30 de maio de 2014

Almofadas com influência do movimento Art Déco na nova coleção Lolahome

Simetria, Fritz e Barbier mostram a inspiração nas
peças desenvolvidas exclusivamente pela marca.

O movimento popular internacional de design que durou de 1925 até 1939, o Art Déco, é a grande inspiração da nova coleção da Lolahome. A mistura de vários estilos e movimentos do início do século XX, como o construtivismo, cubismo, modernismo e futurismo estão estampados em almofadas, colchas, guardanapos, toalhas de lavabos, capas de travesseiros entre outros produtos desenvolvidos com exclusividade pela marca.
Barbier
As almofadas Simetria ilustram bem a característica mais marcante do Art Déco. Diferente de seu predecessor, o Art Noveau, que trabalha com formas arredondadas e sinuosas linhas assimétricas, o Art Déco utiliza-se, principalmente, de linhas retas e da simetria, além de abusar das formas geométricas.
As almofadas Barbier foram inspiradas nas artes produzidas por George Barbier, um dos maiores ilustradores do começo do século XX, para as grandes vidraçarias na França. As almofadas são feitas em acrílico, possuem zíper invisível e enchimento de fibra siliconada. São extremamente macias e confortáveis.
Inspiradas no famoso Produtor de cinema Fritz Lang, as almofadas Fritz possuem um design futurista, com traços precisos e geometricamente simétricos, as almofadas possuem aparência e textura aveludada e zíper invisível.
Estes e outros produtos da Coleção Art Déco estão disponíveis no site www.lolahome.com.br, que atende pedidos de todo o Brasil



Lolahome
Tel. 41 3076 7635

29 de maio de 2014

CAMINHADA 7 DE JUNHO 2014 / DIA DO MEIO AMBIENTE / SALVE A RAINHA

Em Balneário Camboriú, em defesa da Estrada da Rainha.


14 de maio de 2014

Porta-trecos em tecido rendado é a dica da Revista Artesanato.


Um vaso para colocar as contas que chegam, as chaves, enfim todos aqueles "trecos" que ficam espalhados - e muitas vezes perdidos - estiloso e com um aspecto vintage, para você demonstrar suas habilidades.


Você curte trabalhos manuais? A Revista Artesanato ensina como fazer um belo trabalho para você fazer e se orgulhar. Trata-se de de um porta-trecos de tecido  rendado. Este é  um projeto que requer paciência e dedicação pois, fazendo da maneira correta, você vai ter um artigo na sua casa de causar inveja. Com esta criação você vai inovar a decoração da sua casa com um vaso para porta-trecos estiloso e com um aspecto vintage, o que vai demonstrar suas habilidades com as mãos.
Materiais necessários


Em tempos do Mundial de Futebol, a Stobag lança toldos verde & amarelo

No clima da Copa do Mundo, a Stobag não vai ficar fora da festa. A marca, que já é figurinha garantida nas fachadas dos bares e lojas mais badalados, apresenta uma linha de tecidos nas cores da nossa bandeira.
     


 Os toldos da Família Metro são sofisticados sistemas de proteção, que garantem controle da luminosidade e bem-estar mesmo após o pôr-do-sol. Versátil, o produto oferece excelente proteção solar e proporciona visibilidade do exterior. O sistema funciona com a abertura dos braços em círculo, que chega à posição máxima de 90° e atua como um toldo de projeção. Continuando o acionamento, o toldo prossegue o movimento até 170°, exercendo a função de um toldo vertical.

        Referência internacional em proteção solar, a linha é uma solução prática, não só para comerciantes, mas também para quem pretende receber os amigos para assistir aos jogos em casa e agregar cor e conforto para o ambiente.
  
Onde encontrar

STOBAG

Mostra Artefacto 2014 começa no dia 17 de maio, em São Paulo

A designer de interiores, Cristina Barbara, a arquiteta Erica Salguero e o arquiteto Marcelo Rosset, três dos profissionais que participam da Mostra, falam sobre os ambientes que assinam na 23ª edição do evento que acontece na Rua Haddock Lobo.


CRISTINA BARBARA ASSINA O LOFT DO ATOR 
Loft é uma homenagem ao ator Juan Alba

           A designer de interiores Cristina Barbara não teve dúvidas ao escolher o amigo ator e cantor Juan Alba, para ser homenageado em seu espaço, na 23ª Mostra Artefacto 2014. Com 105m², a profissional assina o Loft do Ator, com uma linguagem jovem e contemporânea. O espaço amplo e iluminado naturalmente por uma clarabóia foi o ponto de partida para a criação do espaço integrado.  “Começamos com o hall de entrada, living, home theater e uma sala escritório/música. Os ambientes proporcionam conforto, sofisticação e destacam a elegância e o luxo com peças de cristal, tons sóbrios e marcantes como o cromado, em uma atmosfera masculina”, explica a Cristina.
          Na Sala de jantar o grande destaque é a base da mesa em cristal, todo facetado da Artefacto, com iluminação de três pendentes cromados da Puntoluce, em policarbonato, com canopla em metal pintado.
Na área de estar, espaço amplo e confortável destaca tecidos em tons, como o sofá Village, da Artefacto. Como uma obra de arte abstrata, o grande destaque do ambiente é a poltrona Bloom revestida em tecido vermelho. “Busquei também aplicar uma iluminação diferenciada e cores em contraste”, completa.
         Desenhado pela própria Cristina Barbara, um aparador geométrico em barras de aço projeta imagens do homenageado cantando.
Para os momentos de trabalho e também lazer, a profissional criou um espaço, escritório/música, com três estantes altas, uma chaise e pufe, além de uma mesa com pé em formato de cavaletes em aço inox e poltrona giratória.
        No revestimento da parede foi aplicado o papel Orleans em tons de cinza claro, já na área do escritório, a designer preferiu a sobriedade do revestimento listrado escuro. “Apaixonado por música, mesmo quando não está trabalhando, Juan adora receber amigos e familiares para um pocket show”, explica a designer.
Pórticos em marcenaria foram executados pela Marcenaria Cozitec, com pintura preta. Nos banheiros, o mix de tons claros e escuros é contrastado pelos revestimentos em tons de grafite e cinza.

       Todo o projeto conta com grandes espaços de circulação e distribuição de mobiliários na medida certa. O cenário se completa com iluminação em pontos focais que se sobressaem durante a noite e durante o dia recebe iluminação natural da grande clarabóia na área de estar.

Fornecedores
Marcenaria Cozitec: Pórticos e Guarnições + Pintura Gofratto Preta.
Puntoluce: Iluminação e Pendentes.
Orlean: Papel de Parede.
Serralheria Rodante: Móvel e Prateleira.
Lukscolor: Tintas.
Deca: Louças e Metais.
Tabriz: Tapetes.

 CRISTINA BARBARA - ARQUITETURA E INTERIORES 
- R. Dr. Sodré, 122 - 6° andar  Itaim  Tel.: (11) 3842-8562

ERICA SALGUERO ASSINA A SALA DE JANTAR 

     Sala de jantar é inspirado no lifestyle da apresentadora Adriana Galisteu

                   Em um espaço único de 25m², a arquiteta Erica Salguero exibe a sala de jantar de Adriane Galisteu, a partir do dia 17 de maio, para a Mostra Artefacto 2014 (R. Haddock Lobo, Jardins, SP). Inspirado no lifestyle da apresentadora, o conceito do projeto visa ser uma área para a convivência entre família e amigos, proporcionando o aconchego e bem-estar em uma atmosfera intimista. “Quis fazer uma entrada convidativa, por isso, fiz uma abertura maior oferecendo uma ampla vista do espaço pela parte de fora do ambiente”, explica a arquiteta.
                 Apostando no branco e preto, Erica apresenta uma sala de jantar pautada pela sofisticação atemporal, por meio de uma seleção criteriosa de materiais de acabamentos. As cortinas em linho branco em parte do ambiente são contrastadas por persianas pretas, da Hunter Douglas, e objetos de design em dourado pontuam a atmosfera luxuosa em perfeito equilíbrio e harmonia com uma criteriosa curadoria de obras de arte da artista Fernanda Naman e pratos do inglês Rory Dobner. 
       O protagonista do ambiente fica por conta da lareira ecológica a gás revestida em madrepérola e iluminada por luz focal micro dicróica. Papéis de parede branco e preto também se contrapõe na proposta de um ambiente PB. Lustres e arandelas com acabamento em folha de ouro completam o glamour, em perfeita sintonia com o estilo da modelo e apresentadora homenageada. “O espaço é voltado para a arte e o prazer de se receber bem”, conclui a arquiteta.

Fornecedores
Marcenaria / Benestare: Guarnições de porta
Glass Mosaic / Bollpi: Pastilha de madrepérola
Bollpi: Piso
Emporio Luz : Iluminação técnica
Scatto : Lustre e arandelas
Marengo Decor : Cortinas
Marengo Decor / Hunter Douglas : Persiana
Orlean : Papel de parede
Tabriz: Tapetes
Ecofireplace: Lareira a gás
Arte Aplicada: quadros e escultura
Orbi Brasil: objetos de decoração Rory Dobner

ERICA SALGUERO ARQUITETURA E DECORAÇÃO
São Paulo - Rua Barão do Serro Largo, 205.  Tel.: (11) 2093-8658


MARCELO ROSSET CRIA AMBIENTE EM HOMENAGEM A EXECUTIVA ROSÂNGELA LYRA NA 23ª MOSTRA ARTEFACTO

         Em sua  4º participação na Mostra Artefacto, o arquiteto Marcelo Rosset teve como fonte de inspiração a empresária do mundo fashion Rosângela Lyra, Presidente da Associação de Lojistas do bairro dos Jardins, em São Paulo.
         Na edição deste ano, o arquiteto assina o ambiente que integra o living  e a sala de jantar em 32 m²de área útil. “Idealizei um ambiente especial para a Rosângela, com foco em sua personalidade dinâmica, que permeia com maestria no universo urbano, que gosta de viajar e tem apreço pelas peças com design”, explica. Para ele, Rosângela Lyra tem todos esses adjetivos. O espaço foi concebido para receber os amigos e realizar reuniões de negócios. ”Quis delimitar em cada um dos cantos o ambiente de living e no outro de jantar, mas com uma linguagem unificada”.
         Na sala de jantar cadeiras e banco com uma única padronagem de tecido enriquece visualmente o espaço. Destaque para os lustres industriais que dão um toque moderno ao ambiente. 
No living, o modelo de sofá Hatria, revestido em um tecido cinza escuro tramado, faz o contraponto com as duas poltronas Flicker, de proporções maiores e mais confortáveis. Para compor, duas poltronas Soul em padrões menores, a mesa de centro Bass com um visual arrojado em aço, vidro e espelho e as mesas laterais da linha Vulcan.
         O tapete da Tabriz estampado em tons de cinza faz a sintonia perfeita, interligando todas as cores. Destaque ainda para  o painel fixado na parede, feito de madeira ripada e pintada no tom de cinza, que traz um movimento cinético para as paredes. “O maior desafio foi conseguir encaixar dois ambientes em um”, conclui Rosset.

Fornecedores:
JFA Construção Civil e Pinturas Ltda. – Obra: Gesso, piso e pintura – (11) 2924-7007
Labluz – Iluminação – (11) 3218-2788
Orlean – Papel de parede – (11) 2338-8008
Ludipê – Marcenaria – (44) 3447-2321
Tabriz – Tapete – (11) 2389-9140
Portinari – Piso – (48) 3431-6074
Scatto – Lustres – (11) 3061-2261
LS Selection – Objetos – (11) 3168-3303
Arte aplicada – Quadro – (11) 3062-5182
AVC Service – Sistema de automação – (11) 3385-0050

 MARCELO ROSSET ARQUITETURA
Av. Angélica, 2.503 – cj. 48 – Higienópolis
Tel.: (11) 3258-5905


Informações:

MOSTRA ARTEFACTO 2014
Data: A partir de 17 de maio de 2014
Horário de funcionamento: de segunda a sexta-feira, das 10h às 20h; sábados, das 10h às 18h.
Endereço: Rua Haddock Lobo, 1.405
Tel.: (11) 3087-7000


13 de maio de 2014

SACCARO INAUGURA DUAS NOVAS LOJAS EM SP

 Tradicional fabricante no segmento de móveis de alto padrão e objetos de decoração, a Saccaro completa 68 anos em 2014 com um mix completo para todos os ambientes da casa, chega agora a Santo André e também inaugura uma nova loja na capital paulista, desta vez em Moema.


Empresários Antonio França e Marcos Ignácio, os franqueados de 
Santo André, na noite de inauguração

Antonio França, João Saccaro e Marcos Ignácio 
Foto: Caio Faria

         Consolidada no mercado nacional de mobiliário, a Saccaro está investindo forte na expansão da marca e inaugura, em maio, dois novos endereços no estado de São Paulo. Pela primeira vez, a marca chega a Santo André, um dos principais polos de decoração do estado, com uma franquia na Av. Dom Pedro II. No mesmo período, a Saccaro também abre uma nova loja na capital paulista, na Avenida República do Líbano, em Moema. Os dois endereços seguem os mesmos padrões da Concept Store Saccaro, com ambientação assinada pelo arquiteto Paulo Cardoso.
         Atualmente, a Saccaro possui 22 franquias no Brasil e mais três no exterior: Cidade do México, Miami e Santa Cruz de La Sierra. A marca também tem lojas no sistema de ‘galerias’, com 14 endereços no Brasil e mais 20 no exterior.
          Tradicional fabricante no segmento de móveis de alto padrão e objetos de decoração, a Saccaro completa 68 anos em 2014 com um mix completo para todos os ambientes da casa e se diferencia pelo bom gosto, sofisticação e inovação de suas peças, sempre assinadas em parceria com designers talentosos e renomados, ou por sua equipe própria de designers do Studio Saccaro.

SACCARO

Móveis Arte: lançamento da Linha São Benedito Concept será no próximo sábado (17/5), em São Paulo

Parceria da Marcenaria São Benedito com o ator e empresário Jayme Matarazzo que participou do planejamento criativo das peças da Linha “Alice em Oz”, e Ana Clara Coutinho como ilustradora, resultou em peças lúdicas e divertidas. O evento é para convidados.

 

Linha São Benedito Concept  reúne aproximadamente 20 móveis New Art, ou seja móveis em madeira de demolição, e madeira laqueada com design exclusivo  e ilustrações feitas a mão por artistas convidados.

A ideia de levar referências artísticas em mobiliários surgiu de Mariane Barcellos, proprietária da Marcenaria São Benedito. Mariane vem de um background ligado a moda e ao design, sendo também responsável pelo desenho dos móveis, pelo garimpo de antiguidades e atuando como marchand de novos artistas que tenham interesse em assinar outras novas coleções. Para o lançamento da Linha Concept, Mariane contou com a parceria do ator e empresário Jayme Matarazzo, que participou do planejamento criativo das peças da Linha “Alice em Oz”, e Ana Clara Coutinho como ilustradora.
São Benedito Concept
Tel. (11) 4704-5076
@saobeneditodesign

11 de maio de 2014

Mães são "Para Sempre", é o que diz Carlos Drummond de Andrade

Para Sempre
                                                     Obra de  Gustav Klimt  - Mãe e filho
                                                       


Por que Deus permite
que as mães vão-se embora?
Mãe não tem limite,
é tempo sem hora,
luz que não apaga
quando sopra o vento
e chuva desaba,
veludo escondido
na pele enrugada,
água pura, ar puro,
puro pensamento.

Morrer acontece
com o que é breve e passa
sem deixar vestígio.
Mãe, na sua graça,
é eternidade.
Por que Deus se lembra
- mistério profundo -
de tirá-la um dia?
Fosse eu Rei do Mundo,
baixava uma lei:
Mãe não morre nunca,
mãe ficará sempre
junto de seu filho
e ele, velho embora,
será pequenino
feito grão de milho.


Carlos Drummond de Andrade

Para a nossa grande mãe Terra

Pacha Mama, a Mãe Terra  que produz, que engendra,  geradora da vida, também é nossa 
grande mãe.


*Imagem genial do Facebook, não sei quem é o autor. Se alguém souber eu acrescento ...



"Pacha Mama ou Pachamama (do quíchua Pacha, "universo", "mundo", "tempo", "lugar", e Mama, "mãe", "Mãe Terra") é a deidade máxima dos Andes peruanosbolivianos, do noroeste argentino e do extremo norte do Chile. Vários autores consideram Pachamama como uma divindade relacionada com a terra, a fertilidade, a mãe, o feminino.
Pacha Mama é uma deusa que produz, que engendra. Segundo a tradição, sua morada está no Cerro Blanco (Nevado de Cachi), em cujo cume há um lago que rodeia uma ilha habitada por um touro de chifres dourados que, ao mugir, expele nuvens de tormenta pela boca.
Segundo o historiador boliviano Rigoberto Paredes (1870–1950), a princípio, o mito de Pacha Mama devia referir-se ao tempo, "talvez vinculado de alguma forma à terra; ao tempo que cura as maiores dores, tal como extingue as alegrias mais intensas; ao tempo que distribui as estações, fecunda a terra, sua companheira; dá e absorve a vida dos seres no universo. Pacha significa originariamente "tempo", na língua kolla; só com o transcurso dos anos - as adulterações da língua e o predomínio de outras raças - pode confundir-se com a terra e fazer com que a esta e não àquele se rendesse preferente culto [...] Pacha-Mama, segundo o conceito que tem entre os índios, poderia ser traduzido no sentido de terra grande, diretora e sustentadora da vida.  A terra, como geradora da vida, será então assumida como um símbolo de fecundidade." (Origem: Wikipédia).
Pachamama por 
Tatiana Menkaiká  
"Para os andinos, Pachamama é uma deusa, a Mãe Terra. A palavra "Pacha" originalmente significa universo, mundo, lugar, tempo, enquanto que "mama" significa mãe. É a geradora de abundância e de tudo que na terra existe. É a vida, as estações, a fecundidade, é o ciclo da vida, da morte, do renascimento.
Conectar-se com a grande mãe, é conectar-se com a abundância e alegria da vida".



10 de maio de 2014

Mega bazar das mães na Nova Garagem, neste sábado, em Curitiba

  • Dica para quem quer aquela peça diferente e original para sua casa ou aquela decoração retrô & vintage para presentear as mães.





  • Antiguidades - Sustentabilidade na decoração - Retrô & Vintage

    Muitas novidades para este bazar das mães, a loja estará com muitas peças em promoção.

    Imperdível para quem quer aquela peça diferente e original para sua casa ou aquela decoração retrô & vintage para presentear as mães.
    Esta é uma boa oportunidade para conhecer a Nova Garagem.

    Antiguidades - Sustentabilidade na decoração - Retrô & Vintage

    Nova Garagem
    Rua México, 808 - Bacacheri - Curitiba/PR
    (41) 3501-3387


  • Hoje das 10:00  até 18:00

  • Nova Garagem
    Rua México, 808, 82510-060 Curitiba

45 sugestões de presentes de Cecilia Dale para o Dia das Mães

Ainda não sabe o que vai dar para sua mãe no próximo dia 11?  Hoje, sábado, ainda dá tempo de fazer compras. Veja algumas sugestões que a Cecilia Dale montou com a ajuda da sua equipe de gerentes das lojas. Tem presentes sob medida para cada tipo de mãe, até para aquela que tem tudo.
  

Mãe de primeira viagem:

Mãe que não perde o joguinho com as amigas:




Mãe que adora jardinagem:


Mãe que vive rodeada de livros:



CECILIA DALE

9 de maio de 2014

A MAGIA DE MIRÓ NA CAIXA CULTURAL CURITIBA


Após temporada de sucesso em São Paulo, exposição com obras do pintor espanhol e fotografias registradas pelo curador Alfredo Melgar é aberta na capital paranaense no dia 20 de maio.




Miró elegeu a liberdade como modo de viver e de pintar, transpondo as fronteiras entre a pintura e a poesia. Em suas criações, experimentou inúmeras possibilidades de formas e de cores, compondo um mundo próprio, de sonhos e de magia. Um convite para esse universo onírico é que sugere a exposição “A Magia de Miró, desenhos e gravuras” que, após estreia de prestígio em São Paulo, segue para a Caixa Cultural Curitiba com visitação de 21 de maio a 20 de julho de 2014. A mostra é gratuita e conta com o patrocínio da Caixa Econômica Federal e da Petrobras.

Sob curadoria de Alfredo Melgar, conde de Villamonte e fotógrafo galerista em Paris, a exposição possui 69 obras do artista espanhol e 23 fotografias em P&B de Miró registradas por Melgar. Inédita no Brasil e apresentada pela Zíngara Comunicação, Marketing e Produções Culturais, “A Magia de Miró” já foi realizada em prestigiadas galerias de arte e museus da Europa, América e Oceania.

A exposição revela um plano mais íntimo e pessoal do mundo de Miró, alguns dos desenhos em exposição são esboços ou notas, que refletem o universo onírico levado à perfeição em suas obras públicas. São obras únicas, muitas delas realizadas em papel, com desenhos em várias superfícies, feitos com lápis e giz de cera ao longo dos últimos cinco anos de vida do artista. As ilustrações correspondem a diferentes épocas da sua produção, entre 1962-1983, e remetem ao universo do processo criativo do artista, que pintou e desenhou sobre qualquer superfície que permitisse exibir sua enorme criatividade e conhecimento.   

Após a temporada em Curitiba, a exposição segue para as unidades da CAIXA Cultural em Rio de Janeiro (28 de julho a 28 de setembro de 2014), Recife (7 de outubro a 7 de dezembro de 2014) e Salvador (16 de dezembro de 2014 a 8 de fevereiro de 2015).



Joan Miró

Nascido em Barcelona, na Espanha, em 20 de abril de 1893, Miró é um dos mais renomados artistas da História da Arte Moderna. Estudou com Francisco Galí, que o apresentou às escolas de arte moderna de Paris, transmitiu-lhe sua paixão pelos afrescos de influência bizantina das igrejas da Catalunha e o introduziu à fantástica arquitetura de Antonio Gaudí. Em suas pinturas e desenhos, tentou descobrir signos que representassem conceitos da natureza num sentido poético e transcendental. Nesse aspecto, tinha muito em comum com dadaístas e surrealistas, sendo influenciado principalmente por Paul Klee. Miró também trazia intuitivamente a visão despojada de preconceitos que os artistas das escolas fauvista e cubista buscavam, mediante a destruição dos valores tradicionais. A partir de 1948, entre Espanha e Paris, realizou uma série de trabalhos de conteúdo poético com variações temáticas sobre mulheres, pássaros e estrelas, entre eles esculturas. Em 1954, ganhou o prêmio de gravura da Bienal de Veneza e, quatro anos mais tarde, ganhou o Prêmio Internacional da Fundação Guggenheim pelo mural que realizou para o edifício da UNESCO, em Paris. Miró morreu em Palma de Maiorca, na Espanha, em 25 de dezembro de 1983.

Alfredo Melgar
Alfredo Melgar Alexandre (Madrid, 1944), XIII conde de Villamonte, curador da mostra. Foi médico rural e professor da Cruz Vermelha, atuou como médico voluntário dos campos de refugiados do Oriente Médio e viajou pela América, África, Ásia e Europa trabalhando, alternadamente como médico e fotógrafo. De volta à Espanha, em 1980, fundou a editora e galeria de arte Alfredo Melgar, produzindo portfólios de pintura, música e poesia. De 2003 a 2008 foi Presidente da Associação Espanhola de Gestores do Patrimônio Cultural (AEGPC). Hoje, Melgar vive em Madrid, realizando trabalhos de edição, produção e direção de exposições e eventos culturais.
    
Serviço:
Exposição: “A Magia de Miró, desenhos e gravuras”
Abertura: dia 20 de maio de 2014 (terça-feira), às 19h30
Visitação: de 21 de maio a 20 de julho de 2014
Horário:  de terça a sábado das 09h às 20h e domingo das 10h às 19h
Local: CAIXA Cultural Curitiba
Endereço: Rua Conselheiro Laurindo, 280 – Curitiba (PR)
Entrada: Franca
Classificação etária: Livre
Informações: (41) 2118-5409
Realização: Zíngara Comunicação, Marketing e Produções Culturais
Patrocínio: Caixa Econômica Federal e Petrobras


Carla Schwab e Eloir Amaro Júnior, unidos na vida e na arte, na exposição "O mundo do artista"

Na Fundação Mokiti Okada, em Curitiba, Carla e Eloir  mostram a sua visão muito particular do mundo; em um mesmo suporte - globos suspensos - cada um expressa, em suas diferentes técnicas, a percepção do universo. A exposição encerra no dia 08 de junho.


Universo tridimensional de Carla Schwab


                                     
                                                           Rendas & Arabescos

Carla Schwab é de Pelotas (RS) radicada em Curitiba (PR) é artista plástica graduada pela UFPel-RS. "Em suas obras pode-se observar características notórias de um universo vintage feminino. A construção de um último plano expressa arabescos, aguadas de cores, superfícies planas de luz ou simplesmente um "patch work" bidimensional que se unem por costuras,recortes vazados e tramas pictóricas circulares, que interagem sobrepostas e harmoniosamente com o fundo,ora em primeiro plano,ora em meros vestígios visuais".

O mundo de Eloir Amaro Júnior


Eloir Amaro Jr.  incorporou em seu trabalho as imagens sacras pintadas em vestes eslavas no interior das matryoszkas.



 Diz Eloir: "A reflexão e paz interior estão na forma das Matryoszkas, que significa "mamãezinha querida", uma referência a Maria, mãe da humanidade, onde de seu ventre sagrado nascem às imagens e também ao próprio ato de guardar uma matryoszka dentro da outra, nos remetendo a espiritualidade, a alma de cada ser.


A Iconofilia é uma veneração as imagens sacras pintadas inicialmente no mundo bizantino sobre madeira ou pele de animais e no mundo contemporâneo estão no campo bidimensional e em murais religiosos e se caracteriza pela fé e religiosidade em ícones, mantendo o respeito de não tocar nas imagens, recorrendo assim aos rushnyks, um pano de tecelagem bordada envolvendo o ícone, fitas coloridas, guirlandas de flores e rosários, que invocam o poder espiritual podendo ser tocado, e neste momento proferir orações.

Este ritual sagrado nos remete a introspecção e repeito a seres que aqui estiveram em sua vida humana e nos deixaram mensagens na forma de ensinamentos de amor, compreensão, paz, entre tantos outros que no cotidiano deixamos adormecidos, mas que estão em nossa essência.
Esta instalação artística em forma de globo, traduz o mundo devocional na cultura eslava da Ucrânia e Polônia."

Sobre a exposição
Exposição cultural em homenagem ao dia do Artista Plástico, 08 de maio, traz 16 artistas: Alani F. de Mello, Álvaro Wambier Junior, Carla Schwab, Eloir Jr., Felipe Sekula, Janete Fernandes, Janete Mehl, Junior Postai, Katia Velo, Kézia Talisin, Oswaldo Fontoura Dias, Suzana Lobo, Suzete Cidral, Tânia Leal, Waltraud Sekula e Wilma Vanessa Wambier.
A mostra é idealizada por Oswaldo Fontoura Dias, coordenador da exposição, cuja intenção é fazer uma reflexão sobre o papel que o Artista Plástico exerce nas questões inerentes ao dia a dia.

Serviço:
Local: Galeria de Arte da Fundação Mokiti Okada
Rua: Manoel Eufrásio, 1400 - Centro Cívico – Curitiba - PR
Visitação: De 08 de maio a 08 de junho de 2014
Horário: segunda à sexta das 9h às 20h
Sábados das 9h às 18h