13 de março de 2013

Existe Azul Mais Bonito que o Meu? É Júlio Leite em Curitiba.


Existe Azul Mais Bonito que o Meu?

 O artista multimídia Júlio Leite apresenta, no Museu da Gravura Cidade de Curitiba, uma série de obras que contém uma abordagem conceitual da Filosofia da Linguagem, evidenciando aproximação com a Teoria da Cor do filósofo alemão Wittgenstein, cujos elementos de metalinguística servem de base para o processo de representação que o trabalho sugere.

A exposição contempla um conjunto de obras do artista multimídia paraibano, Júlio Leite. Palavra e cor são os principais elementos empregados no desenvolvimento da série “CROMA”, que resultam em pintura, vídeo e instalação. Essa série contém uma abordagem conceitual da Filosofia da Linguagem, evidenciando aproximação com a Teoria da Cor do filósofo alemão Wittgenstein, cujos elementos de metalinguística servem de base para o processo de representação que o trabalho sugere.
 

Artista multimídia paraibano, Júlio Leite

Palavra e cor são os principais elementos empregados no desenvolvimento da série “CROMA”, que resultam em pintura, vídeo e instalação.

Serviço
Local: Museu da Gravura Cidade de Curitiba  
 Ingresso: gratuito
Data(s): 13/03/2013 a 19/05/2013 - 3ª, 4ª, 5ª e 6ª feira, sábado e domingo
Horário(s): 19h (4ª feira de abertura); 9h ao meio-dia e 13h às 18h (3ª a 6ª feira); meio-dia às 18h (sábado, domingo e feriados)


                     Museu da Gravura Cidade de Curitiba
Endereço: 
Rua Presidente Carlos Cavalcanti, 533, Solar do Barão - Centro
Contato: 
(41) 3321-3367
museudagravura@fcc.curitiba.pr.gov.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário