27 de agosto de 2013

CICLO DE PALESTRAS DOCOL EM BRASILIA TRAZ GERSON CASTELO BRANCO


O evento itinerante Ciclo de Palestras Docol chega a Brasília no dia 04 de setembro e conta com o piauiense , – ícone contemporâneo da arquitetura verde - para palestrar, às 19h30, no Centro de Eventos Brasil 21.
Assim como os cuidados com a água e o meio-ambiente estão sempre presentes em todos os processos da Docol, o evento terá como tema a Intuição & Inspiração, Desenhando a Sustentabilidade. O palestrante falará sobre o seu estilo de arquitetura, denominado por ele mesmo de “Paraqueira”, em que evidencia a sensibilidade ao meio ambiente, ao espaço e às condições climáticas, sempre valorizando o reaproveitamento e as soluções sustentáveis.

Ciclo de Palestras Docol

O evento faz parte do Programa de Relacionamento Maison Docol, direcionado a arquitetos, designers e especificadores e já alcançou mais de oito mil profissionais em todo o Brasil.


Informações:
Ciclo de Palestras Docol
Data: 4 de setembro
Horário: 19h30
Local: Brasil 21 – Centro de Eventos (SHS Quadra 06, Lote 01, Conjunto A, Setor Hoteleiro Sul - Brasília/DF).

Docol Metais Sanitários www.docol.com.br
Tel.: 0800-474333

QUARTETO COLONIAL NO PROJETO MÚSICA DE CÂMARA, EM JACAREZINHO (PR)

Sesc Música de Câmara apresenta o Quarteto Colonial, um dos grupos vocais brasileiros de maior destaque na música clássica da atualidade.




O Projeto Música de Câmara, realizado pelo Sistema Fecomércio Sesc Paraná, apresenta uma série de concertos que buscam agregar conhecimento e valorização da cultura musical brasileira. A música do Brasil, rica e diversificada quanto a estilos, gêneros, ritmos e formas, precisa ser ouvida e conhecida em seu contexto, bem como os seus compositores.
Comprometido com a temática de apresentar, exclusivamente, obras de compositores brasileiros, o desenvolvimento do Projeto Música de Câmara prevê dois momentos de integração com a comunidade. Além dos concertos proporcionados ao público em geral, que estreita a relação entre desenvolvimento musical e desenvolvimento intelectual, são realizados concertos didáticos para escolas agendadas, aproximando a música brasileira das crianças e adolescentes. A somatória desses dois momentos contribui de forma significativa para o conjunto de ações desenvolvidas pelo Sesc com vistas à formação de platéia. Vale ainda ressaltar que a opção de desenvolvimento de um projeto musical camerístico, visa o incentivo de novas práticas e novos hábitos de apreciação musical, pois as apresentações acontecem em caráter intimista, essencialmente acústico que valorizam a pureza do som e a qualidade das obras e de seus intérpretes.


Quarteto Colonial

Um dos grupos vocais brasileiros de maior destaque na música clássica da atualidade, o Quarteto Colonial, formado por cantores com vasta experiência no panorama da música de concerto carioca, foi idealizado pela Maestrina Maria Aida Barroso, em 2003, com a finalidade inicial de divulgar a obra a cappella do Padre José Maurício Nunes Garcia. O quarteto vocal apresentou-se pela primeira vez no encerramento do Festival de Música Sacra de Paraty, e durante os anos seguintes realizou o concerto A Música da Real Capela do Rio de Janeiro, com peças do Padre Mestre, em diversas salas de concerto do Brasil. No Rio de Janeiro já se apresentou nos principais espaços culturais, tendo sido convidado a abrir importantes séries de concertos, como Brasiliana da Academia Brasileira de Música, Projeto Candelária Quintas com Música da Fundação Eva Klabin.
Em 2005 e 2006, foi premiado em três projetos pela FUNARTE (dois Projetos de Circulação de Música de Concerto e Projeto Concertos Didáticos), viajando por 14 cidades das Regiões Centro Oeste, Norte e Nordeste do país e realizando concertos didáticos em escolas da rede pública carioca. Em 2007, sempre divulgando a música brasileira, o grupo realizou concerto de música contemporânea, com peças do grupo de compositores PRELÚDIO 21, participou da série O ROMANTISMO, no CCBB de Brasília e apresentou-se no Inverno Cultural da Universidade Federal de São João Del-Rey. Participou também, junto à Orquestra da UFOP, da I Semana de Música Antiga da UFMG e da 30a Semana do Aleijadinho, em Ouro Preto, onde apresentou o Ofício e Missa para Domingo de Ramos de J. J. Emerico Lobo de Mesquita.
Em 2008, inserido nas comemorações oficiais do bicentenário da chegada da Família Real Portuguesa ao Rio de Janeiro, o Quarteto Colonial, além de realizar uma série de 10 concertos em espaços culturais da Prefeitura, lançou, pelo selo Biscoito Fino, o CD: O Sacro e o Profano – A Música na Corte de Dom João VI. Abrindo o ano de 2009, foi convidado a representar o Brasil no IX Festival Internacional de Música Contemporânea da Universidade do Chile, em Santiago, onde também se apresentou na Embaixada Brasileira e gravou um programa inteiramente dedicado ao Quarteto Colonial na Radio Universidad de Chile.
Em 2010 participou de concerto com a Orquestra Petrobras Sinfônica, e atuou junto à Orquestra Ouro Preto no VIII Festival Internacional de Música Renascentista y Barroca Americana - "Missiones de Chiquitos", na Bolívia. Foi contemplado pelo Prêmio FUNARTE – Circuito de Música Clássica – realizando 10 concertos no nordeste do país. Em 2011 e 2012 integrou o SONORA BRASIL do SESC, maior projeto de circulação musical brasileiro, dentro da temática “Sagrados Mistérios: Vozes do Brasil”, tendo se apresentado em mais de 100 cidades brasileiras. Em 2012 também participou da gravação do CD Luz e Sombra do compositor Sergio Roberto de Oliveira.
Desde sua formação o Quarteto Colonial já realizou inúmeros concertos com diferentes repertórios. Dentre eles destacam-se: “Capela Colonial” (obras sacras do Rio de Janeiro, Minas Gerais, São Paulo e Recife coloniais), “Poesia Cantada” (Polifonia brasileira dos séculos XX e XXI), “Canções Francesas” (peças da renascença ao século XX), “O Romantismo Alemão” (com acompanhamento de piano a quatro mãos), “Preludio XXI – Polifonia Contemporânea”, “A Música da Real Capela do Rio de Janeiro” (Motetos do Padre José Maurício Nunes Garcia), “Vesperas de Nossa Senhora e Missa de São Pedro de Alcântara” (com acompanhamento de baixo contínuo), “O Sacro e o Profano na Música da Corte de Dom João VI” (com acompanhamento de cravo e viola da gamba), “Ofício e Missa para Domingo de Ramos” de Emerico Lobo de Mesquita (com Orquestra de cordas) e Canções Renascentistas (com peças espanholas, francesas e inglesas).





No Rio, exposição LUZ-A-ZUL de Leila Pugnaloni

Dia 31 de agosto (sábado), com a curadoria de  Marco Antonio Teobaldo,  Leila Pugnaloni apresenta um conjunto inédito de obras, da série “Módulos de Luz”  realizada a partir de pesquisa sobre luz e cores.
















Será inaugurada na Anexo Galeria de Arte, a exposição LUZ-A-ZUL, de Leila Pugnaloni, sob a curadoria de Marco Antonio Teobaldo, no dia 31 de agosto (sábado), às 18h. A partir de sua pesquisa sobre luz e cores, a artista carioca radicada em Curitiba apresenta um conjunto inédito de obras, da série “Módulos de Luz” e outras realizadas também em acrílica. O título da mostra surgiu a partir do jogo de palavras “luz” e “azul”, que combinadas formam uma espécie de reflexo, que é um dos recursos que a artista utiliza com sabedoria em suas pinturas.

A Galeria exibirá em seu segundo piso parte do seu acervo, com obras de seus artistas.


Serviço

LUZ-A-ZUL
Leila Pugnaloni
Curadoria: Marco Antonio Teobaldo

Inauguração: 31 de agosto, às 18 horas.
Visitação: 01 de setembro a 26 de outubro. 3ª a domingo – 12h às 18h
(agendamos visitas em outros horários)

Anexo Galeria de Arte
Rua Paschoal Carlos Magno, 39 – Santa Teresa - Rio
Fone: (21) 3852-8265

Exposição "Ora bordas" na Casa da Imagem , em Curitiba

Dia 31 de agosto, às 10:30, com obras de Fernando Burjato, José Spaniol, William Machado, Raul Cruz e Sérgio Sister.





Abertura:
31 de Agosto de 2013 às 10h30

Período de visitação:
31 de Agosto a 04 de Outubro de 2013
Segunda a Sexta
13h30 as 19h

Artistas:
Fernando Burjato
José Spaniol 
William Machado 
Raul Cruz 
Sérgio Sister

15 de agosto de 2013

Todeschini é a marca mais lembrada no Paraná

Marcio Vargas recebe troféu e certificado do prêmio Top MóbileFoto: Oséias Leivas


Na última quinta-feira, 8 de agosto, a Todeschini foi agraciada com o prêmio Top Móbile, por ser a marca mais lembrada na categoria “Cozinhas Planejadas”, no segmento “Fabricantes de Móveis de Decoração”.

A cerimônia de premiação aconteceu no Castelo de Batel, em Curitiba, para aproximadamente 300 pessoas. O gestor da marca na região, Marcio Vargas, representou a empresa no evento, e recebeu o troféu e o certificado. “É gratificante saber que somos a primeira marca na mente das pessoas. É também uma forma de reconhecimento pelo trabalho que vem sendo feito”, destacou.


O prêmio Top Móbile é uma iniciativa da Alternativa Editorial / Revista Móbile, e tem o objetivo de apresentar as marcas mais lembradas pelos lojistas e pelos fabricantes do setor de móveis brasileiro.
Este ano, foram premiadas marcas em 41 categorias, divididas em três segmentos: “Fabricantes de Móveis Seriados”, “Fabricantes de Móveis de Decoração” e “Fornecedores da Indústria”. Os resultados foram obtidos a partir de pesquisas realizadas pela empresa Segmento Pesquisas de Marketing. 

Sobre a Todeschini:

Uma das maiores fabricantes de móveis planejados da América Latina, a Todeschini se destaca pelo desenvolvimento de mobiliário e complementos para ambientes personalizados, direcionados para residências, empresas e hotelaria.
Características como design, inovação e qualidade estão presentes em seus produtos que, alinhados com as principais tendências mundiais de arquitetura, estão presentes em mais de 250 lojas espalhadas pelo Brasil e no exterior.

A "Loja da Casa" da Lolahome" na Casa Cor Paraná


Com objetivo de gerar interatividade com o cliente, a marca disponibiliza totem para compras online





A Lolahome participa da Casa Cor Paraná 20ª edição, que acontece até o dia 11 de setembro e está localizada na Rua Francisco Domakoski, 153, na cidade de Curitiba. Com projeto funcional, onde é possível conhecer de perto os produtos da marca, o estande nomeado A Loja da Casa foi desenvolvido pela designer de interiores Lilian Barbosa, que colocou em prática a ideia de um ambiente como um espaço comercial.



Com objetivo de gerar interatividade com o cliente, e mostrar a comodidade das compras online e o recebimento dos produtos com conforto e agilidade, o ambiente possui totens com tela touch para que cada visitante conheça mais sobre a loja e faça seus pedidos pelo site da marca no próprio local. “Os clientes poderão visualizar os catálogos de produtos e diversas fotos ambientadas com todas as linhas da Lolahome”, afirma a proprietária da Lolahome, Maria Luiza Cury Milani. No estande, os produtos foram separados por módulos de cores para melhor localização e visualização dos visitantes. A área externa foi projetada pela paisagista Ana Augusta Lupion.
A Lolahome ainda é fornecedora oficial de toda a linha de cama, mesa e banho da Casa Cor, e pode ser conferida nos diversos ambientes da mostra paranaense.
A CASA COR é um evento absolutamente original, resultado da conspiração dos maiores talentos em arquitetura e decoração. Desde 1994, a Casa Cor Paraná já exibiu 883 ambientes, apresentou 650 expositores que transformaram muitas dezenas de milhares de metros quadrados em 19 imóveis diferentes.
Serviço:
Lolahome na Casa Cor Paraná (A Loja da Casa)
Horário de funcionamento
Terça-feira a sábado: 13 às 21 horas
Domingo e Feriados: 11 às 19 horas
Mais informações da Casa Cor Paraná através do site http://www.casacor.com.br/parana/
Lolahome
Tel. 41 3076 7635  

14 de agosto de 2013

Road Show Estruturas de Aço – Viabilidade Econômica da Concepção ao Pós-Uso

 Evento contou com 400 participantes na edição realizada em Salvador


Road Show Estruturas de Aço - Viabilidade Econômica da Concepção ao Pós-Uso, realizado hoje em Salvador pelo Centro Brasileiro da Construção em Aço (CBCA), recebeu cerca de 400 pessoas interessadas em obter conhecimento sobre estruturas em aço. Nesta edição, os temas abordados foram: concebendo para ser viável; avaliando o empreendimento; e projetando para durar.

O Road Show é um circuito de palestras técnicas direcionadas a arquitetos, engenheiros, construtores, empreiteiros, estudantes e profissionais dos setores de arquitetura e construção civil. Ao longo de 12 anos, o Road Show percorreu diversas cidades brasileiras, de quase todos os estados do Brasil e contou com a presença de aproximadamente 65 mil profissionais do setor.

Já começou a MADE – Mercado, Arte, Design!


De 14 a 18 de agosto, o evento faz parte do DW! Design Weekend de São Paulo e será uma plataforma de discussão aberta sobre design e arte e contribui para aproximar público desse universo



Instalação  usa restos de materiais da fábrica da Electrolux para a entrada do MADE



A cenografia  do arquiteto Marko Brajovic
Uma plataforma multifacetada que apoia não apenas o design - do vintage ao contemporâneo - mas também as áreas convergentes como arte, fotografia, projetos gráficos e artesanato. Este é o objetivo do Salão MADE – Mercado, Arte, Design – que acontecerá entre os dias 14 e 18 de agosto e será realizado no Jockey Club de São Paulo. A ideia é criar um cenário onde designers, arquitetos, entusiastas, colecionadores e galeristas possam encontrar um espaço aberto para a discussão em torno desses temas e comprar design de qualidade em edições limitadas ou peças únicas. A idealização do MADE é de Waldick Jatobá, que também é o diretor artístico e curador; a organização e coordenação ficam a cargo de Kátia d’Avillez. Maria Helena Estrada reforça a parceria e atua como consultora especializada.  

Os espaços do Jockey Club SP que abrigam tradicionalmente a CASA COR serão transformados pelo Atelier Marko Brajovic em instalações contemporâneas para a exposição dos trabalhos e produtos, aproveitando a luz natural e as áreas verdes para receber galerias já estabelecidas e jovens designers. O jardim Tributo a Inhotim, criado pelo paisagista Luis Carlos Orsini para a mostra deste ano, permanece intacto e servirá de palco para as atividades externas do MADE.  “Participar e colaborar para a realização de um evento como o MADE só comprova a essência do DNA da CASA COR como propagador da valorização da boa arquitetura e do design. Atualmente, as pessoas não se contentam “apenas” com a casa dos sonhos: é preciso recheá-la de arte e, sobretudo, de design alinhado ao conforto em perfeita harmonia. Essa nova exigência fez com que as empresas se reinventassem para manterem-se no mercado cada vez mais competitivo”, explica Angelo Derenze, presidente do Grupo CASA COR.  

A planta integrada permitirá que os 8 mil visitantes esperados no evento possam percorrer os 3 mil metros quadrados do Jockey de uma forma fluida e experimental, encontrando vários caminhos para ver todas as atrações e produtos. “O MADE pretende atrair um público interessado por design e que divida a mesma vontade em expandir seu conhecimento. MADE representa uma atitude que vem de uma ação. A missão desse projeto é motivar o debate claro e direto, conectando segmentos diferentes, para que o design se torne uma ferramenta de competitividade, diferenciação e inclusão, colaborando e fomentando o crescimento econômico do Brasil”, explica Waldick Jatobá.

EXPOSIÇÕES, INSTALAÇÕES E DESIGNERS INTERNACIONAIS PELA PRIMEIRA VEZ NO BRASIL
Atelier Hugo França

Galerias de design contemporâneo e vintage como Firma Casa, Luciana Caravello Arte Contemporânea, Passado Composto Século XX, Artemobilia e Atelier Hugo França, irão expor exclusivamente no MADE seus mais recentes itens. O Design Gráfico também estará introduzido na mostra, através de instalações gráficas – uma delas criada pelo estúdio mineiro Greco Design – bem como a relação do design com o artesanato brasileiro, como a exposição do Artesol.

Uma área chamada “Coletivo” trará uma nova proposta de curadoria, mostrando o frescor da produção contemporânea de design/arte, a partir da apresentação de alguns designers que trabalham por conta própria e que terão a oportunidade de mostrar suas criações e protótipos ao mercado. Um grupo formado por Bruno Simões, Vera Santiago e Ricardo Gaioso foi convidado pelo curador para, em conjunto, identificar esses novos talentos.

A dupla de designers americanos, Daniel Arsham e Alex Mustonen, do Coletivo Snarkitecture, foi convidada para criar uma instalação específica usando restos de materiais da fábrica da Electrolux para a entrada do MADE.www.snarkitecture.com
Os designers do escritório de arquitetura bARST (www.b-arst.com) formado por 2 arquitetas - uma belga, Sarah Swolfs e outra brasileira, Patricia Garcia Padilha - criarão um banco multimídia, peça de mobiliário urbano inspirada na topografia de São Paulo. Será uma experiência, onde os visitantes poderão sentar, entre outras funções.


Duas exposições, uma de designers belgas e outra de designers holandeses, ocuparão o espaço do Jockey Club:


·         Exposição belga: A exibição "Poesia das formas no design belga contemporâneo" tem a ambição de revelar pela primeira vez ao público brasileiro o gênio, a excelência e a complexidade da criação belga na área do design. A exposição tem curadoria do belgas Elien Haentjens e Davide M. Parrilli para selecionar obras de três criadores que pertencem à geração de designers que está levando a criatividade e a inovação belga pelo mundo. Os trabalhos de Bram Boo, Maarten de Ceulaer e Raphaël Charles serão expostos pela primeira vez no Brasil.

·         Exposição Holandesa: Ernerstien Idenburg e Gilian Schrofer são os curadores holandeses para a exposição que mostrará o mobiliário holandês dos últimos 100 anos. Na grande maioria serão modelos de cadeiras na escala 1:15 produzidas a partir do processo de impressão 3-D.


MADE elegeu a designer holandesa Pieke Bergmans (foto) para homenagear como “Designer do Ano”.

A Artesol fará uma exposição em homenagem a Janete Costa. Os trabalhos de mobiliário urbano dos alunos graduados da Escola São Paulo são resultado do curso de Design de Mobiliário coordenado pelo ateliê do professor Marko Brajovic e serão apresentados no MADE.

Para o salão, a Lacoste selecionou quatro entre as mais importantes edições da série Holiday Collector´s para exibir ao público. As camisetas são verdadeiras obras de arte e foram criadas para a marca por Karl Lagerfeld (2008), Pedro Almodovar (2008), Irmãos Campana (2009) e Li Xiao Feng (2010). A cenografia deste evento está por conta do arquiteto Marko Brajovic.


A galeria Aperam por Fernanda Marques + Mekal irá expor peças do projeto Fuori Serie - que unem precisão e tecnologia a processos manuais de acabamento - resultados da parceria entre a Mekal, Aperam e a arquiteta. O acervo será composto por um painel de aço inox multifacetado; o banco Infinite Steel lançado em 2011 e premiado em 2012 no A’Design em Milão; um aparador exclusivo do acervo pessoal de Fernanda e o lançamento, e um banco que quebra o estigma da dureza do aço inox com sua forma sinuosa.

FÓRUM DE PALESTRAS
O programa desta edição do MADE visa informar o público com um forte programa educacional desenvolvido por meio de conferências internacionais, mesas redondas, oficinas, entre outras ações.

Designers de destaque da Holanda e da Bélgica, além de Beatriz Milhazes, Alex Mustonen e Daniel Arsham se apresentarão durante os quatro dias do MADE. Para inovar o conteúdo do programa, um seminário de design urbano, coordenado por Ana Carla Fonseca, acontecerá no dia 17 de agosto e contará com a participação de profissionais vindos da Holanda, Portugal e Estados Unidos.  

As palestras estão sujeitas à lotação das salas que têm capacidade de 120 vagas. Recomenda-se chegar com antecedência para garantir lugar.

SOBRE O MADE

Após dois anos repensando projetos e respaldados por experiências anteriores, os organizadores criaram o MADE. A expectativa é que MADE torne-se itinerante e chegue a outras cidades brasileiras. “Queremos colocar o Brasil no roteiro dos mais importantes eventos de design e arte do mundo”, destaca Jatobá.

MADE será um dos eventos da DW! Design Weekend e uma extensão deste festival.

MADE tem como Master Sponsor do UBS - forte apoiador de ações culturais - que elegeu o design no Brasil como plataforma de ação. Terá ampla participação e apoio cultural do Consulado do Reino dos Países Baixos em São Paulo. Esta é uma contribuição significativa que dará visibilidade através da participação de designers holandeses e formadores de tendência.

SERVIÇO
clip_image002
MADE – Mercado, Arte, Design
Data de abertura: 14 de agosto (para convidados e imprensa) – das 16h às 21h
Visitação: de 15 a 16 de agosto – das 14h às 21h;
dia 17 de agosto – das 12h às 21h
dia 18 de agosto – das 12h às 20h.
Entrada: R$ 20,00 (com direito a participar das palestras); Estudante paga meia.
Local: Jockey Club de São Paulo
Endereço: Avenida Lineu de Paula Machado, 1.173 - São Paulo – SP
Mais informações sobre o evento: www.mercadodeartedesign.com

10 de agosto de 2013

Casa Brasil 2013 traz novidades de a Favorita

 Feira de design de móveis ocorre de  13 a 16 de agosto, em Bento Gonçalves (RS). A presença na feira coroa  a estratégia de reposicionamento da Favorita no ano de comemoração de seu aniversário.

Favorita consolida seu momento de grandes mudanças na Casa Brasil 2013

Home theater com o puxador Quadrilha Azul









Comemorando 10 anos de mercado, a Favorita irá representar novamente a Unicasa Móveis na Casa Brasil 2013, maior feira de design de móveis da América Latina, que ocorre de  13 a 16 de agosto, em Bento Gonçalves (RS). A presença na feira coroa toda a estratégia de reposicionamento da marca no ano de comemoração de seu aniversário. As ações iniciaram com a nova campanha lançada em março, na qual a Favorita apresenta, pela primeira vez, três celebridades para ilustrar a versatilidade de seus móveis, capazes de atender a todos os estilos. Além disso, um pacote de ações promocionais como “Presente Mais que Perfeito” e “Mãe é sempre Favorita” vem reforçando a proximidade da marca com seus consumidores em todo país ao longo do ano.f


Kaleidoscop
Para culminar, a Casa Brasil foi escolhida como cenário para o lançamento do novo acabamento da Favorita: o Kaleidoscop. O Kaleidoscop é inspirado nas linhas e texturas da arquitetura moderna, no brilho dos mosaicos e vitrais e na lapidação de joias. O resultado é um padrão exclusivo, com efeito 3D de um cristal lapidado, para conferir sofisticação aos ambientes, além de refletir a versatilidade da Favorita como uma marca que agrega diversos estilos de ser, de viver e de morar. O acabamento será apresentado através de uma instalação, criada em parceria com a Liquens conceito.arquitetura.design, de Daniela Corso e Joel Fagundes, onde os visitantes terão uma experiência sensorial e poderão entrar em contato com a inspiração para o desenvolvimento do Kaleidoscop, acabamento que estará disponível para o mercado no final de agosto.


Ambientes para todos os estilos

Estande nº 244 e 245 - Rua 13 – Pavilhão D

No estande de 350 metros quadrados na Casa Brasil, os visitantes poderão conferir as novidades da marca, como os novos acabamentos, laccas e acessórios, em ambientes projetados a partir do conceito da última campanha da Favorita. “Vamos mostrar que diferentes estilos de vida pedem diferentes estilos de decoração e que a Favorita pode fazer parte de cada um destes estilos”, afirma o diretor de marketing da marca, Edson Busin. O projeto arquitetônico  é assinado pelos arquitetos Leticia Zanesco e Ítalo Galeazzi, do escritório de arquitetura Zanesco Galeazzi e os projetos de modulação foram desenvolvidos pela equipe de arquitetura Favorita da Unicasa. A dupla criou três ambientes, cada um pensado para pessoas com perfis distintos, para ilustrar a versatilidade dos móveis da Favorita. Além disso, foram trabalhados os volumes em diferentes níveis e acessos variados, para tornar a visita uma experiência única aos clientes.

Já na entrada, os visitantes encontrarão a Biblioteca, que traz um hall e uma área para leitura e estudo. Para compor a ambientação clássica e sofisticada, foi usado o acabamento Monte Bianco, lançamento 2013 da Favorita com catedrais bem marcadas e de tonalidade clara, combinado com o tom neutro da lacca Capelli, outro destaque da nova coleção da marca. Entre as funcionalidades do ambiente, a iluminação com fita led garante efeito único aliado ao baixo consumo de eletricidade.

Na sequência está o Wine Bar, projetado com peças contemporâneas, cores escuras e padrões madeirados para traduzir um estilo moderno e masculino. O padrão Napoli, da coleção 2013 com tonalidade preta fosca e textura madeirada, foi usado para criar uma atmosfera de sofisticação e naturalidade. Já o padrão Toscana traz a versatilidade e elegância do efeito saw cut para o ambiente. As gavetas Innotech, equipadas pelo sistema de corrediças com esferas de aço, garantem durabilidade, estabilidade e fechamento silencioso. São uma opção versátil para o armazenamento e organização de todos os utensílios do espaço.

O terceiro ambiente é um Loft em estilo vintage, com dormitório, cozinha e home. O acabamento Vicenza, uma das novidades da coleção 2013, ressalta o desenho dos veios na madeira de forma moderna, foi utilizado na caixaria frentes e prateleiras. A lacca Color Shine Infinitá, lançamento em tom azul que a Favorita irá apresentar durante a feira, também está contemplada no ambiente através de frentes e prateleiras.

Na cozinha, uma série de detalhes foi pensado para proporcionar a funcionalidade e organização do ambiente. Entre eles, o paneleiro com gavetas Innotech, equipado com tapete emborrachado. Para o home theater, foi escolhido o puxador Quadrilha Azul, novidade da coleção 2013 da marca. Com três opções de furação, o modelo é produzido em alumínio com ponteiras cromadas e acabamento em pintura eletrostática na cor azul fosco.

Home Office
Já o dormitório foi desenhado pensando na praticidade e no conforto. As portas possuem Sistema de Correr Versátil, com amortecimento suave e deslizamento leve e silencioso, combinado com o vidro Linho Fendi, que traz o desenho de uma trama de linho aplicados em tinta cerâmica e temperados junto com o vidro. As gavetas internas com frente de vidro facilitam a visualização e reforçam a modernidade no espaço. A sofisticação fica por conta dos Acessórios Internos Slim, com toque da camurça em peças únicas como o calceiro, prateleira deslizante, sapateira, divisores e tapetes de gavetas e porta-joias revestidos.


“Momentos Mágicos” de Rosa Bruinjé no Solar do Rosário, em Curitiba

A exposição abre neste domingo dia 11 de agosto, às 11 horas da manhã



Artista falecida em 2009, Rosa Bruinjé não se formou em nenhuma escola de belas artes, escapando, assim, das fórmulas e vícios de uma formação acadêmica. Iniciando seu aprendizado artístico em 1967, sob orientação de Luis Carlos de Andrade Lima, teve ainda, em épocas diferentes, aulas outros importante nomes da arte paranaense como Letícia Faria e Elvo Benito Damo.

Na Alemanha, em 1984, pode presenciar ali o auge do renascimento da pintura cuja repercussão logo se faz sentir em todo o mundo.
Esta retomada da pintura, com toda sua carga vitalista, energética e anti-autoritária se fez simultaneamente ao reexame das raízes expressionistas da arte alemã. E Rosa Bruinjé é, inquestionavelmente uma artista (Neo)expressionista, sendo, por vezes, agressiva, irônica e crítica na abordagem de seus temas, outras vezes, lírica e panteísta. Ou seja, ela parece transitar entre a agressividade gráfica dos artistas do Die Bruke e expansão colorida dos integrantes do Blaue Reiter, ou entre Kirschner e Franz Marc nos explica o crítico Frederico Morais.

Deixando uma grande coleção de obras, suas temáticas transitam entre o cotidiano de sua infância, momentos felizes da sua vida adulta, o universo feminino entre outro temas que são representados nas mulheres, homens e animais que “dialogam ou se atritam, expressando amor, raiva, alegria, o medo da morte, e a fragilidade do ser humano no seu relacionamento com o mundo. As vezes, as figuras se transformam em máscaras e monstros, ou aparecem esboçadas e ou grifadas no fundo da tela, sobre chapadas de cor pura, como se fossem aparições fantasmáticas, emanações inconscientes ou resíduos de memória” continua a explicação de Morais.

A exposição apresenta uma seleção de obras que merecem ser vistas e faz uma singela homenagem à essa grande artista que tanto nos presenteou com sua força de mulher e artista.

Serviço:
Exposição “Momentos Mágicos” da artista Rosa Bruinjé
Galeria de Arte Solar do Rosário
Abertura dia 11/08 às 11h da manhã
Rua Duque de Caxias, 04 – Centro Histórico
(41) 3225-6232
Entrada Gratuita
A exposição permanecerá até o dia 10 de setembro

Horário de visitação: de 2f a 6f das 10h às 19h30, sab das 10h às 13h e dom das 10h às 14h



6 de agosto de 2013

Artista gaúcho Bruno Borne apresenta intervenção de arte contemporânea no Design Weekend

Na loja do shopping D&D, em São Paulo, a Dell Anno vai se transformar em uma galeria de arte abordando o conceito site specific. 

"Intervenção de arte contemporânea convida os espectadores a investigar a relação tempo e espaço e explorar os limites entre o habitável e o inabitável".



Com tema “A imagem é sempre virtual” o artista Bruno Borne traz uma abordagem diferente para a ideia de habitar os espaços

A Dell Anno, patrocinadora do Design Weekend de São Paulo, vai provocar os espectadores com as obras Relógio Especular e Tangente, do artista gaúcho Bruno Borne. A loja do shopping D&D (Avenida das Nações Unidas, 12555) receberá uma intervenção de arte contemporânea, convidando os espectadores a investigar a relação tempo e espaço e explorar os limites entre o habitável e o inabitável. A curadoria é da Liquens conceito.arquitetura.design, de Daniela Corso e Joel Fagundes.
De 15 a 18 de agosto, a loja vai se transformar em uma galeria de arte abordando o conceito site specific. “A ideia é mostrar a arte ambiente levando o consumidor a se transportar para dentro dela, experimentando-a, não apenas como observador distanciado”, explica o diretor de marketing da Dell Anno, Edson Busin.

O artista Bruno Borne investiga o espaço utilizando o desenho como ferramenta para sua compreensão, criando labirintos temporais. O observador é convidado a viajar por esses labirintos e a compreender mensagens sobre esse percurso, onde a duplicação do espaço exercita o convívio entre o habitável e não habitável. Ultrapassando os limites físicos, Borne propõe ir além do que enxerga o olhar, a transcender. Explorar pontos cegos, perspectivas, ângulos não percebidos a olho nu, exercitar o olhar de quem percebe, trazendo uma nova dimensão: o espaço se apropria do tempo ou o tempo se apropria do espaço?

Por fim, a proposta de Borne é levar a uma reflexão sobre como se percebe os espaços e se exercita o papel de espectador e artista, trazendo o inabitável para o habitável e o imaginário para a materialização.

Sobre Bruno Borne
É mestrando em Poéticas Visuais no PPGAV UFRGS, graduado em Artes Visuais e Arquitetura e Urbanismo. Suas principais exposições foram Seção Invertida na Galeria Lunara, RS; Espelho Refletido no Centro Cultural HO, RJ e Cartão de Visita na Galeria Gestual, Porto Alegre, RS. Em 2010 foi vencedor do V Prêmio Açorianos de Artes Plásticas na categoria destaque em mídias tecnológicas. Tem obras em acervos públicos do MACRS e Pinacoteca Aldo Locatelli, Prefeitura de Porto Alegre.

Sobre a Design Week

O DW! é um festival urbano de design composto por centenas de eventos independentes, simultâneos, integrados por um “Programa Oficial”. Ele foi criado para promover o design e suas conexões com a arte, arquitetura, urbanismo, decoração, inclusão social, agregação de valor, negócios e inovação tecnológica.O DW! 2013 será realizado na cidade de São Paulo, entre 15 e 18 de Agosto.