5 de julho de 2012


Como foi hoje na FLIP 

A realidade sob o farol da imaginação
Esta foi uma das mesas que reuniu os autores mais loquazes e entrosados entre si entre quantos, em dez anos, que já pisaram no palco da Flip. O mediador até poderia ter cochilado, e tudo seguiria às mil maravilhas. Mas o jornalista e crítico literário Angel Gurría-Quintana, veterano na festa de Paraty, não cochilou. Nem ele nem qualquer dos atentos e deliciados espectadores que acompanharam as elucubrações do colombiano Juan Gabriel Vásquez e do espanhol Javier Cercas sobre como a ficção e a história podem se combinar na elaboração de textos literários.









Carlos de Brito e Mello, Enrique Vila-
Matas, Javier Cercas,  Alejandro Zambra e Fernando Gabeira são alguns dos nomes  na Tenda dos Autores.

Na Mesa Zé Kléber (foto), Silvia Castrillón e Alexandre Pimentel falaram  sobre Leitura no Espaço público

Mesa na Flip Casa da Cultura homenageia Jorge Amado (com João Ubaldo Ribeiro e Walcyr Carrasco)

André Sandoval na Flipinha, Zuenir Ventura na FlipZona...

E muito mais. Confira a programação completa em nosso site www.flip.org.br

OS AUTORES NA CIDADE

Enquanto Teju Cole passeava usando uma boina preta,  o poeta sírio Adonis almoçava comida brasileira.  Tudo a postos. A Flip começou.

BONECOS DESFILANDO NAS RUAS DE PARATY

Quando anoitecia, bonecos típicos da cultura da região desfilavam pelas ruas ao som de uma banda.  Crianças, adultos, gringos e a população local seguiam atrás, dançando ao som de marchinhas, fanfarras e outros sons

LUIS FERNANDO VERISSIMO: DEZ ANOS DE FLIP

"O monstro é como eu chamo carinhosamente a plateia" brincou Verissimo, conhecido por sua timidez. Com braveza, ele enfrentou o monstro e falou com leveza e graça sobre a Flip e sobre as mudanças vividas pelo Brasil nos últimos dez anos

CONFERÊNCIA DE ABERTURA  HOMENAGEIA DRUMMOND

Seguindo a fala de Verísismo, Silviano Santiago e Antonio Cicero falaram sobre o poeta, a partir de perspectivas diferentes.

“Sua poesia dramatiza de forma complexa e original a oposição entre razão e emoção”, definiu Santiago. Antonio Cicero entrou nos meandros do poema “A Flor e a Náusa”, falando das particularidades  da escrita do poeta itabirano.

E NO PALCO...

A ciranda de Tarituba esquentou o palco para Lenine. O compositor e cantor fez um show com as canções de seu último disco, “Chão”, mescladas a alguns clássicos da carreira.

CAIO NA REDE 

Estando ou não estando em Paraty, existem mil maneiras de acompanhar a Flip.

Todas as mesas da Tenda dos Autores são transmitidas ao vivo pelo site oficial. Depois de casa mesa existe ainda o “Sobremesa”, entrevistas em vídeo com os autores, feitas dentro da tenda, com o clima

Está disponível para download na Apple Store o guia Flip2012, contendo as grades de programação, sugestões de restaurantes na cidade e informações sobre os autores participantes

blog da Flip é o nosso diário de bordo, com notícias frescas sobre a vida na cidade, fotos dos bastidores da Flip e autores relembrando histórias que viveram por aqui

As redes sociais não param. Acompanhe nossas atualizações via

Nenhum comentário:

Postar um comentário