6 de junho de 2012

Depois do Camões, Dalton Trevisan vence prêmio Machado de Assis


Dalton Trevisan em foto de Lucília Guimarães 
Depois do Camões, Dalton Trevisan vence prêmio Machado de Assis - Caderno G - Gazeta do Povo
O jornal português O Público divulgou, nesta quarta-feira(06), trechos da carta de agradecimento pelo Prêmio Camões que Dalton Trevisan enviou ao Secretário de Estado da Cultura português, Francisco José Viegas. Trevisan escreve:
A consciência de minhas limitações como escritor me proibiu sonhos mais altos. E agora, sem aviso, o Prémio Camões. O prémio dos prémios de Literatura”. E prossegue, sempre no tom característico de sua escrita. “Não mereço, quem sabe. Mais não pude com as forças poucas. Não fosse indomável a língua. Não tivesse o conto mais fim que novo começo”.
Dalton, que não se expressou publicamente sobre o prestigioso prêmio, dá a entender na sua mensagem que não poderá estar presente na sessão de entrega do prémio, cuja data não está ainda agendada. “Os muitos anos, ai de mim, já me impedem de receber pessoalmente o prémio. Perdoe que o faça nestas pobres palavras”."

Nenhum comentário:

Postar um comentário