14 de dezembro de 2012

Orquestra Sinfônica do Paraná faz o último concerto do ano


No programa: obras de Aaron Copland 1900/1990),  Krzystof Penderecki (1933), e  Antonín Leopold Dvorák (1841/1904) sob regência do maestro Osvaldo Ferreira.

Fotos: Karin van der Broocke


Alexandre RazeraOs 100 anos da Universidade Federal do Paraná (UFPR), a mais antiga instituição de ensino do Brasil, serão comemorados no concerto da Orquestra Sinfônica do Paraná. No repertório estão obras de três importantes compositores: Fanfarra para o Homem Comum, de Aaron Copland (1900/1990), Concerto para Viola e Orquestra de Câmara, de Krzystof Penderecki (1933), e Sinfonia Nº. 8 em Sol maior, Op. 88, de Antonín Leopold Dvorák (1841/1904). 

O concerto abre com a peça Fanfarra para o Homem Comum, de Aaron Copland, compositor americano e figura destacada na música do século XX. A obra foi escrita em 1942 para a Orquestra Sinfônica de Cincinnati (EUA), em resposta à entrada dos Estados Unidos na Segunda Guerra Mundial. Foi inspirada em um famoso discurso do vice-presidente americano Henry A. Wallace, que proclamou o alvorecer do "século do homem comum". 

A segunda obra, Concerto para Viola, de Penderecki, será interpretada pelo solista Alexandre Razera. A composição foi escrita em 1983 por encomenda do governo da Venezuela, para marcar o bicentenário da morte de Simón Bolívar. A peça tem apenas um movimento e exige grande habilidade do solista. O sucesso do concerto levou o autor a fazer novas versões para clarinete e violoncelo. 

A última obra do concerto, Sinfonia Nº. 8, em Sol maior, Op. 88, do compositor tcheco Dvorák, possui características diferentes, como o uso da tonalidade em Sol maior, pouco comum nas sinfonias românticas. Nota-se também a influência de Brahms e do folclore boêmio; o destaque é a troca do tradicional scherzo agitado por uma graciosa e serena valsa durante o terceiro movimento.


ALEXANDRE RAZERA – Viola solo – Paulista nascido em 1975 em Piracicaba, demonstrou desde cedo grande talento. O primeiro instrumento que estudou foi o violino. Aos 15 anos optou pela viola e um ano depois foi premiado com o 2º lugar no concurso “Jovens Instrumentistas do Brasil”, realizado em sua cidade natal. Atualmente é o Primeiro violista da Orquestra da Rádio e Televisão Eslovênia de Ljubljana, músico convidado da Mahler Chamber Orchestra desde 2008 e primeiro violista convidado na Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo.
Entre suas atuações constam trabalhos junto à Orquestra Sinfônica de São Paulo (OSESP) e a Orquestra Sinfônica da USP. Em 1997, ganhou uma bolsa de estudos da Fundação Vitae para a academia da Orquestra Filarmônica de Berlim (Karajan Stiftung) quando teve oportunidade de realizar concertos, turnês e gravações junto a esta sob a regência de renomados maestros como Cláudio Abbado, Simon Rattle, Daniel Baremboim, entre outros.


Serviço
Concerto da Orquestra Sinfônica do Paraná.
14 de dezembro às 20 horas.
Auditório Bento Munhoz da Rocha Netto – Guairão ( Rua Conselheiro Laurindo, S/N, Curitiba, Centro – Praça Santos Andrade).
Classificação: 7 anos.
Regência: maestro Osvaldo Ferreira.
Solista: Alexandre Razera (viola).
Ingressos: R$ 10,00. Desconto de 50% para o Cartão Teatro Guaíra, não cumulativo com descontos previstos em Lei.
Fonte: CCTG

Nenhum comentário:

Postar um comentário