30 de maio de 2013

Salvador Dali, teatro & acrobacias no espetáculo "La Veritá" que chega a Curitiba.

O grande destaque do espetáculo é o cenário: uma tela gigante  criada pelo pintor espanhol Salvador Dalí nos anos 1940, que ficou desaparecida  durante décadas. 
                 Oportunidade de ver uma tela autêntica de Dalí.

O espetáculo é inspirado na vida e obra de Salvador Dalí  com direção  de Daniele Finzi Pasca da Companhia Finzi Pasca, da Suíça, e a brasileira XYZ Live. De 13 a 23 de junho, no Guairão.

Espetáculo  mescla acrobacia, clown, dança, teatro e música.
 O grande destaque do espetáculo é uma tela gigante de 15 X 9 metros, criada pelo pintor espanhol Salvador Dalí nos anos 40, que ficou desaparecida durante décadas. A obra restaurada atua como cenário durante a apresentação. 
A turnê brasileira de La Veritá incluirá apresentações em São Paulo, Porto Alegre, Curitiba, Belo Horizonte e Rio de Janeiro.
La Verità que estreou em janeiro no Canadá faz uma incursão acrobática e teatral livremente inspirada na vida e obra do pintor Salvador Dalí. O espetáculo da Companhia Finzi Pasca, da Suíça, e a brasileira XYZ Live reúne um elenco internacional de 12 atores oriundos do Canadá, Argentina, França, Itália, Austrália, Espanha, Paraguai, Suíça e a brasileira Beatriz Sayad, atriz e diretora que integrou o projeto Doutores da Alegria e dirigiu o espetáculo “Estamira - Beira do Mundo” que está em turnê no Brasil desde 2011.
O criador de La Verità é Daniele Finzi Pasca, suíço de talento versátil e reconhecida trajetória internacional, focado em espetáculos que mesclam acrobacia, clown, dança, teatro e música. Em dezembro de 2010, Finzi Pasca e Julie Hamelin debatiam ideias para uma peça quando receberam a proposta de usar a pintura de Salvador Dalí como base para um novo show. Pasca explica que: "A fundação que adquiriu a obra decidiu não colocá-la em um museu. Eles preferiram colocar a obra no local para o qual ela foi originalmente criada – um pano de fundo para o teatro. Aceitamos o desafio e o convite porque era exatamente um elemento que podia nos ajudar a contar uma história que tínhamos em mente."
Serviço:
La Verità
13 a 23 de junho, de quinta a sábado às 21 horas e domingo às 20 horas. 
Auditório Bento Munhoz da Rocha Netto – Guairão. 

Ingressos: quintas-feiras - R$ 170,00 (plateia da fila A a J), R$ 125,00 (plateia da fila K a V). R$ 90,00 (1º balcão) e R$ 70,00 (2º balcão). Sexta, sábado e domingo – R$ 250,00 (plateia – da fila A a J), R$180,00 (da fila K a V), R$ 130,00 (1º balcão e R$ 100,00 (2º balcão).
    Sobre a obra de Dali
    A pintura “Tristão e Isolda” foi criada para o ballet  “Tristan Fou”, é uma autêntica Dalí. Uma das figuras tem na cabeça uma flor conhecida como dente de leão. Feita em 1944, para ser cenário de palco em um balé apresentado no Metropolitan Opera de Nova York, a pintura retrata os personagens Tristão e Isolda e foi feita por Dalí enquanto o artista colaborava com o coreógrafo Leonide Massine para o balé “Mad Tristan”, inspirando na ópera “Tristão e Isolda”, de Wagner. O espanhol também desenhou o cenário e os figurinos. A tela esteve desaparecida por seis décadas. Em 2010, uma fundação de arte europeia (que encontrou e resgatou a obra) entrou em contato com a Companhia Finzi Pasca e ofereceu a tela para um trabalho artístico inédito. Surgia o La Verità, um espetáculo para toda a família, permeado pelo clima onírico de Dalí.
*Imagens do site da companhia: http://finzipasca.com/creations/la-verita/ http://xyzlive.com.br/2012/atracoes/4187/

Nenhum comentário:

Postar um comentário