”, assinado pelas arquitetas e light designers
 Carla Grüdtner e Cláudia Dall’Stella, proporciona uma viagem à Europa Clássica com recursos sofisticados e tecnológicos. 
 Uma das tendências em evidência no espaço, de apenas 8 m², é o resgate do capitonê. Utilizada como destaque nas poltronas vintage em veludo vermelho com botões de cristais e também no papel de parede com textura em 3D, a tendência exprime o luxo de uma forma mais moderna. A sofisticação aparece ainda nas paredes em cinza níquel e nos três pendentes em cristais automatizados – que criam diversos cenários luminotécnicos para o ambiente. O ponto áureo fica por conta de duas telas da nova coleção “Cor e Luz” do artista plástico Carlos Eduardo Zimmermann, que mergulham em um universo de sensibilidade e sensualidade das cores e serviram como ponto de partida para a definição de todo o projeto.                         

 
                                                 
                                              “Home Office”
Na sequência, o espaço “Home Office”, criado pelas designers Liliane Barreiros, Rosangela Pauli e Carla Armstrong, da Duomo Arquitetura e Interiores, promete transportar os visitantes para um universo lúdico. Desenvolvido como um espaço de criação de uma designer de joias, o ambiente de 17 m² busca na magia das pedras e no valor das obras de arte a linha mestra para uma composição sofisticada e funcional.
  
 Um dos destaques é o lançamento nacional de duas peças assinadas pela Ovelha Negra Design: a estante Honey Shelf, que tem como inspiração as formas hexagonais de uma colmeia, e a mesa de centro Clock Table, que sob o seu tampo de vidro correm os ponteiros de um relógio em madeira. Desenvolvida especialmente para o ambiente, uma obra da linha DÉJA VU pintada à quatro mãos pela artista plástica Sila Lima em parceria com a artista plástica argentina Gabby Jardi Krizmancic propõe uma chamorsa releitura da obra “O Nacimento de Vênus” de Botticelli e encanta por sua riqueza de cores.
                                                                
                                                     “Sala de Refeições”

Outro ambiente que chama a atenção é a “Sala de Refeições”, da arquiteta Keyla Kinder, que buscou inspiração na Semana de Moda de Milão deste ano, mais precisamente no desfile da consagrada grife Gucci, para criar uma composição moderna. Com apenas 12 m², o ambiente inspirado no movimento “Art Déco” cria uma atmosfera elegante e moderna na medida certa para residências contemporâneas – que não contam com áreas enormes e atendem as mais diversas necessidades atuais.


Os grandes diferenciais ficam por conta da parede preta com função de quadro negro, efeito conseguido com tinta esmalte preta fosca, e do lançamento nacional da Torre Gibi, da linha Comics, uma coleção de mobiliário vinda diretamente do Egito revestida com histórias em quadrinhos.  Destaca-se ainda sobre a mesa o pendente semicilíndrico KS, que possui formato orgânica e é fabricado em lâminas de madeira certificada com acabamento em acrílico.
                                                               “Loggia Bar”


Por fim, o “Loggia Bar”, assinado pela arquiteta Viviane Granemann Ribeiro e pela designer Josiane Maria Nascimento, retoma as clássicas loggias, galerias italianas abertas em um dos lados e sustentadas por colunas e arcos, com efeitos tecnológicos.



  Nas paredes, tecidos ecologicamente corretos lançados nacionalmente com exclusividade neste espaço, produzidos em algodão, viscose e poliéster, criam efeitos modernos com estampas inspiradas na grife italiana Missoni. A premiada poltrona Panicalle, do arquiteto e designer Yuri Albrecht, se destaca com linhas curvas e leves em meio aos revestimentos inusitados, como madeira sustentável, pastilhas de vidro e revestimento externo em poliuretano reciclado.

Serviço: A Casa Cor Paraná acontece de 01 de Junho a 11 de Julho na Casa Cultural União Juventus (Alameda Dr. Carlos de Carvalho, 389, Centro) em Curitiba. O horário de funcionamento é de Terça a Sábado das 13h00 às 21h00 e Domingos e Feriados das 11h00 às 19h00. Mais informações no site http://www.casacor.com.br/parana/.
*Crédito das Fotos: Hall de Entrada (Rafael Nogarolli), Home Office (Diego Pisante), Sala de Refeições (Marcelo Stammer), Loggia Bar (Daniel Sorrentino)

Nenhum comentário:

Postar um comentário